segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Sorvete de pêssego com iogurte, baunilha e mel para as meninas...



Para começar uma fase totalmente nova na vida deste bloguinho eu precisei de tres coisas básicas: meu instinto voyeur, o blog perfeito para me influenciar e uma cesta de pêssegos amarelos espanhois ultra maduros. E assim foi, diante dessas condicionantes, eu decidi fazer meu primeiro, assim denominado, sorvete sem máquina. Já fiz sorvetes na máquina de uma amiga que não usa a máquina dela para nada e sempre oferece para levar quando eu vou a casa dela. Mas, enfim, assumo que tinha uma grande dificuldade para aceitar que eu poderia fazer sorvetes facilmente mesmo não tendo máquina para isso.



Muitos blogs exibem sorvetes lindos feitos sem máquina, mas foi um blog em especial que me infuenciou. Um blog que desde o ano passado, quando eu o descobri, vem me provocando e me deliciando com os mais incríveis sorvetes feitos sem máquina. Se vocês desejarem dar uma olhadinha nas postagens maravilhosas da Chika, eu selecionei as minhas favoritas: sorvete e bolo de lichia, sorvete de cerejas, sorvete de melão e o campeão sobre diferentes sorvetes de manga e outras sobremesas. Claro que ainda houve a postagem de misericórdia com dois sorvetes diferentes: um sorvete de nectarinas e figos e o sorvete de pêssego com iogurte e mel que me fez sucumbir. Esse último sorvete foi demais para mim e eu não pude resistir e preparei a minha versão para o sorvete de pêssego. Sobre o blog da Chika, bem, além do conteúdo maravilhoso as fotos são um ponto forte do blog. Para ver mais fotos vale a pena visitar também o blog dela em japonês que é uma beleza.



Sobre o sorvete, bem, o meu sorvete ficou super bom, um arraso na minha opinião. Uma delícia mesmo, já que os pêssegos estavam ótimos e o meu extrato de baunilha está uma maravilha, sensacional. Desde o mes passado eu estou usando o extrato de baunilha que fiz com cachaça e vou preparar uma postagem para falar sobre ele em breve, mas não podia deixar de mencionar que usei o meu próprio extrato e que ele fez toda a diferença. Além disso usei uma colher de sopa de uma garrafa de cachaça simples que também tem aroma de baunilha pois eu também enfiei umas favas de baunilha já usadas para aromatizar e a cachaça está com um perfume bem suave de baunilha. A adição de bebida alcoólica é necessária pois ajuda a evitar a cristalização do gelo no sorvete.




Sorvete de pêssego com iogurte, baunilha e mel



6 pêssegos maduros (o suficiente para render um copo de 300 ml de purê de pêssegos)
250 gramas de iogurte natural bem grosso (usei iogurte tipo grego)
5 colheres de sopa de mel
2 colheres de sopa de suco de limão siciliano
1 colher de cachaça (usei uma cachaça que eu tenho com várias favas de baunilha)
1 colher de chá de extrato natural de baunilha (usei o extrato natural feito em casa)

Como:

Descasque e pique os pêssegos e coloque num processador ou liquidificador. Adicione o suco de limão, a baunilha, a cachaça e 4 colheres de mel. Processe até formar uma purê bem fino. Coloque num pote limpo com tampa e leve ao freezer/congelador por tres ou quatro horas. Depois disso coloque o purê de pêssegos novamente no processador/liquidificador, adicione o iogurte e mais uma colher de mel. Bata bem até formar um creme bem homogêneo. Transfira para pote, cubra e leve para gelar até o dia seguinte. Retire o pote com o sorvete do freezer/congelador pelo menos 15 minutos antes de servir.

Rende cerca de meio litro de sorvete.



Obs. na língua inglesa existe uma série de termos que marcam as diferenças entre os diversos tipos sorvetes: sorbet, sherbet, frozen iogurt e o ice cream propriamente dito que é o sorvete feito a base de creme de leite. Os picolés que antes eram chamados apenas de popsicles agora também são chamados de creamsicles se forem cremosos. Muitos blogs de língua portuguesa adotam os detalhistas termos da língua inglesa, principalmente o frozen que é usado no Brasil por algumas sorveterias e virou sinônimo de sorvete de iogurte e o frogurt que seria a mesma coisa.

Nada contra aqueles que adotam os termos do inglês. Mas todos eles são chamados no Brasil simplesmente de sorvete. Acho que em Portugal o termo gelado define tudo não? Enfim, se alguém puder me ajudar a responder essa questão, eu agradeço. E como brasileira simples que sou eu chamo essa turma toda de sorvete.



Obs 2. Este é um sorvete para meninas pois Tormod não gosta de pêssegos e Per tornou-se alérgico a pêssego nos últimos anos. Por isso este é um sorvete para as meninas da casa apenas...

20 comentários:

Isabel disse...

Claudia, aqui em Portugal o termo gelado é geral e dá para tudo.
Eu adoro gelados, e com as tuas amburanas tenho feito gelados caseiros que fazem as minhas delícias. Eu também não tenho máquina, mas como aprendi aqui contigo, não há nada que a gente não consiga fazer com as nossas próprias mãos!!!
Vou concerteza ver esse blog, porque tenho muito a aprender sobre gelados. Quero aprimorar a minha técnica :)
Bjs

Abelha Maia disse...

Eu tnho maquina de gelados, sou uma fã de gelados, mas antes de ter a máquina, tb os fazia, e a adição da bebida ajuda muito á não formação de gelo.
Adorei o teu gelado, espectacular combinação de ingredientes.
Eu nasci em Moçambique e sempre disse ou icre cream ou sorvete, só cá em Portugal como não usavam essas palavras passei a usar o termo gelado.
Bjsss

Marlene João disse...

oláaaa :D
Nós n temos maquina de gelados, os q fazemos é na nossa Bimby, mas acredito q manual dê mais resultado, pois o teu está um mimo :D
Beijinhos e boa semana *.*

Gina disse...

Já fiz sorvete de forma manual há muito tempo e dá certo.
Em Curitiba nunca fiz... mas também ô cidade fria, pelamordedeus! Tá bom, tem melhorado nos últimos anos... rsrs! Eu que sou frienta.
Antes do blog não me ligava nos termos em inglês para alguns pratos,agora presto mais atenção e aprendo as diferenças. Uma vez publiquei um suco e alguém comentou colocando entre aspas a palavra suco. Na verdade, era um smoothie... Acho interessante colocar o termo em inglês quando não há uma tradução que se aproxime fielmente da receita.
Agora, sorvete é sorvete e pronto!
Bjs.

Paula Pacheco disse...

Gostei muito da receita, já fiz uns sorvetes daqueles que vão leite condensado e põe-se na geladeira,mas minha mãe fazia um que era ótimo, ela misturava os ingredientes, gelava-se e batia (com os garfos da batedeira de bolo)ainda umas duas vezes, ficava maravilhoso...adoro saber os termos de inglês...quer queira ou não muitas informações, receitas vem da terra do Tio Sam, nós brasileiros acabamos sempre absorvendo algo de lá...
valeu pela dica,
bjs
paula

paraizal disse...

Então picolé tem pauzinho gelado tem barquilho,mas em Portugal é tudo GELADO.
Muito bom esse seu gelado,,,

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog => Receitas

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Claudia disse...

Isabel,

Sabe que o teu gelado/sorvete de amburana veio a minha cabeça enquanto eu escrevia. Eu acho o máximo fazer sorvete sem máquina, mas não sei porque eu me acomodava. E pensar que o sorvete foi inventado muito tempo antes das máquinas! Bj.


Abelha,

Sabe que eu adoro o termo gelado, não se usa mesmo no Brasil, mas com a internet está ficando conhecido. Se eu tivesse máquina eu acho que faria mais sorvete, mas eu ando querendo reduzir ao mínimo o número de máquinas na cozinha... Bj.


Marlene,

Obrigada, o sorvete ficou muito bom, uma delícia mesmo. E os aromas são tão intensos e o frescor do sorvete é único, eu amo. Adorei o resultado. Abs.

Gina,

essa coisa das línguas e dos termos é uma loucura, com a internet é lassi para cá, gelado para lá e ninguém mais para. Agora, Curitiba é a geladeira do Brasil, onde eu passei o maior frio da minha vida. Só de lembrar eu gelo e eu também sou bem friorenta...Bj.


Paula,

Existem tantas receitas com leite condensado, uma loucura. Eu gosto de algumas, mas preciso confessar que meus sorvetes favoritos são com iogurte e mel, levemente ácidos. E o negócio das línguas é uma loucura total, não vai parar mais... Abs.

Paraizal,

Então está como no Brasil onde é tudo sorvete. De palito, de casquinha ou de copinho... Abs.

Magia na Cozinha disse...

Claudia eu tb não tenho máquina de sorvete e até hoje só fiz uma receitas que é chamada de sorvete, mas não sei se é mesmo.
Esta sua receita me pareceu super fácil. A cor ficou linda!
Sei que a vodka ou a cachaça, como vc usou, são importantes, mas como não tenho nenhuma das duas por aqui, ainda não me atrevi a tentar. É ótimo saber que vc acertou.
Quando a gente tem cozinha pequena, fica díficil acomodar tantas máquinas e apetrechos. Eu já estou pedindo socorro!
Bjs :)

Magia na Cozinha disse...

Voltei! Eu tb só falo sorvete, pois não conheço as diferenças entre os pontos.
Pelo que sei o sorbet é feito somente com o suco da fruta. Não vai creme. É mais saudável, pois não leva gordura adicionada.
Bjs :)

Claudia disse...

Clauzinha,

Você sabe que mesmo com a cozinha mais ou menos grande não dá para ter tantas máquinas, eu estou tentando me controlar para não comprar mais nenhuma...

Apenas repor as antigas no caso de perdas, claro. Eu não sei viver sem meu processador, meu liquidificador e a batedeira...Mas se precisasse dava um jeito!

Bj,

C.

Cláudia M. disse...

Cláudia
está com tão com aspecto, o seu sorvete :)
(espero nunca desenvolver alergia a pêssego, ia ter um desgosto!)

acho que aqui chama-se sorvete aos gelados que não levam leite.
Em relação ao iogurte grego, estou super curiosa, preciso informar-me melhor: comprei um livrinho de cozinha grega, e num monte de receitas fala de iogurte grego, que eu não sei o que é...

bjs

Claudia disse...

Claudia,

Então, desenvolver alergias tardias é um castigo. Per ama pêssegos mas não pode mais comer. Eu sempre imagino se isso vai acontecer comigo... Espero que não!

E o iogurte grego é um tipo de iogurte bem grosso. Na Grécia tem o tipo tradicional e eles costumam usar dois tipos de leite na produção, de cabra e vaca. Mas aqui eu sei que eles usam apenas leite de vaca mas o iogurte é bem denso, super drenado e fica bem grosso. É muito bom em certas receitas, tipo sorvetes de iogurte. O iogurte turco também é assim.

Bj,

C.

Flavia Pantoja disse...

Claudia, eu não sei o que te invejo mais: os pessegos ou os mirtilos !!! Essas frutas nunca são tão boas aqui quanto aí!!!
Bjs!

thecookieshop disse...

Claudia, eu tb não tenho máquina de sorvete, e estou adorando essas suas dicas. Adorei tb a dica de colorir o marzipan com frutas e legumes, coloquei no post em inglês e vou testar aqui em casa.
bj
Paula

Claudia disse...

Flávia,

Os mirtilos silvestres são frutas boas mesmo, doces e locais, colhemos na floresta aqui ao lado. Um sonhos, Mas usei uns pêssego que chegam aqui aos borbotões e não tem nada de especial. Me lembro das caixas de pêssegos "salta carroço" que eu comprava no sinal na Avenida das Américas e que eram muito melhores, é tudo impressão, sempre achei frutas muitos melhores no Rio e em São Paulo... Bj.


Paula,

Use caldinha coada de framboesas que dá cor e sabor maravilhoso ao marzipã, romã e beterraba também dão um vermelho lindo. E damascos secos batidos com um tantinho de água dá um amarelão lindo, mirtilos, amoras ou, quem sabe, açaí para fazer um azul-roxo e lilás e por aí vai... Experimentando vc acerta tons mil... Bj,

C.

Moira disse...

Cláudia,
Se o anterior post já estava uma delícia, esse sorvete de pêssego ficou ainda melhor. Já fiz sorvete manualmente faz muito tempo, tenho que experimentar outra vez.
Ficou perfeito!
Bjs
Moira

Thais disse...

Olá Cláudia!
Parabéns pelo blog! Desde que descobri esse cantinho, passo aqui quase diariamente para ver as novas atualizações. Suas receitas são ótimas e me serviram de inspiração para também criar meu cantinho culinário. http://abobrinhasnacozinha.blogspot.com
Será que posso postar o link com algumas de suas receitas no meu blog? São incríveis! Ontem fiz um quiche margarita (receita sua!) que ficou perfeito! Parabéns.
Beijos
Thais

gasparzinha disse...

Cláudia, finalmente o tão desejado gelado caseiro!
Apetece-me ir aí dar uma colherada!! :)

Beijinhos.

miosotiis disse...

Olá!


A diferença é mesmo a que já foi referida: o sorvete é feito à base de água e o gelado à base de natas. E quem aprecia, acaba por saber e diferenciar.

Mas, aqui em Portugal, na hora de comprar, toda a gente pede "Gelado" ;)

Muitas vezes até ouvimos mães recomendarem aos pequenos "Podes comer um gelado, mas de leite. De gelo não!"

:D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...