quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Ninhos de goiaba, ou biscoito goiabinha, porque goiaba é o melhor recheio de biscoito...



Eu e meu extremado e taxativo gosto estamos de volta. Mas, sinceramente, não há biscoito mais perfumado, crocante, denso, do tipo puxa e saboroso do que um biscoito goiabinha. Meu goiabinha de hoje não tem o formato de um goiabinha autêntico mas ficou um arraso de bom. Eu fiz um ninho de goiaba, parecido com um que eu fiz antes com a massa das raivinhas , mas que hoje ficou melhor. Massa para lá de simples leva: manteiga, açúcar, um ovo, polvilho e uma boa colher do meu extrato natural de baunilha. O extrato é aquele que eu fiz em junho e que desde o mês passado eu venho me deliciando com ele...



Meus ninhos de goiaba ficaram a altura dos biscoitos de feira e eu poderia sair por aí numa boa, dirigindo numa kombi 1979 e vendendo biscoitos. Pelo menos o sabor deles ficou perfeito, o visual talvez pudesse ter ficado mais bonitinho. O problema como sempre, em relação aos doces e sabores plantados fundos na minha memória-gustativa-emotiva, é difícil parar de comer. As goiabinhas me enchem de prazer, de lembranças e sensações muito boas. Ao mesmo tempo que comer goiabinhas ajuda a recarregar as minhas baterias, já gastas e cansadas de tanto passar saudade, eu fico ainda mais melancólica e saudosa de tudo. É como uma droga que eu preciso para sobreviver mas que, ao mesmo tempo que salva, destrói a minha vida. Eu não nasci para isso, ou eu mudo de vida, ou mudo de vida.



Ninhos de goiaba

50 gramas de manteiga (usei com sal) em temperatura ambiente
1/2 copo de 250ml de açúcar
Cerca de 2 copos de 250 ml de polvilho doce ou amido de milho (eu usei um pouco menos e obtive uma ótima textura, mas coloque até desgrudar das mãos)
1 ovo
1 colher de sopa rasa de extrato natural de baunilha
Cerca de 80 gramas de goiabada ou geléia de goiaba dura

Como:

Aqueça o forno a 180C e forre duas formas grandes com papel manteiga.

Num pote grande bata a manteiga com o açúcar usando uma colher de pau (eu uso colher de pau, se você preferir use a batedeira) até formar um creme bem macio. Adicione o ovo e a baunilha e bata bem para incorporar. Aos poucos vá adicionando o polvilho, meio copo de cada vez, mexendo com a colher para incorporar e formar uma massa bem macia que descola do pote e totalmente das mãos. Raspe os lados com uma espátula e misture tudo. Eventualmente você não vai sentir necessidade de usar os dois copos de polvilho, eu usei um pouco menos, cerca de 1 e 3/4 copos. Enfim, cada lugar é um ambiente diferente, com umidades relativas distintas.

Faça bolinhas com uma colher de chá, enrole com as mão e coloque na forma. Com o dedão, ou um cabo de uma colher de pau, faça um buraco no meio da bolinha formando uma espécie de ninho. Com uma colherzinha encha os ninhos com geléia de goaiaba ou outra geléia de sua preferência. Se for usar goiabada dê uma derretida na goiabada no fogo junto com uma ou duas colheres de sopa de água. A quantidade de geléia deve encher o buraco do ninho, nem mais, nem menos. Se os ninhos estiverem bem grandes encha-os sem deixar transbordar geléia para não sujar o biscoito.

Asse por 15 minutos ou até que fiquem levemente dourados. Eu gosto deles mais douradinhos...

Rende 50 biscoitos

16 comentários:

Isabel disse...

Olha, eu compraria os seus bolinhos de certeza! Pode se meter na Kombi e vir até Lisboa, vai ter muita clientela Hihi Eu farei fila, para provar. E estão muito bonitinhos, sim.
Quanto à saudade, só posso dizer que ninguém nasceu para viver em sofrimento. O meu conselho seria: muda logo de vida. Mas conselhos são fáceis de dar...
Bjs

Glau disse...

Clau, vem pra cá pra gente montar uma Kombi juntas.. já pensou que máximo? a gente iria se divertir mto (e trabalhar mto tbém).

adoro estes biscoitos! queria ter o pique de fazê-los, mas por enqto só comprando mesmo! :)

um beijão querida

Claudia disse...

Isabel,

se eu fosse sozinha neste mundo eu já teria mudado de vida há muito tempo. Muito mesmo. Por hora eu continuo sonhando com as mudanças. Bj.

Glau,

Parceria proposta, parceria aceita. Vamos montar um circuitão, tipo circo, e sair por aí, pelos cantos mais lindos do Brasil vendendo biscoitos e brigadeiros!!! Bj.

C.

Odete disse...

Eh Claudia, saudade eh coisa seria.
Mas enfim, escolhemos nossos caminhos, nao eh!
Ainda bem que voce fez os biscoitinhos pra matar a saudade, mas parece que soh aumentou, ah...
Gostei da ideia da kombi...

Luciana Håland disse...

Cláudia, achei seus biscoitos charmosos demais, devem ser uma delícia.

Menina, eu ainda vejo as novelas, mas pelo you tube mesmo, porque pagar eu não estou afim, e no you tube se não tiver legal eu adianto, mas vou ser sincera, ando sem muita vontade. Concordo total,Taís é linda, só não estou gostando da atuacão over carioca dela, o sotaque, mas acho que o papel não ajuda, enfim, vai ver não me amarrei na novela, mas vou assistindo, é meu acompanhamento no café da manhã.

Beijo

Noémia disse...

Adoro estes biscoitinhos. Na minha memória de infância também há destes biscoitos.Não com esta forma mas concerteza com o mesmo sabor!
Eu imagino as suas saudades porque calculo como deve ser difícil viver num país tão diferente do seu por tanto tempo!:)

Cláudia M. disse...

Cláudia, "arrasta" logo a sua família para o Brasil...
mas... por outro lado, se/quando vc voltar, o que será feito do Sabor Saudade??

Depois pára de fazer estas delicinhas? Não pode ser!! Foi o máximo vc dizer que contratava os confeiteiros para trabalhar na sua casa de chá! Mas acontece que as suas mãos sao dotadas para a coisa, não pode desperdiçar esse talento :)

Amei as goiabinhas! Eu já comi uns bolinhos idênticos, mas de certeza que não eram de goiaba, talvez de cereja...

bjs

Magia na Cozinha disse...

Por alguma razão que não sei os biscoitos da marca Piraquê não são vendidos na minha cidade natal.
Passei a conhecer as goiabinhas, quando moramos no RJ. Eu adorava, comia um pacotinho sozinha.
Aqui encontro no mercado brasileiro, mas nunca comprei, pois tento evitar biscoitos industrializados ao máximo.
Estes eu comeria um depois do outro!
Bjs :)

Ana Paula disse...

vim em busca da receitinha das raivinhas( a propósito , não gostei muito deste nome... mas a receita é o maximo!) e achei esta de goiabinha DI-VI-NA!!!!!
acabei de fazer e não consigo parar de comer!!!
Dica: Eu não consigo fazer biscotos tão charmosos como os da foto, então resolvi fazer bolinhas e colocar em mini forminhas de silicone para cupcakes, ficou bem legal.
Gosto muito do seu blog.
bjos

Gina disse...

Cláudia, tenhos dois posts prontinhos com receitas de doces de goiaba. Dá pra fazer uma parceria, você entra com os biscoitos (apesar de adorar fazê-los também) e eu entro com os doces. Ficaram deliciosos e logo publicarei.
Com geleia de damasco também fica muito bom, mas o polvilho praticamente pede uma fruta mais rústica, não?
Bjs.

Dani disse...

Lindos, adoro goiabinhas, aqui há um muito semelhante, mas de figos, de que também gosto muito. Ontem fiz uma torta merengue de limão e, para o creme, usei o açúcar amburanado, ficou delícia ;-) Obrigada, de novo.
Também como certas coisas para matar saudades, mas saudades são um vespeiro que, se a gente cutuca para matar, pode acabar ferida.
Também sonho com uma mudança, menos radical do que a sua, mas quero céus mais solares.
Admiro a sua adaptação aí, mas imagino o quanto seja difícil, ainda mais pensar em mudança. Acho que o importante é não desistir, lutar contra a amargura, viver o dia de hoje mas sem deixar de desejar o que irá te fazer feliz. Pensar nessa mudança como um fato consumado, sem ansiedade. Quando menos esperar, ela pode bater à sua porta.
Um beijo,

♥ mesa para 4 disse...

Uns ninhos perfeitos para a goiaba deliciosa :D

Alcina disse...

Olá Claudia adorei o ar destes bolinhos, ficam na lista para experimentar, mas hoje vou experimentar outro bolinho seu, para o meu aniversário, depois você vê qual :-)
bjinhos

Jane Cleide disse...

Descobri seu blog há pouco tempo e adorei...fiz estes biscoitos de goiaba, junto com meu filhinho de 3 anos e ele se divertiu muito fazendo as bolinhas e os furinhos com o cabo da colher de pau! Também gosto de aproveitar td que tenho e não desperdiçar nada, principalmente comida e fazer do nosso doce lar um ambiente bem acolhedor. Parabéns pelas receitas, aos poucos estou testando...e meu filhote provando td...rs.

Regiane Araujo Pinheiro da Silva disse...

gostaria de saber se posso colocar
l copo de polvilho e um de amido de milho e se posso untar a assadeira
com manteiga e farinha de trigo pq
nesse momento não tenho o papel manteiga para colocar na forma.

Claudia disse...

Regiane,

Claro que dá para substituir o polvilho pelo amido de milho. Ficará bom do mesmo jeito. E se não tiver papel unte e esfarinhe. O papel ajuda na hora de limpar, mas não é obrigatório. Boa sorte.

Claudia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...