quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Aventura das ameixas (2): Licor de ameixa



Como era meu plano, essa semana eu fui comprar cachaça para fazer licor de ameixas. As ameixinhas que eu tenho no meu jardim são usadas na produção de um licor que é clássico em vários cantos desse velho continente... Pessoalmente me inspirei no licor de ameixas italiano Bargnolino, típico de Parma, para fazer o meu licor. Encontrei uma receita de Bargnolino e não me fiz de rogada, fiz a minha própria versão. Eu adoro licores, eu e Per bebemos sempre, quase todas as noites. O meu favorito no momento é o Disaronno e, talvez por isso, eu seja um pouco mais favorável aos licores italianos.



Mas minha inspiração maior são os licores tradicionais brasileiros, maravilhosos, de genipapo, graviola, pitanga e jabuticaba, por exemplo, tão antigos quanto a cachaça. A história comprova que as primeiras cachaças, que em 1530 já eram "exportadas" para a África, eram regularmente consumidas na colônia em forma de licor que então eram mais fermentadinhos e cremosos, mistura de frutas com melado, e não açúcar. Mas o hábito do licor, ao que me parece, está meio fora de moda. Deram uma revigorada desde que passaram a ser usados em algumas sobremesas, principalmente os licores franceses, mas aquela coisa de fazer licor em casa hoje acho que só no interior, não? No sertão nordestino, em Minas também, é uma delícia pois há licor de tudo. E licor no fim vira remédio pois as frutas e sementes usadas servem para montes de disordens.



Como eu ia dizendo, a receita italiana que eu desencravei pedia álcool puro mas, é claro, eu não estava a fim de usar álcool puro. Eu usei cachaça já que minha inspiração maior são os licores de cachaça do Brasil. Será que eu já falei hoje que o Brasil é sempre minha inspiração maior? Se não falei antes, eu falo agora. O Brasil é sempre minha maior inspiração. Enfim, fiz dois potes de licor de ameixas com cachaça. Num eu usei açúcar de baunilha e favas de baunilha e no outro, um pote menor eu usei sementes e açúcar de amburana. A coisa mais tradicional do mundo, no meu mundo claro, são cachaças aromatizadas com amburanas e eu não podia, de jeito nenhum as amburanas de lado. Já o açúcar de baunilha eu tinha feito há uns meses pensando em usar em alguma receita especial e este licor estava encomendado desde o ano passado quando eu vacilei e não usei as ameixinhas num licor.




Licor de ameixa

Inspirado nesta receita de Bargnolino

Versão 1:

1 Kg de ameixas
450 gramas de açúcar de baunilha
500 ml de cachaça
3 favas de baunilha raspadas, vazias, mas limpas

Versão 2:

500 gramas de ameixa
250 gramas de açúcar de amburana
250 ml de cachaça
5 sementes de amburana de cheiro


Como:

Em ambas versões faça do mesmo modo. Lave esterilize os potes de vidro que devem ter capacidade para 2 litros e 1 litro respectivamente. Coloque as ameixas nos vidros até o alto mas não encha demais. Coloque então as sementes, ou favas, e por fim o açúcar. Encha os potes com cachaça até cobrir levemente as frutas. Feche bem e deixe e deixe a mistura descansar em local escuro, protegido do calor por cerca de 90 dias. Na primeira semana você deve sacudir os potes todos os dias, a partir da segunda semana sacuda apenas uma vez por semana. No final do período de descando filtre o licor num tecido limpo e fino e com a ajuda de um funil transfira para garrafas esterilizadas. A validade dos licores vai variar dependendo das condições de armazenamento do licor pronto e, principalmente, depois de abertos.



Obs. 1 A quantidade final de cachaça usada para encher os potes pode variar dependendo da quantidade de frutas e açúcar usados Eventualmente você vai precisar de mais ou de menos líquido.

Obs. 2 Se você estiver no coração do Brasil use a cachaça pura de melhor qualidade que estiver ao seu alcance e você não vai se arrepender. Eu usei a 51, bem neutra, que parece ótima para licores, vamos ver...

Obs. 3 Em 90 dias em volto para mostrar meu licor filtrado na taça!

Obs. 4 Existem mil maneiras de fazer licores que podem ser feitos usando qualquer tipo de bebida destilada, tipo gin, vodka, rum, tequila, aquavit, ouzo, uísque e por aí vai, até álcool puro. Os licores franceses cremosos franceses são feitos de forma diferente, em geral levam uma calda de açúcar cozida e ficam mais densos. Eu prefiro os licores mais frescos e frutados.

15 comentários:

Sarinha disse...

Cláudia, é..parece mesmo que não usam tanto o licor como aperitivo! Uma pena...adoro bebidinhas docinhas!

Minha mãe sempre fazia licores...deliciosos! Ela tb perdeu o hábito!rs

Bjos

Gina disse...

Praticamente não bebo nada alcoólico.
Nesse momento tenho um licor de banana com chocolate, comprado na Feira de Sabores, de agricultura regional.
Quando morei em Minas, visitamos lugares que vendiam muitos licores, como esses que você citou e fomos até as plantações que davam origem a eles.
Bjs.

micas disse...

esses licores devem ser uma delicia...
Beijinhos

A DONA DO MUNDO disse...

Q saudade dos licores do meu vô!!!

Cláudia M. disse...

Cláudia, eu adoro licores. Tenho tb um licor de ameixas no "retiro", deve estar pronto em Novembro. Eu aromatizei com um pauzinho de canela, pena que qdo o preparei ainda não sabia da existência das amburanas (tenho algumas das que a minha irmã me ofereceu, dentro de açúcar, quem sabe vou preparar outro licor...)
bjs

Alcina disse...

Olá Claudia
Eu também adoro fazer licores, mas já há muito tempo que não faço, porque cá em casa ninguem bebe por rotina, só se vier alguem e mesmo assim não temos costume de beber bebidas fortes.
Esses licores brasileiros de que fala, lembram-me as novelas mais antigas o de genipapo foi muito famoso no "seu Odorico Paraguasu" hehe
bjinhos

Verena disse...

Claudia,
estava esses dias lembrando de um licor que fiz há tempos no sítio da minha avó...era uma infusão de sementes de nespera com cachaça e açúcar. Ficou parecido com Amaretto...uma delícia!
Adorei a receita...já anotei para comprar a cachaça!
Deve ser muito especial! Tenho um de jabuticaba aqui que está um pitéu!
Beijos!

Isabel disse...

Cláudia, a minha mãe sempre fez licores em casa. Ela já fez de várias frutas mas o que ela faz mais é o licor de tangerina.
Eu adoro licores caseiros, tenho aqui em casa uns feitos por uma amiga que são uma delícia, um é de cereja e o outro de melão.
Adoro principalmente o de melão, foi uma surpresa pois nunca tinha provado, é delicioso.
Um licorzinho é tudo de bom!
Bjs

Camila Hareide disse...

Aqui em casa a gente adora uma marvada... Mas nunca na vida me aventurei a prepará-las! Já tinha vontade de fazer lemoncello... Ano que vem, quando eu for aí no seu quintal assaltar suas ameixeiras, vou pensar sériamente em fazer licor!:p

Que delícia!

Noémia disse...

Minha querida, quem disse que já não se usa fazer licores em casa?
Em Portugal os licores feitos em casa são um "must", aos de compra ninguém liga!
Eu tenho licor de noz, de romã, de chocolate, de leite, todos feitos em casa. De ameixa não tenho e nem sabia que era bom. Eu, que tenho montes de ameixas! :)
Vou experimentar a sua receita.

thecookieshop disse...

Quase choro com esses seus posts cheios de frutas lindas. Esse licaor está com cara de que será um sucesso!
bj
Paula

Magia na Cozinha disse...

A única bebida alcóolica que tenho aqui é uma garrafa de vinho branco para cozinhar e olhe lá.
A gente dificilmente bebe alguma coisa. Sinto falta de alguns licores para as receitas doces. Sempre dá um toque especial.
Licores caseiros lembram coisas da época da vovó, só que minhas avós nunca fizeram licores.
Estou louca para ver como vai ficar o seu licor.
Bjs :)

Rita - Rio de Janeiro disse...

Gostaria de ter uma ajuda - preciso comprar alcool para licor, não serve cachaça ou outra bebida, pois elas deixam sabor diferente no licor.
Só que não estou conseguindo achar no comércio do Rio de Janeiro - famácias, produtos químicos, lojas de produtos naturais, etc... Existe um álcool de cereais, mas aparece escrito na embalagem que não pode ser consumido... Por acaso voce ou alguém saberia me dizer onde encontro o álcool apropriado?

vincent disse...

Hola,

Su blog ha captado nuestra atención por la calidad de sus recetas.

Agradeceríamos que lo registre en Ptitchef.com para poder indexarlo.

Ptitchef es un directorio que referencia los mejores sitios web de
cocina. Cientos de blogs ya se han inscrito y disfrutan de Ptitchef
para darse a conocer.

Para suscribirse a Ptitchef vaya a
http://es.petitchef.com/?obj=front&action=site_ajout_form o en
http://es.petitchef.com y haga clic en "Anade tu blog " en la barra la
parte superior.

Atentamente,

Vincent

Anônimo disse...

GOSTEI DA IDEIA, DE FAZER O LICOR DE AMEIXA, PORÉM EU VOU TENTAR FAZER COM A VERSÃO CACHAÇA E EM VEZ DE UTILIZAR ALCOOL PURO, VOU UTILIZAR ALCOOL DE CEREAIS, E UMA VERSÃO NA QUAL SÓ ACRESCENTA O AÇÚCAR
OBRIGADA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...