sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Biscoito doce de polvilho para alegrar...



Um dia sem muitas palavras, um dia daqueles difíceis de começar e de terminar. As crianças foram o meu consolo e minha alegria, sem eles eu não sou ninguém, estou totalmente dependente. Lá fora o frio se espalha, dias de muita chuva que brigam com o solzinho que ainda insistia em brilhar nos intervalos. Uma saudade dolorida de tudo, saudade de casa, saudade devastadora do Rio. E para distrair fui fazer biscoito de polvilho, para desanuviar a mente, para me alegrar, sonhar com o passado, ouvir um samba do Ataulfo Alves e cantar alto: levanta, sacode a poeira e dá volta por cima. Não tem nada que levante mais o meu astral do que um bom samba, um belo partido alto e, claro, biscoito doce de polvilho e mate com limão gelado...




Biscoito doce de polvilho

uma receita da Flávia, cujo original você acha aqui. Fiz apenas meia receita e rendeu bem...

250 gramas de polvilho azedo (usei o doce por absoluta falta de opção)
125 m de óleo de girassol
125 ml de leite
125 ml de água fria
1/2 colher de sopa de sal
2 colheres de sopa de açúcar
1 ovo




Como:

Aqueça o forno a 220C e forre umas quatro formas grandes com papel manteiga. Num pote grande ou na bacia da batedeira coloque o polvilho, o sal e o açúcar. Numa panelinha ferva o leite com o óleo. Adicione a mistura do leite ao polvilho e com uma colher de pau mexa bem para incorporar. Adicione o ovo e bata com uma batedeira. Vá adicionando a água enquanto bate.

A massa de polvilho vira uma cola e foi um tanto difícil bater com a batedeira fixa e impedir que a massa subisse pelas pás da batedeira. Eu usei então a batedeira de mão que eu mantive bem alta, sem deixar que as pás entrassem totalmente dentro da massa. Enfim, cada um, cada um, minha massa ficou linda e foi muito fácil de usar no saco de confeiteiro mas que foi difícil de bater foi. Quando a massa estiver homogênea e macia coloque num saco de confeiteiro e forme biscoitos no formato que desejar nas formas forradas deixando uns 2 cm entre eles pois eles vão dar uma crescida. Leve para assar por 15 minutos ou até que estejam levemente dourados.

Sirva com mate gelado...

19 comentários:

Magia na Cozinha disse...

Isto é perdição! Adoro!
Não dá para misturar a massa somente a mão? Acho que não poderia usar a batedeira que tenho aqui, é muito fraca.
Menina aqui ainda está um calor que não se aguenta...
Bjs :)

Myllana disse...

Ai que delícia..Adorooo e faz tanto tempo que não como.
Qualquer hora dessas vou experimentar essa receita.
É duro ficar longe de casa...
Beijo

Abelha Maia disse...

Que maravilha, adorei, tenho que adaptar, para fazer.
bjssss

Sarinha disse...

Claudinha, ficaram lindos!!!

Como boa mineira, já fiz e postei tb!

Bjos

Carol disse...

Biscoito de polvilho é uma delicia, faço as vezes. Mas na mão mesmo, não tenho batedeira pra massa. Beijo enorme

Odete disse...

So faltou o saquinho "Globo" para matar as saudades totalmente, neh!
Ficaram lindos seus biscoitos.

bjs

Flavia Pantoja disse...

"Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima
Que eu dei
Quero ve quem dava "


Bjs amiga e bom final de semana!

Moira disse...

Cláudia,
Também fiquei de olho nessa receita :)
Apetece pegar e dar uma trinca e o meu polvilho a ganhar mofo na despensa, tenho que meter as mãos na massa bem rápido, antes que passe a validade.
Resto de bom fim de semana
Bjs
Moira

Gina disse...

"Do Leme ao Pontal..." o mar, o mate e o biscoito de polvilho.
Venho há um tempinho querendo repetir minha receita desse biscoito, mas está faltando coragem.
E olhe que tenho os mesmos motivos, já que sou do Rio.
Estive agora em agosto lá, mas foram só 3 dias.
Você faz muito bem em traduzir a saudade com delícias.
Bjs.

Rachel disse...

Claudia vim aqui te conhecer e gostei demais do seu cantinho, vou te seguir e voltarei mais vezes. Te convido a me fazer uma visitinha também ok? Bjuss!!!

http://nabiroskinha.blogspot.com/

Ana disse...

E hoje, sua alegria já voltou ???

Os biscoitos ficaram lindos.

Nina disse...

Esse biscoito, minha avó, que tem o mesmo nome da minha menina, fazia.

Eu, assim como você, tenho encontrado alento na minha pequena. Mas a tristeza por aqui já dura mais de um dia... Mais do que hora de ir embora!

Lincença de cantar junto com você?

beijos, carinho e ótimas vibrações!

Mafia Azul disse...

da para fazer com o oleo de cosinha normau (oleo de soja)

La Bruja disse...

Salvou minha vida!!! E minhas lombrigas também... estou desde 2007 procurando uma receita de biscoito de polvilho doce que me transmita confiança!!! Obrigada, viu!! Amei!

Anônimo disse...

ola fiz os biscoitos ;quando coloquei a aqua ficou tudo mole ficaram da finura de uma folha ficaram horriveis

Claudia disse...

Nossa, que pena.

Esta receita funciona super bem para mim... se você seguiu as medidas exatas, talvz teu polvilho esteja úmido demais, acontece em países de umidade relativa alta. Mas a receita é da Flávia, que mora no Rio e deu super certo para mim, faço sempre.

Mas você precisa ter atenção na consistência da massa, se perceber que ela está ficando mole demais, reduza a quantidade de água, ou deixe de adicionar a água, eventualmente você precisa reduzir a quantidade de água, adicionar o o ovo e água suficiente para a massa atingir uma consistência cremosa que possa colocada no saco de confeitar. Se afinar tente adicionar um pouco mais de polvilho.

Boa sorte,

Claudia

Anônimo disse...

Moça, não recomendo assar no microondas. Enfumaçou a casa toda!

Claudia disse...

Anônimo,

Microondas não serve mesmo para biscoito de polvilho... se tivesses me perguntado eu teria avisado. Mas funciona bem no forno comum bem quente.

Claudia

Charito Peraza disse...

Encontrei teu blog por pura casualidade e amei, e tenho uma pergunta e um pedido, as escrevo a seguir:

1°)Esta receita, me parecem uns biscoitinhos que conheço com o nome de peta, são a mesma coisa?

2°) Você me permitiria traduzir ao espanhol esta receita e coloca-la no meu blog?

Muito Obrigada

Que Deus te abençoe e proteja hoje e sempre