terça-feira, 16 de junho de 2009

Arbustos e iogurte ao sol



Desde que junho começou os dias por aqui ficaram super frios e este mes de junho já entrou para a história como o mes de junho mais frio de todos os tempos, desde que se registram temperaturas na Noruega. E o frio não vai embora. As noites, essas sim, já se foram daqui. Agora é só dia o que temos, e haja cortinas para barrar tanta luz. Apesar de lindos os dias estavam uma desgraça. Vento e chuva, chuva e vento e temperaturas baixas, 5C, 6C ou 8C quase todos os dias. Muita gente resfriada e gripada e muitas dores de garganta. Enquanto isso o jardim cresce que é uma maravilha, principalmente depois da chuva que caiu nos últimos dias. Hoje, para variar um pouco, o sol está raiando e eu fui lá fora namorar e tirar umas fotos do meu arbusto favorito que ainda vai causar conflitos matrimoniais.



Deixe-me explicar. Na lateral da nossa casa tem um arbusto enorme e longo de spirea que eu amo de paixão e não permito (de jeito nenhum) que seja podado. O Per insiste em podar e eu tenho deixado ele podar, assim, a cada dois anos. Esse ano não podamos e os danados cresceram feito monstros, ocupam mais de um metro de largura e a altura é para lá de dois metros. Com as chuvas dos últimos dias parte dos arbustos deram uma bela desabada sufocando totalmente os pequenos canteiros que ficam ao pé dos arbustos e ficaram com essa cara despenteada que aparecem na foto acima e nas colagens abaixo.



Difícil eu gostar de um arbusto podadinho no jardim, não gosto deles de jeito nenhum. Hoje eu fui lá fora pegar um sol e fiquei conversando com minhas spireas e como elas estavam lindas. Se ao menos elas me respondessem. Mas spireas véu de noiva estão num nível muito superior ao meu, uma pobre e mortal humana. Para aproveitar o curto tempo de pausa (eu tenho que entregar o abstract de um artigo hoje) eu fui comer um iogurte gelatinado que era o melhor que eu podia fazer enquanto admiro a beleza dos arbustos...



Iogurte é uma coisa que eu amo e que me faz muito bem. Eu gosto de servir os iogurtes de forma diferente, com um tanto de gelatina e aromatizar eles em casa. Gosto de misturar o iogurte ao leite aromatizado. Para ficar mais bonitinho eu adicionei umas colheradas de gelatina e aromatizei com amburana (cumaru). No mundo dos livros de receitas e no universo das tendências internacionais a moda é usar flores de lavanda ou pó de chá verde, produtos caros, importados e de sabor quase desagradável. Mas eu sou de outra natureza, vou contra a maré. E se vocês quiserem inovar de verdade, que tal experimentar o aroma fantástico e totalmente brasileiro das amburanas.



Iogurte com gelatina e aroma de amburanas

400ml de iogurte natural desnatado
400ml de leite desnatado
100 ml de mel ou açúcar, ou use a gosto
10 sementes de amburana-cumaru
4 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor.

Leve o 350 ml do leite com as sementes de amburana e o açúcar ou mel ao fogo numa panela de fundo grosso e deixe ferver. Retire do fogo e deixe descansar coberta por uns 10 minutos. Coloque 50ml de leite num pote de vidro e salpique a gelatina e deixe-a amolecer por uns dois minutos. Coe o leite para remover as sementes e adicione a gelatina amolecida ao leite ainda morno e mexa para dissolver. Leve o leite de volta ao fogo e mexa com uma colher de pau até ferver. Retire do fogo e deixe esfriar levemente. Quando o leite com gelatina estiver bem morninho, quase frio, adicione a mistura ao iogurte e mexa bem para incorporar. Se o leite estiver quente vai dar uma leve talhada no iogurte. Se estiver quase frio, antes da gelatina endurecer, não vai haver problema algum. Misture o leite ao iogurte mexa bem e divida em copos ou potes de vidro.



Minha experiência já me levou a gelatinar muito iogurte com leite ainda quente e provocar aquele talhadinho. Eu pessoalmente acho que não fica mal não. Claro que o melhor é ter um pouquinho de paciência e deixar o leite esfriar antes de misturar. O de hoje ficou levemente talhado, dá para ver? Mas eu acho que já acostumei. Para desenformar passe a faca ao longo dos lados do copo e mergulhe o fundo do copos na água quente, vire a boca do copo sobre um prato e transfira o iogurte. Sirva com mel e frutas. Eu amo isto...




Rende 4 porções.

14 comentários:

Moira disse...

Isso é quase uma "panna cotta" de iogurte, deve ficar muito bom, só tenho pena de não ter aqui as tais amburanas porque pelo que falas deve ser um aroma muito bom.
Bjs
Moira

Magia na Cozinha disse...

Inacresitável que ai ainda está frio! Aqui está um calor do demo!
Adoro iogurte natural e como bastante nesta época, especialmente com frutas frescas,nuts e mel. Acho super saudável.
Para ser honesta esta história de lavanda e pó de chá verde não me atrai nem um pouco. Mas tudo é uma questão de gosto de cada um.
Se eu provasse na casa de alguém tudo bem, mas aqui acho que nunca vou fazer.
Não dá para notar que o iogurte ficou um pouco talhado. Para mim está ótimo!
Bjs :)

Simone Izumi disse...

C:
o seu blog está simplesmente encantador, lindo de doer, uma coisa mais gostosa que a outra e uma foto mais linda que a outra...
revigorante e inspirador!
bjocas,
si

Gina disse...

Cláudia, não me incomodo de provar sabores os mais variados, mas seguir tendências decididamente não faz meu gênero. Também não gosto dessa coisa de rotular alimentos como fora de moda. Acho que a gente deve fazer e comer aquilo que nos apetece, nos remete à determinadas épocas ou bons momentos, nos aquece, nos faz bem, nos anima.
Quanto aos iogurtes caseiros, sou de fase, tem época que faço um após o outro e de repente, resolvo comprar seguidamente, mas não fico sem tomar iogurte um dia sequer.
Bjs.

Gina disse...

Cláudia, me empolguei aqui comentando e esqueci de falar sobre esse arbusto. Que coisa mais linda! Essa spirea é de uma delicadeza e ao mesmo tempo de uma exuberância incrível.
Tomaria um iogurte aí e esqueceria da vida, apesar do frio, que detesto.
Chega, não vou falar mais nada, porque flores também me empolgam... rsrs!
Bjs.

Heloísa disse...

Cláudia,
Tudo lindo. As flores, o arbusto e essa fantástica gelatina de iogurte. Na verdade, deve ficar meio parecida com pana cotta, não?
beijos.

Claudia disse...

Moira,

Sim, é uma espécie de iogurte-cotta, ou leite-cotta na maneira de fazer já que a gelatina precisa ser cozida para endurecer. Mas o sabor é bem diferente já que é super leve pois é tudo desnatado e boto um pouco de mel no leite e mais um tanto por cima. Com as amburanas fica mesmo um perfume. Bj.

Clauzinha,

Esse frio daqui é uma espécie de carma, mas os dias ao menos estão bonitos e longos. Também não me incomodo de provar novos sabores e se me derem eu uso pois não vou desperdiçar, mas não vou atrás. Tanta coisa brasileira legal para comer... Bj.

Simone,

Muito obrigada, teus elogios são uma alegria já que a profissional aqui é você. Sou eu que me revigoro nas fotos dos produtos das Divas, já chocolate é meu amor. Saudades do Chocolatria! Bj.

Gina,

Estou com você, acho um absurdo moda na cozinha. Coisa de quem não perceber que metade do planeta ou passa fome ou está subnutrido. O que tinha que sair de moda é a fome.

Eu eu também fico mal se não tomo iogurte, me faz um bem. Mas sabe que eu compro um pote do desnatado e faço aquela transformação com leite pois não tenho iogurteira e aí é tu ou tu mesmo...

E você sabe que ontem eu estava vendo um forum sobre spinea e eles falavam exatamente sobre o fato dessa planta crescer rápido e como uma louca e ocupar tudo. As flores vizinhas que se cuidem. Bj.

Helô,

Sim, o modo de fazer é parecido mas o sabor é diferente pois o creme tem sabor mais intenso de creme ou de mousse já com iogurte com mel e leite com amburanas o sabor é mais ácido e perfumado mas a consistência mais leve... Eu amo.

Bj,


C.

Isabel disse...

Cláudia, também estou atolada em trabalho, mas não resisti a vir aqui e que bem que me fizeram as fotos desse arbusto lindo e selvagem! E essa forma de comer iogurte, que delícia!
Por aqui agora os dias estão muito quentes e o meu pequeno almoço é sempre iogurte natural com pedacinhos de ameixa branca e super doce cortada na hora. Misturo e já está. É simples, mas é muito bom. Quando eu tiver tempo para respirar eu vou fazer essa tua receita.
Bjs e boa sorte com o trabalho.

leonor de sousa bastos disse...

Olá Cláudia!!

Não tenho nada contra chá verde nem lavanda... Cada producto é um producto e eu admiro o aroma, sabor e textura de todos eles.
Gosto da diversidade e da possibilidade de novas combinações.

Já vi que a amburana entrou em força na sua cozinha para perfumar esses "iogurtes com gelatina"...

Que bom comê-los ao sol, perto desse imponente arbusto! :)

Beijo

Alcina disse...

Claudia nem sei como você tem saudade do brasil, com essa paisagem aí aos seus pés!! esse céu tem uma cor de uma pureza espectacular, aí deve respirar o ar mais puro do planeta :-)
Essas flores são lindas, merecem o tereno que ocupam, mesmo acabando com as outras :-)
Iogurte eu também sou fã e também como quase todos os dias, assim com gelatina nunca experimentei, mas costumo usá-lo muitas vezes em sobremesas em substituição de natas.
Bjinhos

Eu Mulher disse...

Seu iogurte ficou lindo e bem diferente. Essa semana inventei de fazer iogurte com gelatina vermelha e queijo cottage mas não gostei de jeito nenhum,rsrs.
Tomaria esse iogurte com mel agora mesmo... hummm


Beijinhos

Luciana Håland disse...

Claudia, esse arbusto é muito lindo mesmo, quando as flores abrem fica um show. Aqui perto tem um que também não foi podado e está bem arrepiado, ele fica num canteiro que dá pra estrada, já está invadindo a passagem dos carros.
Também reclamo do meu marido pra ele não podar muito as plantinhas que temos no jardim, mas ele já me avisou que esse ano vai dar umas tesouradas por lá.
Ficaram lindas suas fotos, queria saber fazer fotos de objetos e comidas como você faz, acho lindo, me encanta.
Beijo

Luciana Håland disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari disse...

Claudinha querida, quanta coisa linda e deliciosa andei perdendo!! Mas nao tem problema, leio e faço meus comentários agora... nao sei o que gostei mais: se do iogurte ou das belíssimas flores... sou apaixonada por iogurte, e acredito que com o perfume das ambuaranas, deve ter ficado incrível... com a gelatina, ficou quase uma panacotta.
Esse pó de chá verde eu nunca vi para vender, mas sei que está na moda... a lavanda, eu tenho um saquinho, já usei e gostei (aromatizei bolinhos de laranja q devo postar em breve).. rende muito, pois do saquinho inteiro, só usei 2 colheres de sopa... gosto do aroma dela, mas tbm, viveria sem numa boa.. risos.
Quero mesmo é experimentar as ambuaranas... :)
Bjo grande,

Mari

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...