sábado, 27 de junho de 2009

Uma mistura diferente: mousse de ameixa e gianduia com farofinha de amendoim



Então estava eu com um pote cheio de ameixas azedas. Muito azedas. Ameixas que levaram as crianças a declarar que não gostam de ameixas, mas gostam. Enfim, depois de servir para caldas ainda sobravam 11 ameixinhas no pote. Algumas já bem moleguinhas, queria uma solução diferente. Mousse de ameixa já vi bastante pela aí e inclusive, recentemente, vi num blog francês uma torta mousse de ameixa com cobertura de mousse de baunilha. Resolvi dar mais intensidade ao sabor. Sabia que uma mousse de ameixas azedas sozinha não daria conta. Mas uma mousse de chantilly com baunilha para contrapor ainda era muito pouco. Como eu tinha pasta gianduia derretendo no armário (por conta do calor) e resolvi fazer uma mousse (um chantilly) de pasta gianduia para cobrir e dar mais graça à mousse de ameixa. Por cima eu salpiquei uma paçoquinha de amendoim (misturinha de amendoim, aveia e açúcar ultra picados).



Se o resultado ficou maravilhoso eu não sei. Ficou bom, na hora que fiz comi uma tacinha e já fiquei meio enjoada. Mas estava tão quente, a mousse tão gordurosa que, ideologicamente criei um bloqueio e já não sei mais. O resultado da mistura são duas mousses pouquíssimo doce, mas muito gordurosas e fica meio pesado. Ambas levam creme de leite fresco com alto teor de gordura, uma coisa que eu estou tentando evitar ao máximo. Fiz as mousses pois tinha que usar o creme de leite aberto que tinhamos na geladeira e iria acabar estragando. O Knut, meu enteado cozinheiro, esteve aqui nos visitando e comprou pote grande de creme para uma receita mas usou apenas metade. Eu não podia deixar aquele creme estragar...



Mousse de ameixa com mousse gianduia


Mousse de ameixa

200 ml de suco grosso de ameixas vermelhas frescas (purê de ameixas)
200 ml de creme de leite fresco
Meio copo de açúcar
2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro
2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor ou duas folhas de gelatina
3 ou 4 colheres de sopa de água

Como:

Num pires salpique a gelatina em pó sobre a água e deixe a gelatina amolecer. Numa panela sobre fogo médio misture o suco de ameixa puro com o açúcar e deixe ferver. Retire do fogo e adicione a gelatina amolecida e misture bem. Leve a mistura novamente so fogo até ferver e a gelatina estar totalmente incorporada ao suco de ameixas. Retire do fogo, transfira a gelatina de ameixa para um pote de vidro e deixe esfriar.
Quando a gelatina estiver quase fria adicione o creme de leite batido em chantilly duro. Misture suavemente o chantilly a gelatina de ameixa até incorporar totalmente. Distribua em potinhos e leve para gelar.


Mousse de gianduia (blød nougat)


200 ml de creme de leite fresco
100 gramas de pasta gianduia com pelo menos 25% de avelãs (blød nougat dinamarquês)

Como:

Ferva o creme e derrame sobre a gianduia picada. Deixe esfriar um pouco e leve para gelar por no mínimo seis horas. No dia seguinte faça um chantilly com a ganache de gianduia e distribua por cimas das taças com a mousse de ameixa. Decore com frutas, paçoquinha de amendoim ou outro tipo qualquer de farofinha crocante.

Rende 6 taças.



Eu gosto de usar esses potinhos de iogurte antigos e tudo o que faço coloco um pouquinho neles também pois acho que ficam lindos. Neste caso deixei os potinhos mais vazios para colocar uns pedacinhos de morangos (já que ainda tinhamos) e quebrar um pouco o sabor denso das mousses. Por cima a tal farofinha de amendoim.

Farofinha de amendoim


4 colheres de sopa de amendoins torrados e descascados
2 colheres de sopa de açúcar fino
2 a 3 colheres de sopa de farelo de aveia, aquele fino para mingau
pitadinha de sal (se o amendoim não tiver sal)

Como:

Bata tudo no processador ou num pilão até formar uma farinha homogênea. Salpique sobre as mousses.

(Copo de 250ml)

7 comentários:

Nana disse...

Clau, babei aqui, menina que é issso?!
Olha, é engraçado ver um lugar que um dia é gelo puro e depois transforma nessa maravilha abaixo.
Bjss

Magia na Cozinha disse...

O aspecto ficou lindo e requintado.
Uma idéia para não enjoar logo da sobremesa seria servir uma mini porção.
Gostei muito da farofinha de amendoim.
Bjs :)

Edilia disse...

Claudia, que maravilha de mousse, você sabe muito de cozinha fazendo estas maravilhas,lindos
Edilia

Claudia disse...

Nana,

Aqui as mudanças acontecem rápido. De um dia para o outro muda tudo, mas o período do frio e do gelo ainda é mais longo. Bj.

Clauzinha,

Para não enjoar eu coloco naquelas tacinhas altas que são pequenas taças para servir vinho doce, vinho de sobremesa. Mas mesmo assim dá uma enjoada. Umas frutinhas para acompanhar ajudam... Bj.

Edília,

Sabe que eu gosto mesmo é de brincar na cozinha, de experimentar coisas novas, mas minhas habilidades são bem restritas. Mas que eu me divirto, eu me divirto. Bj.

Claudia

Ateliete® - Doosjes, Bedankjes-en-CIA disse...

Oiê!
Estava buscando na internet informações sobre marzipã e encontrei o seu blog, um post de dezembro de 2008. Também moro na Europa e trabalho com biscuit, mas quero também aprender a modelar marzipã. Adorei a sua explicação, havia olhado outros sites, mas sua maneira de explicar foi tão simples e direta que tirou as dúvidas que eu tinha hehehe!!
Acho que engordei 2 kg só de olhar para tantas coisas deliciosas que vc tem por aqui! PARABÉNS!
Se tiver vontade, visite meu blog também :-) Será super bem vinda.
Até mais
Eliete

Canela disse...

Claudia
O aspecto é excelente e o aproveitamento das ameixas e do creme tambem.Tenho esse problema de não deitar comida fora,para me sentir bem comigo propria...:)
Bj

Claudia disse...

Eliete,

Que bom que você gostou do blog. Se você faz biscuit vai achar muito fácil modelar marzipã. O segredo é fazer o marzipã em casa, bem natural e macio e colorir com corantes naturais. Mas sabe que muita gente faz bichinhos de marzipã para decorar apenas e não comem não, por causa dos corantes, usam e jogam fora. Melhor era usar biscuit para decorar, assim aproveita depois e não joga fora.
Enfim, eu tenho paranóia de corantes artificiais, prefiro não come-los. Obrigada pela visita.


Canela,

Jogar comida fora é o maior crime do mundo na minha concepção. Não faço isso de jeito nenhum, talvez eu devesse comprar menos pois eu e Per acabamos comendo demais para não ter que jogar fora. Bj.

Claudia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...