domingo, 15 de novembro de 2009

Mousse de laranja e graviola com a cabeça no Rio...



Com a cabeça no Rio eu fiz esta mousse. É que em fevereiro estarei no Brasil, dividindo o curto mês de fevereiro entre Rio e São Paulo. Claro que vou passar o Carnaval no Rio e isto é tudo o que eu sei sobre a viagem até o momento. Com a passagem na mão eu fico bem mais relaxada para gastar meu estoque que brasilidade todinho. Vou viajar sozinha o que significa que na volta não vou poder encher e trazer o mesmo volume de coisas já que Per é o grande incentivador e carregador de tralhas. Mesmo assim eu estou gastando por conta, bebendo mate todos os dias, cozinhando e bebendos os licores, moendo as castanhas e me enchendo com a melhor goiabada caseira que Minas Gerais pode produzir com queijo graddöst. Goiabada é definitivamente minha pièce de résistance, como dizem os franceses.



Em meio a tantos exageros fiz uma moussezinha onde a estrela é um licorzinho de graviola singelo que eu trouxe do Ceará onde, infelizmente, não irei visitar desta vez. O Brasil é um gigante e nem de longe eu posso visitar todos os cantos que eu gostaria. Mas acho que dá para comprar ou encomendar os licores e cachaças do Artesanato Mamulengo pela internet sem qualquer problema. As garrafas do Mamulengo são o máximo, feitas por artesãos de todo o Ceará, mas o maior dificuldade para carregar com as terríveis regras de segurança dos aeroportos. Ô inferno.



Esta receita não tem nada mais, é uma mousse de laranja bem básica, uma receita batida que se acha em todo canto, onde ao invés do tradicional licor de laranja eu adicionei uma bela talagada de licor de graviola. O resultado é uma mousse mezzo cítrica com uma sabor ligeiramente diferente, puxadinho, que vem da graviola. Graviola combina muito bem com cítricos e na minha opinião a mousse ficou fantástica. Mas o importante é que o interessado aprovou o sabor. É que eu fiz 16 porções, 12 foram congeladas para a festa de aniversário de um menininho muito especial que vai acontecer no final do mês (sim a produção para o mês das festas de aniversário já começou!) e as outras quatro foram devidamente devoradas durante o final de semana.



Mousse de laranja e graviola


300 ml de suco de laranja fresco (cerca de 3 laranjas)
raspas das 3 laranjas
6 ovos separados
125ml (meio copo de 250ml) de açúcar + 1 colher de sopa
150ml de creme de leite
80 ml de licor de graviola (use de laranja ou de limão se preferir)
2 colheres de sopa de amido de mandioca (que nada mais é do que polvilho doce)

Como:

Batas as claras em neve com uma colher de sopa de açúcar até ficarem bem duras. Num outro potte bata as gemas com meio copo de açúcar e o amido de mandioca até esbranquiçar. Adicione o suco de laranja, as raspas e o licor de graviola às gemas e bata bem. Leve a mistura ao fogo médio e mexendo sempre cozinhe até que engrosse, mas não deixe ferver de jeito nenhum. Retire do fogo. Coloque a mistura de gemas ainda quente num pote com água e gelo e vá adicionando as claras à mistura de gemas em partes para não perder volume. A coisa de colocar as gemas sobre água com gelo evita que as duas partes da mistura se separem posteriormente. Leve isto a sério.

Quando a mistura estiver homogênea, sem sombras de claras, nem de gemas, separadas na mistura deixe-a de lado e bata o creme de leite até formar um chantilly bem duro. Adicione o creme à mistura mexendo bem suavemente, com uma espátula ou colher de pau até incorporar. Distribua em potinhos e leve ao freezer. Se não congelar direto a mistura se separa e aí fica com uma aparência bem esquisita.

Rende de 12 a 15 porções, dependendo do pote. Eu fiz 12 potinhos para a festa e mais quatro taças para o jantar...



16 comentários:

Rachel disse...

Hummm, essa mousse está transbordando
frescor. Com esse calor é tudo que a gente precisa.So assim mesmo para refrescar a cabeça que já está no Rio,né? Bjuss!!!

Gina disse...

Nunca pensaria em congelar mousse.
Aliás, preciso congelar outras guloseimas que ando fazendo, porque está difícil perder peso... Fiquei com "raiva" da balança hoje, porque, apesar do meu empenho em me exercitar, não perdi um mísero grama sequer!
Ainda bem que vai poder repor seu estoque, aproveitar o carnaval na nossa terra (embora eu não seja carnavalesca...) e se livrar do frio por uns dias, não?
Bjs.

Dani disse...

Hmmmm, adoro tudo que leva laranjas, principalmente iogurtes, então acho que essa mousse é daquelas que eu como umas três sem pensar muito.
Nunca experimentei graviola em doces, só tomei o suco. Estou tentando juntar os dois sabores na minha cabeça, acho que consigo imaginar o frescor.
Beijocas,
ps. Acho que vou tentar fazer a panna cotta levinha, com leite, vamos ver no que dá! Obrigada pelas dicas!

Elisabete disse...

Sua mousse parece ter ficado deliciosa. Essa de congelar mousse pra mim tam bém é nova, mas adorei saber.

cacahuete disse...

Esta mousse deve ser bem boa. Nao sabia que se podia congelar mousse, pensei que iria ficar com cristais de gelo e alterar por completo o sabor. Como e que costuma fazer? Utiliza o mesmo processo que com os gelados?

Bjs e boa semana

Moira disse...

Cláudia,
Vivendo e aprendendo, sempre achei que mousse não dava para congelar.
Adorei essa produção de mousse de laranja que eu vou ter que experimentar pois adoro os sabores citrícos. Para substituir o licor de Graviola, vou usar um licor que eu faço com casca de tangerina e damascos secos, acho que vai fica uma delícia :)
Beijocas
Moira

Fabiana disse...

Adorei a sua mousse, com ingredientes bem brasileiros....
e adorei ainda mais por saber que pode ser congelada.
bjs

Tânia disse...

Mousse com polvilho e ainda cozida...estou com a boca aberta :D
Bem diferente, acho que vou fazer com meu Contreau genérico..
Cláudia...estou em Sampa, viu? Adoraria conhecê-la e quem sabe dividirmos uma refeição típica para vc matar as saudades. Me avisa?
Beijinhos e ótima semana!

Isabel disse...

Cláudia,
que maravilha fugir do frio no mês de Fevereiro e visitar o seu querido Brasil! Que bom que você tem essa oportunidade:)
Nunca comi graviola, essa é que nunca aparece por aqui! Mas já vi algumas imagens, é um fruto cheio de picos, não é? Mas imagino que o sabor seja bom.
Essa mousse parece estar deliciosa.
Que boa ideia congelar mousses, nem sabia que podíamos fazê-lo!
Bjs

Claudia disse...

Rachel,

mousse é uma sobremesa deliciosa mesmo e as crianças aqui em casa adoram e é aniversário de uma delas em breve.

Gina,

Mousse são em geral congeladas e depois descongeladas na hora de servir e comer só assim é possível por exemplo fazer camadas de mousse em bolos e tortas. Elas resistem super bem, especialmente esta com alcool e monte de gemas!

Dani,

Graviola é azedinha e o licor é bem fresco como a graviola e dá ua levantada no sabor da laranja de um jeito diferente. Vale a pena.

Faz tempo que eu faço leite cozido, ao invés de creme cozido, arrisque pois dá certo, mas não economize demais no açúcar...


Elisabete,

Congelar mousse é hábito dos franceses que criaram a mousse. Todas as tortas mousse são congeladas e depois transferidas para a geladeira para adquirir a consistência macia.


Cacahuete,

Coloque a mousse no freezer e retire umas duas ou tres horas antes de servir já que precisa adquirir a consitência cremosa.


Moira,

quando eu era uma bem adolescente minha mãe tinha uma empresa de comida congelada. Elas produziam comida caseira, congelavam tudo em embalagens pós-modernas e entregavam por encomenda os menus nas casas dos clientes. Foi uma das pioneiras no Rio mas lá pelas tantas cansou de tanto trabalho e vendeu tudo. O que mais vendia eram as mousses que na época eram de chocolate, manga e maracujá. Minha mãe não parava nunca de quebrar milhões de ovos para fazer mousses (era ela que fazia) e as mousses eram congeladas imediatamente. E nunca deram um erro. É típico congelar mousses já que elas podem ser trabalhadas de forma mais resistente se estiverem duras.

Fabiana,

Sim, eu estou sempre atrás do Brasil (risos) e congele mousse sem medo, é assim que o franceses fazem... Evita a divisão do creme de ovos!

Tânia,

Eu não uso mais maizena, só uso polvilho de mandioca que é um amido bem mais interessante em todos os sentidos e não embolora como a maizena. Maizena é passado na minha vida!

Com cointreau (genérico, adorei!) fica ótimo, ou o clássico grand marnier. O cozimento das gemas é para dar uma leve engrossada e afastar assombração das gemas cruas, mas as claras são cruas!!! É metade do perigo apenas.

Vamos ver se eu não faço um ragabofe com as garotas todas de Sampa em algum lugar, ia ser o máximo!

Isabel,

Detesto fevereiro aqui, é o mês mais desgraçado e frio, poder sair, ainda que sem o Per, vai ser tudo de bom. Mas tenho muito para fazer durante o mês, descanso acho que só durante o carnaval.

Graviola é campeã em sorvetes e sucos e faz um licor maravilhoso, e eu adoro licor. No Brasil é mas fácil de comprar a fruta que não é difícil de picar não, mas polpa congelada deve se achar em Portugal fácil.

Beijos,

C.

Circe disse...

Cláudia,

Acompanho teu blog faz tempo, e hoje, lendo a revista Vida Simples, foi impossível não pensar automaticamente em você!
Por isso, te mando o link, com as Jóias Raras, que são as frutas nesse nosso Brasil!
http://vidasimples.abril.com.br/edicoes/085/comer/conteudo_507896.shtml

Grande abraço!
Circe.

Flavia Pantoja disse...

Claudia, eu adoro mousse de chocolate congelada! Eu não sou muito fã de mousses, da textura (como tambem nao adoro pudins e afins..) mas congelada fica excelente!!
Alias, teu estoque de castanhas já está para aumentar! postei so na segunda, espero que chegue logo...
bjs cariocas !

Mari disse...

Claudia querida, achei tão diferente e interessante esta maneira de fazer mousse.. me apaixonei!!
Sempre aprendo muito contigo aqui no Sabor Saudade... :)
Então vc estará em SP em fevereiro? Uma semana antes do Carnaval (dia 06, mais precisamente) farei o chá de bebê do Alberto... quem sabe vc nao consegue vir - ou não damos um jeitinho de nos conhecermos pessoalmente? Eu iria adorar!!
Prometo que faço algo bem "comidinha da vovó" (que é tudo o que sei... rs) para te receber, com todo carinho... :)
Grande beijo,

Mari

Magia na Cozinha disse...

A mousse ficou com uma cor linda. Interessante poder congelar. Para festas é uma mão na roda.
Só fico a imaginar o paladar que a graviola confere. Eu só conheço de nome, nunca provei.
Bjs :)

disse...

que maravilha!!!!
delicia

Anônimo disse...

ESSA RECEITA DE MOUSSE DE GRAVIOLA COM LARANJA DEVE SER UMA DELÍCIA PENA QUE DAR MUITO TRABALHO PRA FAZER ELA PODERIA SER MAIS SIMPLES.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...