quinta-feira, 12 de março de 2009

A mágica do ovo com açúcar, manteiga e chocolate



Eu adoro a mistura de ovos com açúcar e manteiga e sou completamente apaixonada quando esta mistura leva chocolate. Para mim esta é a mistura chefe, campeã, vencedora, vitoriosa, cheirosa e gostosa em qualquer receita de sobremesa. A mistura de ovo, açúcar, manteiga e chocolate é aquela que fica boa tanto crua como cozida, exatamente como a senhora preferir.

E eu brinquei com essa mistura linda ontem na busca por um 'par' para uma panna cotta de maracujá que tinha feito. Panna cottas são geralmente servidas com caldas de frutas mas depois daquele mousse de tangerina eu não queria repetir a dose de calda de frutas ácidas. Como o maracujá era do tipo docinho e fraquinho eu estava achando que uma calda simples não daria conta do serviço do jeito que eu gostaria.




Ao invés de fazer uma calda fiz uma mousse com a mistura mágica e cobri a panna cotta com a mousse de chocolate formando uma linda verrine como os franceses chamam as sobremesas servidas em copos.

A minha mousse de chocolate amargo não leva mais nada além da mistura mágica: ovos, manteiga, açúcar e chocolate amargo. A mousse sem adição de creme tira toda a textura da mistura dos ovos, das texturas criada por gemas e claras devidamente batidas e misturadas. A química do ovo reage de formas diferentes no caso de você bater claras e gemas juntas, ou separadamente (coisa mais óbvia!). Numa moussecom base de ovos apenas, como em muitas receitas com ovos, o segredo está no tempo batendo claras e gemas e a quantidade de ar retirado da mistura.

Para mostrar a versatilidade da mistura eu dividi a mistura e usei-a de duas formas. Como mousse para cobrir a panna cotta e como bolo de chocolate. Seguem as receitas para a mousse de chocolate (massa crua), o bolo de chocolate sem adição de farinha(a mousse assada) e a panna cotta de maracujá. Para acompanhar o bolo uma bela colherada de iogurte natural temperado com baunilha.



Mousse de chocolate que também é bolo de chocolate sem farinha

5 ovos grandes (gemas e claras separadas)
5 colheres de sopa de açúcar
200 gramas de chocolate amargo com pelo menos 57% de sólidos de cacau (usei 60%)
150 gramas de manteiga sem sal

Separe uma forma retangular ou redonda, unte com manteiga, forre com papel manteiga e unte o papel e reserve.

Derreta o chocolate e a manteiga em banho maria em fogo baixo. Mexa a mistura para ajudar a derreter mais rapidamente e evitar que a mistura esquente demais. Vá mexendo até que forme uma mistura homogênea e reserve.

Num pote bem limpo bata as claras em neve com picos não muito duros. Picos muito duros ressecam demais o bolo no final.

Num pote grande e limpo bata então as gemas com o açúcar com um batedor de mão até que elas dobrem de volume e fiquem bem claras.

Adicione a mistura de chocolate à mistura de gemas e com um batedor de mão bata até incorporar totalmente. Por fim adicione as claras à mistura aos poucos, mexendo com uma espátula ou colher de pau. Mexa cuidadosamente para não retirar todo o ar da mistura.

Coloque 3 colheres de sopa da mistura sobre as panna cottas e leve para gelar. O restante da massa transfira para a forma untada e leve ao forno pré-aquecida a 180C por 20 minutos.

Deixe esfriar e decore com a calda. Corte em pequenos quadrados ou triangulos e sirva com uma colher de iogurte natural aromatizado com duas ou tres gotas de extrato natural de baunilha.





Calda de chocolate para o bolo

50 gramas de chocolate 60% de cacau
1 colher de sopa de manteiga

Derreta chocolate e manteiga em banho maria, deixe esfriar um pouco e coloque a mistura sobre o bolo já frio.



(O bolo de chocolate sem farinha fica denso e aveludado. Uma experiência bem intensa e basta um quadradinho pequeno para satisfazer o desejo por isso eu asso o bolo numa forma um pouco maior para o bolo ficar bem fininho).





Panna cotta de maracujá


300 ml de creme de leite (fresco ou de lata)
100 ml de leite
100 gramas (1/2 xícara) de açúcar
2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor
1/2 xícara de suco de maracujá fresco puro


Coloque o suco num potinho e salpique com o pó de gelatina e deixe amolecer. Enquanto isso leve o creme, leite e açúcar ao fogo médio mexendo até ferver. Quando ferver retire do fogo e adicione a mistura de mistura gelatina à mistura de creme mexendo bem para dissolver a gelatina. Leve a mistura toda de volta ao fogo baixo, mexendo sempre, até começar a ferver. Retire do fogo imediatamente, deixe esfriar um pouco, mexendo bem, antes de dividir em copinhos.

Rende 6 meio copos que podem servir de base ou de cobertura à sobremesa. Eu coloquei a panna cotta por baixo e a mousse de chocolate por cima. Decore com raspas de chocolate amargo.



(O par perfeito para este quadradinho de veludo de chocolate é uma colherada de iogurte natural).

14 comentários:

Magia na Cozinha disse...

Claudia do Céu eu quero todos!
Já engordei vários quilos só de olhar!
Ficaram ótimos realmente. Adorei o adjetivo "intenso" para qualificar a experiênica gustativa que este Bolo de Chocolate proporciona. Fazê-lo fininho foi uma ótima idéia.
Bjs :)

mesa para 4 disse...

Céus!!! Que maravilha...

Moira disse...

Cláudia,
Hoje cheguei a casa tristonha por ter ido visitar um grande amigo ao hospital, nestas alturas só me apetece comer doces, como se a tristeza desaparecesse com o açúcar, sei que isso não acontece mas pelo menos acalma os nervos.
Infelizmente o meu frigorifico estava vazio de tudo o que era necessário para um doce mesmo que simples. Agora que leio o seu post esse bolo de mousse acalmou o meu desejo e só por isso já valeu.
A minha receita de mousse é muito parecida com a sua, só que nunca me passou pela cabeça assá-la no forno, claro que vou ter que experimentar um destes dias, quem sabe com um molho de framboesa que eu adoro, sempre gostei do ácido dos frutos com o chocolate, embora confesse que nunca provei com iogurte e quem sabe não será uma agradável surpresa.
Bjs e bom fim de semana
Moira

Nana disse...

Clau, mas ele não é lindo?
Aquele cãozinho chupando manga agora virou o meu mascotinho rs
Sabe que eu tb amoooo mouse, o meu maior problema é a batedeira, mas qualquer dia eu tento fazer na mão amiga.
Bjss e bom final de semana.

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá Claúdia!!!

Este post merece aplausos...
Primeiro a panna cotta de maracujá com a mousse de chocolate e depois a mesma mousse transformada em bolo e acompanhada pela colherada de iogurte... que sensação e que sensações!
Fico perdida entre a versão crua e a cozida e quero provar as duas imediatamente!...

Ficaram as duas com um aspecto fantástico!

Beijo

Edilia disse...

Nem sei o que dizer de tão lindo, e deve ser uma gostosura, este bolo fino achei diferente, está na lista a receita para ser o próximo.
Edilia

Tony Madureira disse...

Olá,

É bom só de olhar!!


Bjs

Claudia disse...

Clauzinha,
Concordo, este mousse/bolo é uma bombinha de engordar, mas de vez em quando não mata ninguém. Bj.

Mesoca,
Põe maravilha nisso. É arrasa quarteirão. Bj.

Moira,
Açúcar é o melhor amigo da mulher na hora da tristeza, sem dúvida.
Espero que seu amigo se recupere logo e que você possa servir esta mousse com framboesa, sem dúvida vai ficar ótima. Quem sabe uma mousse de framboesas. Este bolinho sem farinha é muito bom como base para bolos de sorvete e mousse, você precisa experimentar!
Bj.

Nana,
Definitivamente não precisa de batedeira para fazer mousses!!
Eu adoro bater ovos com o fouet e não demora nada. Com a batedeira é bem mais fácil, mas fica fácil também de errar a mão e bater demais. E ainda é um bom exercício.
Bj.

Leonor, as duas versões juntas também fica boa, te garanto. Vale a pena bater a massa e fazer os dois juntos, o bolo de base e deitar o mousse por cima, gelar e servir como torta mousse. Bj.

Edilia,
Eu adoro bolinhos finos, densos, por isso usei uma forma retangular grande demais para a quantidade de massa, mas você pode colocar numa forma mais proporcional e o bolo vai crescer um pouco mais. Bj.

Tony,
Obrigada pela visita.
Abs,

Claudia

EU MULHER disse...

Querida, essas suas sobremesas são de matar mesmo!!! Toda vez que venho ver seu blog, saio querendo ir para cozinha fazer as delicias, rsrs.
Esse bolo sem farinha já está na lista.


Beijão

Juh Girardi disse...

Olá! Estou procurando uma receita de mousse de chocolate para fazer no natal (e claro que viria aqui em seu blog para dar uma olhada, né?). Essa receita rende bastante? Dá pra quantas pessoas mais ou menos?

Beijos
Juh

Claudia disse...

Juh,

esta receita rende umas 10-12 porções individuais dependendo do tamanho do potinho que você use. Mas você pode adicionar mais ovos, 9, e adicionar mais 2 a 3 colheres de açúcar mas sem aumentar a quantidade de manteiga e chocolate e pode vai render umas 15-18 porções...

Espero que seja suficiente!

C.

pr Videira disse...

Olá Cláudia,
Eu vou tentar fazer. Estou cozinhando há 1 ano e estou me especializando em doces. Estava procurando uma mousse sem creme de leite e achei este aqui. Mas, só pelos comentários, deve ser muito bom!!!
Parabéns.

Bessie B. disse...

Usei essa receita do bolo agora pouco, fiz com adoçante invés de açucar porque meu namorado é diabetico, ficou uma delicia :) Adoro bolos de chocolate que sao "densos", foi o melhor bolo que fiz ate hoje uahua

Claudia disse...

Bessie,

Que bom que o bolo agradou, fico muito feliz de saber. Esse bolo é uma maravilha e o fato de ser sem farinha garante essa consistência densa incrível.

Obrigada pelo comentário!

Cláudia