segunda-feira, 9 de março de 2009

Mousse de tangerina num domingo de estômagos cheios



O almoço de domingo foi simples e poderoso, pois estava muito bom. Fiz feijão, um tipo de feijão conhecido pelos mexicanos pelo nome 'Pinto', um feijão vermelho escuro que fica bem marrom. O feijão foi temperado com bastante toucinho defumado, muito alho e folhas de louro e cozido pacientemente entre o sábado e o domingo para formar bastante caldo, caldo grosso e muito sabor. Além do feijão e seu melhor amigo arroz, eu fiz um ragu que certamente entrou para o ranking dos 5 melhores resultados culinários obtidos em toda a minha vida. Inesquecível. Ainda, um puré de batatas já que a família aqui é majoritariamente norueguesa, salada verde com frutas diversas (sempre uso frutas em saladas) e uma farofa de banana para não perder o hábito já que quem manda nesta cozinha aqui sou eu.

Além da carne o ragu levou também um belo pedaço de toucinho picado, vinho branco seco e cozinhou em fogo brando por mais de uma hora e meia em molho com bastante alho (sempre), cebolas e tomates pelados, oregano fresco, salsinha, sal e pimenta basicamente. Ficou o melhor ragu que eu já fiz e que já comi na minha vida. O sabor do toucinho deu o tom, mas acho que o segredo é o tempo prolongado de cozimento em fogo brando. Eu acho que antes nunca deixei um ragu cozinhar nem uma hora, tudo sempre com pressa. Ficou bom, mas bom, mas bom, de perder a cabeça e comer demais. Como ontem éramos cinco bocas a mesa fiz uma receita grande para render e sobrar (hoje vou comer mais um pouco). O problema, nada de fotos nem de receita. Saiu da panela para a mesa direto.



A sobremesa de domingo já estava pronta desde sábado a noite, bastava apenas decorar para servir e, surpresa, sobrou. Eu, Per e Knut comemos, mas as crianças não tinham espaço no estômago para o doce e depois não quiseram comer mais. Acharam meio azedo. Eu e Per amamos. Knut, meu enteado mais velho, come de tudo sem reclamar, mesmo quando não gosta. O resultado me leva a concluir que esta é uma sobremesa pouco doce e um tanto azedinha demais para o paladar infantil. Mas vale a pena arriscar já que é uma delícia. Usei tangerinas marroquinas já que a estação das tangerinas espanholas já chegou ao final. As marroquinas são mais miudinhas, de casca fina e com muito mais suco, uma beleza para caldas e mousse.



Mousse de tangerina:

250 ml de suco de laranja
250 ml + 4 colheres de sopa de suco de tangerina
2 colheres de chá de raspas de tangerina
1/2 xícara de açúcar
4 gemas
2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor
200 ml de creme de leite fresco (pelo menos 30% de gordura) + para servir
1 colher de açúcar de confeiteiro


Como:

Misture os sucos de laranja e tangerina numa panelinha e deixe ferver em fogo médio. Quando ferver reduza o calor e deixe a mistura de sucos cozinhar por 20 a 30 minutos em fogo baixo até que a mistura esteja reduzida a metade (250ml). Retire do fogo e deixe de lado.

Bata as gemas com o açúcar até ficar bem cremosa e aumentar de volume. Adicione as raspas de tangerina e o suco reduzido, bem devagar e mexendo sempre para evitar que as gemas cozinhem já que o suco ainda está quente.

Num potinho salpique a gelatina nas 4 colheres de suco de tangerina e deixe dissolver. Enquanto isto leve a mistura de gemas e suco de volta ao fogo baixo e deixe engrossar um pouco, mexendo sempre, sem deixar ferver. Retire do fogo e adicione a gelatina dissolvida em suco de tangerina. Mexa bem para dissolver a gelatina.

Volte a mistura novamente ao fogo baixo mexendo sempre dessa vez para dissolver a gelatina totalmente. Cuidado para não deixar ferver, este é o segredo de cozinhar cremes com gemas. Retire o creme do fogo e leve a mistura à geladeira por uns 20 minutos até esfriar um pouco, mexendo a mistura de vez em quando para não endurecer.

Depois dos 20 minutos bata o creme de leite com a colher de açúcar até o ponto de chantilly. Misture o chantilly ao creme de gemas e tangerina. Misture suavemente até incorporar totalmente e formar uma mousse homogênea.

Divida em tacinhas ou numa taça grande e leve para gelar. Sirva com uma calda de tangerina (receita abaixo) e decore com chantilly.

Rende 8 tacinhas como as da foto




Calda de Tangerina

1 xícara (240ml) de suco de tangerina
3 a 5 colheres de sopa de açúcar (a quantidade de açúcar na calda depende do gosto, tem que ter um mínimo de 3 colheres)

Ferver suco e açúcar numa panelinha em fogo médio. Reduzir o calor e deixar cozinhar em fogo baixo por 20 minutos ou até que o suco engrosse formando uma calda

Obs. O chantilly pode ser substituído por quatro claras batidas em neve. A consistência final será menos cremosa, mais aerada e mais leve. A opção é sua. Eu prefiro sempre mousses cremosas.

8 comentários:

Luciana Håland disse...

Nossa, isso deve ser uma delícia, vou ver se arrisco fazer.
Bj

Cláudia M. disse...

Ai que fooomee!!
Não sei mto bem o que é ragu (vou investigar), mas só pela sua descrição já fiquei com vontade de comer, pelo menos o molho...
E esta mousse de tangerina, então, nem se fala! Está linda e deve ser muito boa. Eu se calhar punha + um pouquinho de açúcar.....
Bjs

Canela disse...

Claudia
Gosto de mousse de fruta e bavaroises tambem.Essa alem da linda cor, deve ser bem saborosa.
Aqui em Portugal a essas tangerinas,damos o nome de clementinas,são as preferidas cá em casa.
Bj e boa semana!

Magia na Cozinha disse...

Eu com certeza iria adorar esta sobremesa, pois adoro doces azedinhos.
O aspecto e a cor ficaram maravilhososos!
Fiquei com fome de ler a narrativa da preparação dos pratos. Yummy!
Bjs :)

Isabel disse...

Adoro tangerinas! Por aqui ainda vão aparecendo algumas que uma vizinha nossa nos traz do Algarve. Que ideia boa essa mousse!
Bjs

Luciana Macêdo disse...

Sobremesa leve e refrescante. Como não gosto muito de doces, mousses de frutas cítricas me agradam bastante.
Bjs!

Glau disse...

Clauzinha, to adorando este festival de frutas na sua casa.. morangos de Portugal, tangerina marroquina.. mamão do Brasil,
mas o que eu gostei mesmo foi do seu almoço! tão bom comida caseira e assim farta! A "temperatura" da sua casa está bem mais quente, né? dá pra perceber pelos pratos que tem feito!

to sentindo falta de fazer uma comida assim.. qdo minha nova casa estiver pronta vou preparar algo bem gostoso e caprichar no alho, cebola.. bastante tempero!

bjao minha querida

Blog - util.necessario - Ana disse...

Eu simplesmente amo mousses.
Para ser franca é a unica coisa que sei fazer.
Mas faço uma de nozes que é um
E S C Â N D A L O, e agora vou fazer outras.
Advinhe de onde estou tirando as receitas????
Bjs, Ana
http://utilnecessario.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...