sábado, 7 de fevereiro de 2009

Para agradar a mamãe aqui de casa: Cuca de Ameixa



Estava eu sassaricando pelas bandas internacionais da internet dia desses quando me deparei com um bolinho de ameixas lindo, adorável, cuja receita era muito parecida com a receita de cuca de frutas que a minha mãe fazia.

Cuca é um tipo de bolo muito comum no sul do Brasil, mas as cucas da minha mãe são um pouco diferentes pois ela usa uma receita muito mais simples de fazer. As cucas da minha mama são feitas em geral com bananas ou maças, eu costumo faze-las com peras pois eu amo peras, mas podem ser feitas com quase todas as frutas e recentemente eu encontrei uma receita de cuca de goiabada.

A receita de cuca da minha mãe é originária do que eu chamo 'circuito de amigas e comadres' e é um bolo muito simples, rápido, com duas camadas de frutas e que pede azeite de oliva na massa. Eu nunca gostei da idéia de fazer bolo com azeite e ainda que eu já tenha comido e saiba que fica bom, eu uso manteiga



Amanhã é dia das mães aqui neste pedaço e resolvi me auto-presentear fazendo uma cuca com ameixas sulafricanas que estão dando sopa e bem baratas nos supermercados por aqui. Mas você pode usar qualquer fruta. Eu tinha bananas em casa mas elas não estavam nada maduras e não gosto de bolos de banana feitos com bananas verde. No caso de usar bananas ou maças salpique algumas colheradas de açúcar misturado com canela sobre a camada de frutas.



Cuca de Ameixa

(receita da minha mãe)

6 ameixas frescas maduras lavadas e cortadas fatias verticais
2 ovos (temperatura ambiente)
1 xícara de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de essência natural de baunilha
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
6 colheres de sopa (uso bem cheias) de manteiga derretida
1 xícara de água bem quente



Como:

Unte uma forma de retangular ou quadrada pequena e reserve. Aqueça o forno a 180 graus. Bata os ovos com o açúcar até a mistura ficar bem clara e aumentar de volume. Adicione a baunilha e bata para incorporar. Adicione 1 xícara de farinha continue batendo. Adicione a manteiga derretida e mexa para incorporar. Adicione então a segunda xícara de farinha e no final adicione a água quente, bem devagarzinho, aos poucos, mexendo bem até formar uma massa mais macia mas não tão mole. Eventualmente uma xícara de água poderá ser muito e meia xícara pode ser suficiente para dar a consistência necessária. Transfira a massa para a forma preparada e então distribua as ameixas fatiadas, sem a semente.

Asse a 180 por 25 a 30 minutos (tempo de forno depende muito do tipo de forno e da consistência final da massa).

Além da camada superior você também pode adicionar uma camada de frutas embaixo da massa, e salpique um pouco de açúcar com canela, dependendo da fruta.

Rende 15 unidades.



Obs. Eu me deixei influenciar pelo bela face do bolo e usei poucas ameixas para dar a minha cuca um aspecto parecido com o do bolo de ameixas que eu vi daqui mas foi bobagem minha pois com mais frutas teria ficado muito melhor.

14 comentários:

Magia na Cozinha disse...

Claudia mesmo com pouca ameixa ficou com um aspecto muito bonito.
Adorei a massa, que parece mais de bolo do que de cuca, como aquela que postei.
Já fiz Clafoutis com ameixas e fica muito bom tambem. Depois de cozida, a ameixa fica parecendo uma pétala de rosa sobre a massa. Lindo mesmo!
Parabéns pelo seu dia e aproveite bem esta cuquinha!
Beijocas! :)

mesa para 4 disse...

Adorei essa cuca..e adorei o nome que voçês dão a esse bolo...ficou linda...abraço

Glau disse...

esse açúcar por cima é sua marca registrada!

tá doida que vai comprar as coisas... não faço pra vender! :)

feliz dia das mamys
bjos

Claudia disse...

Clauzinha,

As ameixas ficam lindas de morrer mesmo. Sabe que as cucas lá do Rio são diferentes das cucas gaúchas, mais simplinhas... Mas da próxima vez vou fazer do meu jeito mesmo e encher de frutas, quis fazer um bolo bonito mas ficou isso, um bolo, e não uma cuca molhada. Viu o link para sua cuca de goiabada?


Mesoca,

Cuca é um bolo de frutas típico do sul do Brasil, dos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e é do tipo molhadinho. Eu usei as ameixas que tinha em casa e a minha receita carioca (do Rio de Janeiro) para fazer um bolo parecido com o do link. Ficou bom mas poderia ter mais ameixas...


Glauzoca,

Não faço nada sem colocar um tanto deste açúcar de confeiteiro de baunilha por cima. Esse açúcar é com sabor de baunilha e vicia...

Se eu não posso pagar então vamos trocar... Adoro escambo!


Beijos gurias!

C.

Maldonado disse...

Esse bolo tem um ar bastante apetitoso, até me deixou com água na boca. :))
Mas infelizmente a cozinha é o meu calcanhar de Aquiles, pois sou um desastre e nem me esforço por melhorar. Só confecciono pratos simples e rápidos... :)

Isabel disse...

Receitinha simples como eu gosto. Vou experimentar essa cuca!

Claudia disse...

Maldonado, obrigada pela visita.
Fui conhecer teu blogue e gostei muito.

Mas veja, este bolo é uma facilidade, simples de dar vergonha. É só ir jogando os ingredientes no mesmo pote e ir misturando até dar consistência e então coloque por cima as frutas que tiver em casa. Use azeite ou óleo de girassol ao invés de manteiga derretida que fica ainda mais fácil.


Isabel,

Receitinha simplinha mas boa. Mas coloque mais frutas senão fica muito bolinho de baunilha sem uma camada generosa de frutas.


C.

Talita disse...

Fruta é comigo mesmo, Cláudia! Muitas vezes já tentei eleger a minha preferida. Todas as tentativas foram frustradas, já que mudo de idéia a cada vez que como outra fruta. rs
Ameixa está entre as que mais gosto! Quando vi a receita pensei que se tratava de uma receita com nectarina, que por um acaso ainda não fiz. rs
Em todo o caso, deve estar uma delícia essa cuca! Gostoso se presentear com algo tão gostoso, né?!

Heloísa disse...

Claudia,
Espero que você tenha tido um dia das mães bem alegre.
E sua cuca ficou muito bonita.
Beijos

Moira disse...

Olá Cláudia,
O dia das mães aqui em Portugal é só em Maio.
Já tinha ouvido falar desse "cuca" parece que de alguma forma tem origem na imigração dos alemães para o Brasil no início do século passado. Não sei se á informação é correcta, o que é certo é que essa cuca é para esperimentar com toda a certeza.
Já agora, se usar azeite a quantidade em colheres é a mesma?
Bjs
Moira

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá Cláudia!!

Nunca comi nenhuma cuca, mas já tinha visto o nome numa revistinha de culinária brasileira que costumava comprar de vez em quando em Portugal.

Essa sua cuca ficou linda...a massa tem um ar muito leve e muito fofo e a cor branquinha contrasta deliciosamente com o tom vivo das ameixas!

Só gostava de perceber se a cuca, tem alguma característica especial que a distinga dos demais bolos...
Eu adoro novidades culinárias, mas queria ficar com a lição bem aprendida!:) Eheheh!

Esse dia da mãe foi bem comemorado!:)

Edilia disse...

esta cuca eu adoro, em Curitiba são usadas com uvas pretas,não me lembro o nome mais também é bom.A foto do seu bolo está maravilhosa,parabéns.
Edilia

Claudia disse...

Helô, obrigada!
Ficou ótima.

Moira, sim pode substituir as colheres de manteiga por colheres de azeite e fica ótimo.

Leonor, o lance das cucas é ser um bolo de frutas com duas camadas. Esse aqui ficou pouco frutado, mas foi uma opção estética minha. Com mais frutas fica muito melhor.

Edilia, que bom que você gostou, sendo do Paraná você deve ser bem acostumada com as cucas.
Obrigada pela visita.

Claudia

estrellazul disse...

Hola !!
te conocí leyendo el blog de Amanda, y ahora acabo de leer esta receta que voy hacer en estos dias aprovechando de la temporada de verano.
Que locura, tu de Brasil te has mudado a Noruega por tu esposo, yo de Italia, a Perú, siempre por mi esposo !!
un besote

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...