sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

No lance das amendoas



Para que eu possa assar os sete, s-e-t-e, tipos de biscoitos e bolinhos diferentes na semana do natal, contribuir com a tradição norueguesa e prestar uma homenagem aos povos escandinavos antigos, eu precisei abrir uma linha de produção de farinha de amendoas. E estamos apenas começando já que nove entre dez sobremesas da culinária norueguesa são feitas de amendoas moídas, farinha de amendoas ou marzipan. Eu, claro, não gosto de comprar a farinha pronta. Já comprei muito, mas não compro mais. Aqui as farinhas de amendoas vêm da Itália. Um dos motivos pelos quais eu não gosto de comprar pronta é porque eu acho que não são tão frescas, não são tão puras e são bem mais caras, claro. Nesta época do ano as amendoas chegam bem 'frescas' (entenda o significado deste 'frescas' no contexto!) e estão a venda em todo canto com preços inacreditavelmente baixos. O custo da farinha de amendoas fresca é pago em trabalho. Com trabalho infantil inclusive. Não, não é uma maldade quando a criança adora pelar amendoas.



Estela não aguentou pelar todo o meio quilo de amendoas, eu tive que terminar o trabalho, mas ela ajudou bastante. O problema é que depois que as amendoas foram fervidas as cascas precisam ser removidas bem rápido para não dar tempo de secarem e grudarem novamente. Depois de peladas eu levo as amendoas ao forno para darem uma boa secada. Uns 10-12 minutos a 160C. Precisa ter cuidado para não escurecer as amendoas, só secar. O perfume que saí do forno lembra bolo de amendoas. Esta é a primeira fornada de farinha. Não dá para fazer quilos de uma vez só. Faço aos poucos pois rende uma farinha de melhor qualidade e sempre fresca.



A tarde estava linda e a lua cheia saiu cedo. Que noite de lua cheia maravilhosa que está fazendo por aqui agora. Nesta hora a lua ilumina a neve e fica tudo tão claro, uma coisa linda. E para beber, depois de tanto trabalho pelando amendoas, um suquinho de goiabas sul africano maravilhoso. Este suco Dewlands eu já comprava em São Paulo no Emporio Santa Luzia nos sabores lichia e peras. Aqui eu compro goiaba, maracujá e manga, sabores que mais me fazem falta e lichia de vez em quando. É um suco importado da África do Sul e mais caro do que os sucos europeus mas é tão bom, mas tão bom que eu não deixo de comprar nunca.



Não é um suco da fruta puro, mas um suco de frutas concentrado misturado com uma base de suco de maças ou de uvas verdes e o resultado é um suco mais suave. Além de ser sem conservantes, é sem açúcar e sem adição de falsos açúcares nem de adoçantes artificiais. Fica é uma delícia. E para uma carioca louca por sucos como eu nada como um suquinho de goiabas, ou de maracujá, para alegrar as tardes de inverno. Estela é louca pelo de maracujá e eu pelo suco de goiaba. E aí dá tudo certo.

7 comentários:

Heloísa disse...

Claudia,
Que post mais lindo e gostoso.
Adoro amêndoas. Pena que aqui não sejam tão baratas.
Os sucos, pela sua descrição, devem ser deliciosos. Como amanhã devo ir a São Paulo, vou tentar ir até o Santa Luzia para comprá-los.
E a lua, naquele cenário, lindíssima. Quem não convive com a neve, só vê o lado da beleza.
Beijo

Cláudia M. disse...

Cláudia, quando fizemos os "morenos", a Carolina também ajudou a pelar as amêndoas. Por acaso é uma coisa que eu tb gosto de fazer.
Mas gostava que me explicasse como é que faz a farinha de amêndoas. É só moer muito fininho? Desculpe "a ignorância do macaco", ou antes da macaca...

Hoje a lua aqui também estava linda. Um pouco depois das 17h30, quando estava a chegar a casa, reparei que estava enorme e tão brilhante, muito linda. Até voltei a atravessar a rua para apreciar melhor. Parecia estar tão pertinho!

Beijinhos e vá dando notícias dos biscoitos. E logo sete!!

Glau disse...

me dá uns 5 kilos de trabalho escravo que eu faço com sorriso de canto a canto.. ai na sua casa com esta vista espetacular e tomando um suquinho.. só que ia ter briga pq eu iria pegar o da Estela! :)

bjos, glau

Isabel disse...

Também gosto de pelar amêndoas! Por aqui também temos muitas pq são frutas da época.
A música de abertura do seu blog é maravilhosa... manhã tão bonita manhã... sempre amei música brasileira. É a melhor do mundo, pelo menos a que me dá mais prazer ouvir!
Bjs

Magia na Cozinha disse...

Claudia vc tem mais disposição do que imagina! Eu não teria paciência de pelar as amendoas, mas com certeza deve ficar melhor!
Aqui encontro suco de goiaba, entre outros, sem açúcar, que vem do Brasil. O meu favorito tb é o de goiaba!
Encontro tb a polpa de frutas congeladas sem açúcar, da Goya, marca espanhola. Muito bom! É só misturar com um pouco de a'gua no liquidificador e temperar a gosto.
Bjs :)

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá Cláudia!!!

Já não passava por cá há algum tempo... tenho andado tão sem tempo, que nem consigo ligar o computador...

Agora, finalmente mais aliviada, posso lêr os seus textinhos com toda a atenção e deixar o meu "testemunho"...ehehe!

Ainda hoje estive a fazer um doce de amêndoas super básico que tinha experimentado na escola e que adorei!... aqui em Palma de Maiorca há uma grande tradição com as amêndoas e há imensa comida e doces feitos com as ditas cujas...:)

Eu também gosto mais da amêndoa pelada e moída na hora, fica muito mais húmida e dá um resultado melhor...além disso, como referiu, fica mais barato do que comprá-las já moídas!!...

Quanto aos sumos...nunca os vi à venda, mas aqui seria difícil...
Em Portugal costumava comprar a marca "cères" que também é da África do sul e que tem sumos muito bons, mas na ilha há pouca escolha e normalmente as coisas diferentes só se encontra em supermercados para turísta (alemão e inglês).

Assim mantenho-me com a minha curiosidade gulosa....espero pelos sumos e por esses 7 docinhos...ehehe!:)

Nana disse...

Claudia, desculpa o meu sumiço, como ai o tempo é frio, aqui é a correria para o Natal capitalista.
Mas matei saudades do seu blog e li coisas maravilhosas.
Continua a escrever viu, falando sobre a cultura.
Vc me dá vontade de morar ai kkk
Aqui esta um calor infernal que faz passar mal, quer trocar?
Bjs