quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Um lugar chamado Niedermorschwihr




Na Alsácia, na região do Alto Reno na periferia de Colmar, existe uma minúscula vila de nome esquisito que esconde uma pequena mina de geléias super especiais. Nessa minúscula vilinha francesa de nome alemão, chamada Niedermorschwihr, fica o Au Relais de Trois Epis, o quartel general de Christine Ferber a mais famosa geleieira francesa.

Numa curva desta pequena vila Madame Ferber produz suas geléias, famosas em toda a França e de lá os potinhos saem para ganhar o mundo, envoltos pela aura da produção artesanal, local e impregnados de uma lucrativa invenção francesa: terroir. As geléias misturam frutas da Alsácia (diga-se as frutas vermelhas de climas temperados e alguns tipos de ameixas amarelas e vermelhas) com frutas tropicais, flores (rosa e violeta), chocolate, castanhas e nozes diversas e um arsenal de especiarias e são todas vendidas no local.



A loja dela é uma mistura de confeitaria, mercearia e delicatesse onde vende de tudo um pouco. Pães, bolos, tortas, biscoitos, queijos, embutidos, frutas frescas, carnes, todos os livros de Christine Ferber, seus doces, suas geléias, cerâmicas típicas da Alsácia e até sabão. Mas o destaque são os doces e as geléias e o quarteirão todo cheira a geléia e Per foi o primeiro a notar o perfume que sentimos mesmo estando a certa distância do local.

Se há um ofício que eu gostaria de dominar é este: fazer geléia. Estou a caminho pois acho que minhas geléias são muito boas, mas queria aprender a ousar mais, entender mais a química da conservação, ser capaz de fazer misturas mais interessantes sem medo do excesso ou da falta de açúcar, queria criar compotas e doces de frutas perfeitas. Com esta vontade escondida no fundo do meu ser arrastei Per até Niedermorschwihr para irmos visitar o relais de Madame Ferber.




Claro que não foi possível sair de lá sem alguns potinhos de geléia, um pão fresco e uns suspirinhos. Meu anti-consumismo só faz concessões para comida... E compramos cinco potinhos de geléias sendo que dois para dar de presente. Um para a sogra e outro para a cunhada já que sempre trago alguma coisa para elas. Comprei ainda dois potes para mim e o Per escolheu outro para ele. Eu escolhi uma geléia de framboesa com maça verde e pistache e outra de morango com manga (ver abaixo). O Per escolheu uma de cassis com maça e violeta. Para a sogra compramos uma geléia de framboesas da Alsácia sem sementes e para a cunhada uma geléia de cerejas negras. Foi difícil escolher pois eram muitos sabores diferentes e mesmo depois de pagarmos eu ainda tinha vontade de trocar os sabores das geléias.



A geléia morangos da Alsácia e manga (Fraises D'Alsace et mangue) deveria se chamar manga com morangos já que o sabor de manga é muito mais intenso e marcante e a textura da geléia é de pura manga. Mas o sabor do morango está ali, perfeito, suave, mas é a manga que dá o tom. A geléia é doce no tamanho certo, sem ácido algum, sem semente, sem pedaço, macia, suave, agradável, perfeita. Adorei a mistura...




Assim que colocar minhas mãos numas mangas boas vou experimentar fazer minha própria versão de geléia de manga com morangos (usando morangos noruegueses congelados). Se você possui as mangas perfeitas aproveite a estação dos morangos e faça você também a sua e faça graça adicionando o "terroir" da manga brasileira a tua geléia. Eu usaria manga espada que é a minha manga favorita para suco e doce. Escolha a sua...



Se algum dia você estiver perdida numa curva da Alsácia, tente achar um caminho até Niedermorschwihr e o Relais du Trois Epis


Au Relais du Trois Epis de Christine Ferber

Rue des Trois Epis, 18
68230 Niedermorschwihr
Alsácia

12 comentários:

Claudia Lima disse...

Pelo que vc conta as geléias parecem tudo de bom.
Imagino mesmo que seja muito díficil na hora de escolher.
O lugar é super charmoso. Eu adoraria visitar!
Bjs :)

milu disse...

Se tem um lugar que gosto de vir é aqui...se tem um blog que gosto de ler é o teu. Passo aqui sempre e me delicio com tudo. O post de hoje me tocou mto.Sou apaixonada por geleias, mas uma negação na cozinha.Me deliciei e me lambuzei...OBRIGADA.

Nina disse...

Hum, que delícia de post...

Nossa, quando estive em Gonçalves/MG, fui a um lugar que você ia amar:

http://www.asenhoradasespeciarias.com.br/

Conservas, compotas e geléias. Tudo de bom!

Aliás, Gonçalves toda é especial... Você escreveu no meu blog que esteve lá há uns 20 anos, olha... Vale a pena voltar, quando vier ao Brasil.

Bjo

Alcina disse...

A região da alsácia por acaso é uma das que está na minha lista de prioridades e parece que não me engano.
Quanto ás geleias eu também adoro, comer e fazer, e deitar fora também, tal é o vicio de fazer, no sábado passado estive e deitar para o lixo geleia de marmelo de 2001, escura e cristalizada!! faço tantos doces que acabo me esquecendo do que tenho guardado!!
Adorei esses que voce comprou, pela variedade e pela apresentação dos frasquinhos.
bjs

Clau Alaminos disse...

Que lugar é esse? Que potinhos lindos!! Também adoro fazer geleias, compotas e conservas. Todo mundo me dá vidrinhos para as guloseimas. Parabéns pelo blog.

Claudia disse...

Clauzinha,

O lugar é bem charmoso, escondido mas lindo. Foi difícil mesmo escolher e no fim a gente mudava de idéia o tempo todo, mas a geléia é tudo de bom.

Milu,

Obrigada. Em breve vou começar a fazer as minhas geléias.


Nina,

Adoraria conhecer esse senhora das especiarias, viu visitar o link que você colocou e amei. Definitivamente preciso voltar a Gonçalves, talvez reencontre amigos queridos por lá.

Adoraria ter uma lojinha assim só de geléias e doces feitas com as melhores frutas orgânicas e o melhor açúcar orgânico que só o Brasil pode produzir...E dá-lhe terroir!

Alcina,

Menina que loucura, doce de 2001, risos, aqui o povo come mesmo. Principalmente o Per que não deixa nem um tantinho estragar. Sabe que dá próxima vez você pode fazer vinagre de marmelo e aí deixar fermentando por longos períodos. Eu ando pensando em fazer vinagre com as minhas framboesas.

A Alsácia é digna de visita, apesar dos milharais...outra história!


Clau,

Então somos duas da mesma espécie. Obrigada pela visita!!!


Beijos garotas,

Cláudia

Jussara disse...

OI CLAUDIA,QUE DELICA,GELEIA REMETE A NOSSA CASA QUE REMETE A ACONCHEGO QUE REMETE A CALOR HUMANO!!
UM GE ABRAÇO.

Santa Gastronomia disse...

Realmente seu blog está muito charmoso com todas estas fotos e textos! Eu estou pensando em fazer geléias para comercializar, mas ainda não sei como fazer para colocar a validade. Essas geléias parecem mesmo uma marravilha!
Bjus.

Ale disse...

Oi Claudia, fiquei simpesmente encantada com as imagens e com suas palavras descrevendo essas geléias incrivéis e sua região. Com certeza eles devem ser realmente especiais e a embalagem dá um charme todo especial. É como diaem: "comemos primeiro com os olhos".
Parabéns por sua descrição belíssima...

Grande beijo.

Alessandra

Dani disse...

A França é o paraíso para essas frescurinhas gastronômicas, adoro! Você come biscoito com geleia!!! - eu sou a única pessoa que conheço aqui que come assim, já que o povo passa no pão com manteiga. Não como manteiga "crua" e pão com geleia é ok, mas a minha paixão são biscoitos de maizena com geleia de framboesa. Ou qualquer outra - minto, as cítricas eu gosto com torrada, uma exceção. Geleia de limão é tudo de bom também.
Esta tua escolha é tentadora!
Beijos!!!!

Claudia disse...

Jussara,

Concordo totalmente. Obrigada.


Santa Gastronomia,

A coisa da validade é mesmo séria, eu sempre dou 6 meses e congelo uma parte mas pode durar até dois anos se os potes estiverem propriamente esterilizados. Tem que investigar...

Ale,

Obrigada. Eu sou uma voyeur mesmo, não canso de repetir isso...


Dani,

Eu adoro geléia com biscoito maria, ou estilo maria com aqueles sablézinhos que eu comprei em Reims. A única geléia que eu como com pão e manteiga é de morango de resto só com biscoito.. mas com pão fresco ou com torrada eu gosto mesmo é de mel...


Beijos,

C.

Luciana Håland disse...

Esse lugar parece charmosísimo, as fotos ficaram lindas.
E com esse post tive a ideia de levar umas coisinhas de comer de presente pros meus pais, tava uma dificuldade encontrar o que levar, porque parece que não podemos levar vidros ou cristais no aviäo, e na mala acho que tudo vira caquinho. Me inspirei aqui.

Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...