domingo, 2 de maio de 2010

Maças em torta e os delírios de uma romântica...



Tudo começou com as mais perfeitas maças polonesas, pequeninhas, delicadas e doces, muito doces que formaram par perfeito com uma massa folheada poderosa, feita em casa. Para temperar este par perfeito um tanto de açúcar de cana ( nada de açúcar de beterraba por favor) e um tanto de manteiga. Uma torta de maças e um grande amor e uma brasileira pode até ser feliz na Noruega. É que os franceses quando acertam, não tem igual. Minha torta ficou um sonho, boa de sair pela rua gritando. Hoje tive que fazer outra torta de maça para matar a fissura do casal aqui de casa já que a pequena tortinha ovalada da foto não foi suficiente para saciar o nosso desejo por maças. Que sobremesa pode ser mais romântica do que uma torta de maça? Abacate com mel, geléia de jabuticaba e goiabada quente soltando do tacho servida com queijo de Minas fresco, mas essa só em Minas.




Quando você ouve a palavra romântico, você pensa em que? Eu penso em Minas Gerais, na música do Djavan, que inclusive tem uma canção chamada Maça que fala em dar meia volta e voltar para o Rio, no inverno no Rio de Janeiro, no céu de Goiânia, no litoral do Estado da Bahia, no sertão do Ceará, em Porto Alegre, Brasília, Maceió, Ponta Porã, Floripa, Itatiaia e Visconde de Mauá, no rio Paraíba do Sul, no rio São Francisco e no rio Negro. Impressionante como para mim os rios representam o que pode haver de mais romântico. Nada toca mais a minha alma do que uma bela bacia hidrográfica cercada de história por todos os lados e olha eu nem estou falando do meu Rio já que, o meu Rio não é rio, é mar.




Torta de Maça Francesa

6 maças pequenas descascadas e cortadas ao meio
1 xícara de açúcar
100 gramas de manteiga
um naco de massa folheada feita em casa com manteiga de verdade e muito amor


Como:


Como eu não tinha uma forma de ferro a altura da empreitada fiz tudo numa frigideira boa. Coloque a frigideira sobre fogo alto e adicione o açúcar. Deixe o açúcar esquentar até começar a caramelizar, adicione a manteiga e mexa a frigideira até que açúcar e manteiga formem um caramelo grosso. Abaixe o fogo e adicione as maças com as "barrigas" voltadas para cima e deixe-as dar uma caramelizada desse lado. Vire as maças, uma a uma, agora colocando-as com as "barriguinhas" voltadas para baixo. Retire a frigideira do fogo, coloque a massa folheada já cortada do tamanho da circunferência da frigideira sobre as maças e, usando uma faca, enfie as beiradas da massa para dentro da frigideira. Faça uns furos na massa com a ponta da faca, ou com um garfo, para deixar passar o vapor e asse por 25 minutos a meia hora em forno super quente a 200C.





Hoje é aniversário do meu irmão e eu estou feliz. Eu tinha dois irmãos, agora tenho apenas um e, infelizmente, por enquanto ainda vivo muito longe dele. Eu e ele precisávamos muito estar mais próximos neste momento, nós precisamos muito um do outro já que a minha dor é exatamente igual a dor dele. Ele e eu perdemos o nosso centro, o nosso irmão do meio, nossa referência maior de generosidade, de doação, de otimismo e de amor. Falei com meu irmãozinho caçula agora há pouco e não estou triste. Estou feliz. Viver longe da família é a maior tristeza que pode haver mas hoje eu estou segurando a onda feliz. São Jorge por favor me empresta o dragão.


16 comentários:

Carol disse...

Clau, familia é tudo né!! Eu que ainda moro com minha mãe fico pensando no dia que for embora. Sou filha única, sempre quis ter um irmão!! Cuide bem do seu. Mesmo longe, o amor está sempre no ar. Força amiga. A torta está divina!! Beijão

Tida disse...

Claudia, que maravilha! Estava lhe visitando, vendo exatamente receita de massa folheada caseira.

Amanhã é aniversário da minha filha e queria fazer os macarons só que não comprei as amêndoas. Queria fazer as tortinhas de queijo e bacon.E agora volto para o início e deu de cara com esta tentação! menina, que loucura! O que eu fizer lhe comunico.

Pesar pela sua perda. Eu tb já perdi um irmão e sei como é dificil segurar. Mas vejo que você é cabeça boa e segue em frente.
bjs

Magia na Cozinha disse...

Uma torta simples, mas deliciosa. Ficou interessante no formato oval.

Eu tb ando triste com a partida do meu grande companheirinho, mas estou tentando reagir de forma positiva.

A vida é assim mesmo: Um dia para chorar, outro para rir. Mas não podemos desanimar, pq amanhã será outro dia!

"Faz escuro, mas eu canto, pq o amanhã vai chegar."

Bjs e força! :)

Amehlia Digital ! ® disse...

Amiga,
Achei vc linda hoje...citando Míngeráis foi demais! =)
Quêjin...
A torta ficou exatamente como descreveu... resumindo: Maravilhosa!
Parabéns para seu mano! Que bom que vc pode ligar e falar com ele... e seu coração está tranquilo...
Deus continue te abençoando sempre...vc é muito amada!
Um bejim,
da Vinni

Helena disse...

Claudia
Parabens ao irmão. Que possam desfrutar da companhia mutua, durante muitos e felizes anos.
A trate ficou perfeita, sempre quis fazer mas não tenho forma, farei na frigideira também.
Beijo

Dani disse...

É uma Tarte Tartin, não é? É mesmo a ser feita na frigideira! Adoro, e sua me parece deliciosa! Uma torta de maçã bem feita é imbatível - a fruta não me desperta grandes paixões, mas tudo que se faz com ela fica delicioso, adoro colocar na farofa!
Feliz anivresário ao seu irmão! Temos de celebrar os que ficam, e acho que isto fica mais latente diante da perda. É claro que a proximidade intensifica esse contato de que você tanto precisa, mas tenho certeza de que não há oceanos que diminuam o que se sente um pelo outro.
Beijão!

Sheila Aparecida Vieira de disse...

ah, agora vc me fez chorar citando o céu de goiânia... é que sou de lá mas vivo em Istambul também longe da família... pra mim não há céu mais lindo que o de lá nem tristeza maior nesse momento que estar longe da minha querida família. e também acho o fim o açúcar de beterraba com gosto de nada, só que aqui nao se acha outro. Istambul não é como a Noruega e achar comida de outros países aqui nem sempre é tarefa simples pois o turco tem um paladar conservador. entao vou fazendo malabarismos como posso por aqui, mas me dá a maior inveja quando leio que alguém usou açúcar de cana, mandioca (estou salivando por um mané pelado!) ou fubá...
irmão é a melhor coisa do mundo! tenho 4 e sinto muita saudade deles. entao, curta muito o seu!

Ana disse...

Cláudia
Não a conheço, mas sou sua seguidora hà já algum tempo.
Sim, pelas receitas fabulosas, mas principalmente pela sua escrita, que tem uma força, um poder, como é difícil de encontrar...a forma como a Cláudia transmite o que lhe vai na alma é de uma transparência inacreditável, o que faz com que nos sintamos muito próximos de si, como se fossos intimos, percebe?
A sua sensibilidade,o seu amor pela família "tocam-me" de tal forma que não posso deixar de vir aqui todos os dias....
Um abraço
Ana

Verena disse...

O que te dizer depois de ler esse post tão inspirado? Senti vontade de te abraçar e dizer que o sol de inverno me inspira, uma praia com areias brancas e conchas, um campo bem verdinho e flores, o sorriso do meu filho, o cheiro do meu marido, o olhar dos meus pais...tantas coisas me fazem sentir romântica.
Um beijo bem estalado!
Ah, amei essa torta...será que um dia me animo a fazer sua massa folhada????

Alcina disse...

Que linda ficou essa tarte, bem fácil e com maçã caramelizada só pode ser boa:-)
Parabens para o seu irmão.
bjs

Tida disse...

claudia,
Voltei para dizer que fiz a massa folheada e o ficou perfeita. Fiz uma torta grande recheada com camarão. Só que tirei fotos antes de levar ao forno e me esqueci de tirar depois de assada. era na casa da minha filha e la estava recebendo amigos no seu aniversário. Eu fiquei com minha netinha e quando percebi já era tarde.. estava quae o final.. deixei de fazer um post hoje.
mas vou repetir.
bjs

Eu Mulher disse...

Oi minha querida!

Eu estava lendo o comentário feito pela Ana e também sinto o mesmo que ela em relação a você e aos seus posts.

Aqui em casa não tenho muito espaço para fazer uma massinha folheada, e meu esposo não quer que eu compre as que vende nos supermercados porque tem muita gordura trans :).

Amiga, se você desejar participar do passatempo é só postar uma receita no sábado ou domingo que contenha berinjela e tomate,ok? Será um enorme prazer ter sua participação.

Beijocas

Cláudia M. disse...

Claudinha, para fazer essa massa folhada em casa tem que ser mesmo com muito amor, disso não há dúvida. Não sei se um dia terei coragem, hei-de desafiar a minha irmã, pq sozinha não me meto nessa empreitada... mas tenho muita curiosidade. Eu uso as de compra, e até gosto do sabor de algumas, mas gostava imenso de sentir a diferença... :)
Essa torta (aqui seria tarte) tem um aspecto que não deixa qualquer dúvida...
bjs

thecookieshop disse...

Claudia, ficou linda a tatin, como tudo o que você faz. Queria deixar um abraço bem apertado aqui pra você e pro seu irmão aniversariante, e fico feliz em saber que vocês tem um ao outro pra passar pelos momentos mais dureza da vida.

um beijo,
Paula

Valentina disse...

Que linda esta torta, que maravilha de post. poetico, afetuoso, inspirador. Um eterno prazer.

Nina disse...

"É tão difícil guardar um rio quando ele corre dentro de nós"

Jorge Sousa Braga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...