domingo, 10 de maio de 2009

Ameixas, atum e as flores do nosso jardim



Eu tinha cerca de meio quilo de ameixas cor de rosa para salvar. Elas estavam totalmente maduras e totalmente esquecidas dentro da geladeira em função da enxurrada de morangos belgas que inundou a nossa casa nas últimas semanas. Os morangos belgas chegaram à Noruega doces e muito baratos. Os subsídios pagos aos fazendeiros belgas devem ser astronômicos para que eles possam vender morangos a preço de banana... Enfim, mais barato do que banana. Mas subsídios agrícolas (aquele meu inimigo número um) é assunto que fica para outra ocasião.

Além das ameixas eu ainda tinha uma meia lata (1/2 lata de 500ml) de leite de côco para incluir na operação resgate. Meio sem pensar improvisei e juntei as sobras numa mistura totalmente meu estilo: um creme gelatinado de leite de côco com gelatina de ameixas que ficou uma delícia. Aquela coisa do inesperado, daquilo que surge da necessidade. E assim foi.

Mas hoje eu não vou publicar apenas a sobremesa feita de sobras de leite e frutas quase apodrecidos. Resolvi publicar também a receita de uma tortinha de atum super leve feita com massa de queijo cottage. Já publiquei sobre a massa de queijo cottage que eu uso muito para fazer pastéis e tortas. O sabor é suave, de baixo conteúdo calórico mas extremamente saborosa. As tortinhas que eu fotografei hoje são sobras do jantar de sexta-feira. Só dá para eu fotografar o jantar como sobra, o que sobra e quando sobra. As tortinhas ficaram uma delícia...



Eu ando muito mais animada. Os dias aqui estão uma beleza, bem mais quentes e longos, mas nada absurdamente quente. Aqui os dias quentes são de outra natureza afinal estamos ao norte de tudo, latitude 63˚. Aqui as flores são tardias, mas as flores do nosso jardim já começaram a brotar. As primeiras tulipas floriram, as margaridas também, os narcisos e algumas outras florzinhas do campo, tipo hvitveis que eu acho que em português chama-se anemona (hvitveis) . Embaixo você podem ver algumas imagens da tulipas e margaridas do nosso jardim. As flores das nossas cerejeiras japonesas já estão quase abertas, as flores das macieras já começaram a se formar e as liláses também. Maio é uma grande festa de flores aqui em casa.

O que eu mais amo aqui na Noruega são os dias super longos durante a primavera e o verão. Hoje, dia nove de maio, o sol foi se deitar as 22h38 ao fim de um dia lindo de morrer (de viver). Até o dia 21 de junho os dias não vão parar de crescer e as noites quase que não existem durante os meses de junho e julho. O sol brilha até quase meia-noite as noites não duram mais do que uma hora de lusco-fusco... Sempre detestei noite e preciso dizer que amo os dias sem noite do alto verão noruguês aqui neste nosso canto nortista...



Creminho de leite de côco e ameixas

Gelatina de ameixas:
6 (400 gramas) ameixas lavadas e picadas em pedaços bem pequenos
6 colheres de sopa de açúcar (ou açúcar a gosto)
1 xícara de água
2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor

Creme de leite de côco:
200 ml de leite de côco
300 ml de leite + 1/2 xícara
4 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de mel
2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor

200 gramas de morangos para decorar



Como:

Numa panela média coloque as ameixas picadas, o açúcar e meia xícara de água e deixe ferver por 15 minutos. Enquanto isso coloque meia xícara de água fria num pratinho e salpique a gelatina e deixe amolecer. Quando as ameixas estiverem no ponto retire do fogo e adicione a gelatina amolecida. Mexa bem para que a gelatina dissolva totalmente. Leve de volta ao fogo e mexa até ferver novamente. Distribua a gelatina de ameixa no fundo de 6 a 8 copos ou potes de vidro, sem encher muito, e leve para gelar por umas duas horas.

Numa panela ferva 300 ml do leite, o leite de côco, o açucar e o mel. Enquanto isso coloque meia xícara de leite frio num pratinho e salpique a gelatina e deixe amolecer. Quando a mistura de leites ferver do fogo e adicione a gelatina amolecida. Mexa bem para que a gelatina dissolva totalmente. Leve a mistura de volta ao fogo e mexa até ferver novamente. Distribua o creme de leite de côco por cima da gelatina de ameixas sem encher demais, e leve para gelar por mais umas duas ou três horas.

Antes de servir decore com morangos frescos picados.



Torta de Atum


Massa:
Uma medida da massa de queijo cottage.

Recheio:
2 latas de atum em água
1/2 cebola
2 dentes de alho
4 tomates
2 a 3 colheres de sopa de azeite de oliva
12 azeitonas pretas sem caroço
salsa (a gosto)
cebolinha (a gosto)
sal e pimenta do reino (a gosto)
1 colher de sopa de maizena (amido de milho)
1 gema



Como:

Numa frigideira grande refogue levemente a cebola e o alho picado no azeite. Adicione os tomates picadinhos e cozinhe um pouco mais. Adicione um pouco de água para não deixar ficar totalmente seco e formar um molho. Quando o tomate estiver razoavelmente cozido adicione o atum e as azeitonas, e deixe cozinhar um pouco mais. Tempere com as ervas, sal e pimenta e deixe cozinhar um pouco mais e então adicione a maizena mexendo bem para incorporar e cozinhe um pouco mais até dar uma leve engrossada. Retire do fogo e reserve.

Unte 4 ou 5 ramekins com manteiga e forre com a massa. Recheie com o molho de atum. Cubra com uma camada de massa. Para fechar a borda passe um pouco de agua com o dedo e pressione uma parte na outra. Pincele gema por cima da massa e leve ao forno 200C por 20 minutos ou até que a massa fique levemente dourada.

10 comentários:

kesia disse...

Claudia , descobri seu blog ontem procurando receita de pao na inter e fiquei encantada com a forma que voce escreve tão detalhista e emocionada ,dá até para sentir o cheiro ,vou fazer amanha dias das maes aqui no brasil uma das suas receitas , espero que voce tenha tempo para responder,
bjs

kesia

Magia na Cozinha disse...

Claudia a sobremesa ficou ótima! Eu adoro estes creminhos com frutas naturais.
As flores são fantásticas! Nunca tinha visto uma margarida amarela. Que lindas que são. Sem falar nas tulipas. Amo!
Muito interessante esta questão das noites serem curtas nesta época do ano. Deve ser como no Alaska, onde eles tem o sol da meia noite.
Muito boa esta massa. O "baixa calorias" me chamou atenção de cara!
Eu já conhecia a receita do outro post, mas não havia anotado ainda. Agora já cuidei disso.
Eu adoro pastéis de forno, muito mais saudáveis.
Bjs e Feliz Dia das Mães! :)

Claudia disse...

Kesia,

Que bom que você gostou do blog. É bom saber que as pessoas gostam do meu tom passional... Obrigada. Espero que você tenha achado o que procurava.



Clauzinha,

Vale a pena fazer a massa de cottage pois é ultra leve e o recheio depende da tua criatividade.

Mas você sabe que Trondheim é mais ao norte do a maior parte do Alaska. Trondheim fica na latitude 63 e Anchorage está na latitude 61. Aqui temos o sol das 23h30 e não o sol da meia-noite (risos) que brilha mais ao norte, perto do círculo polar. Estou um pouco abaixo do círculo polar ártico (risos de novo). Mas no verão os dias são mágicos, o sol brilha até as 23h30 e não há noite. Lá pela uma da manhã quando parece que vai ficar escuro não fica, tem-se a sensação de um fim de tarde mas ao invés de escurecer clareia, e as duas da manhã o sol já começa a nascer de novo. Uma coisa linda, todo mundo deveria experimentar na vida. Eu amo pois eu sempre detestei as noites, eu sou uma pessoa do dia!

Bj,

C.

leonordesousabastos disse...

Olá Cláudia!!

Muitas vezes, da necessidade de aproveitar um ingrediente nascem ideias maravilhosas e originais!
As suas ameixas maduras não podiam ter tido um fim mais feliz do que nesses copinhos com a gelatina de côco e os morangos!

O aspecto é delicioso e a combinação deve ser bem perfumada e saborosa!:)

Também gostei dessas tartes de atum...ficaram o máximo com os corações de massa a enfeitar!... Aqui em casa comemos atum sem nos enjoar e essas tartes são uma tentação para um piquenique playero já que aqui já estamos com 29ºC!!:)

Fico contente pelo seu ânimo!...o Sol e o bom tempo conseguem deixar-nos inexplicavelmente mais leves e felizes!:)



MIl beijinhos

Luciana Håland disse...

Claudia, que lindo que seu jardim já está, imagino depois que as outras abrirem. Acho macieira uma árvore linda, e quando está carregada de macãs, lindo demais.
Que bom que a primavera está com todo gosto aí, já aqui tem chovido todo dia, esfriou, as flores padeceram, mas tem previsão de muito sol pra semana que vem.
Bom que se animou mais.
Vamos curtir essa estacão que é muito linda.
Beijos

Mari disse...

Minha querida, me delicio demais a cada post seu!! Quanta criatividade e jogo de cintura você teve ao improvisar essa sobremesa!! Gosto mais de ameixas in natura do que em doces, mas fiquei atraidíssima por este!! Ahhh, vou ter que testá-lo pelas bandas de cá!!!
Suas tortinhas de atum, estão igualmente fantásticas. Nas minhas bizoiadas em teus posts antigos, já a tinha visto, mas assim como a Clau (Magia na Cozinha), tbm nao tinha anotado a receita... agora, anotei, e certamente vou reproduzi-la... opções magrinhas são sempre muito boas para mim, que vivo de regime e preciso compensar a paixão louca por açucar!!
E essas flores, então... uma mais linda que a outra!! As tulipas encabeçam o ranking das minhas favoritas (juntamente com os lirios)... as margaridas, tão alegres e amarelinhas, estão também belíssimas.
Já viajei à Europa, há bastante tempo, mas nunca estive tão ao norte... morro de vontade de conhcer a Noruega, e seus dias longos... imagino que o sol se pondo por volta das 22:30h, a neve constante, devem ser espetáculos belíssimos... quem sabe um dia não consigo realizar esse desejo?
Um felicíssimo dia das mães a você, e toda felicidade do mundo ao lado da sua linda filhinha!
Grande beijo,

Mari

Isabel disse...

Que bom que a Primavera chegou finalmente com todo seu esplendor a esse canto do mundo. As flores estão lindas, os dias enormes, gostaria de experimentar esses dias enormes, será que dá vontade de dormir? Eu acho que não dormiria, gozaria verdadeiros dias de 24 horas!! Como sempre a sobremesa está maravilhosa, ainda pra mais feita com sobras. Sabe que eu não estou a conseguir arranjar gelatina em pó por aqui? Detesto trabalhar com folhas de gelatina, corre sempre mal, rs.
Fui espreitar o blog do David que alegrou seus dias na outra semana e fiquei com vontade de fazer uma receita que leva gelatina em pó tb.Vou ter que procurar em lojas especializadas, porque nos supermercados normais não há.
Bjs

Moira disse...

Cláudia,
Tudo tão bom, que apetece levar um de cada e provar.
As empadinhas de atum ficaram um mimo com os corações por cima.
E as suas flores são lindas, tenho pena de não ter um jardim.
Bjs
Moira

Glau disse...

Clauzinha, até eu aqui longe to sentindo alívio que o inverno dai passou.. e como a natureza é incrível, ne? basta sair um sol e olhas as flores? lindas! cores fortes em contraste do branco que permaneceu ai por tanto tempo

amiga, vc é uma mestra na cozinha!
minha noite de insônia está sendo ótima na sua cia.!

to de bodão.. feira passou, minha mãe foi embora... tô tão cansada e deprêzinha que nao consigo dormir!
bjos

Nika disse...

Nossa essa receita da torta de atum me deu água na boca, vou ver se faço essa semana para mim e para o meu marido, adorei o seu blog, adoro a Noruega acho um país lindíssimo, ano passado em Janeiro fui em uma viagem com minha mãe e meu Padastro (ele é Noruêgues), achei o máximo conheci Oslo, Bergen e Haugesund, que lugar lindo e o povo tambem..Espero poder voltar novamente para apreciar esse maravilhoso país. Beijos querida

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...