quinta-feira, 3 de junho de 2010

Café da manhã com sabor de casa...



Todos os dias eu tomo meu café pela manhã com prazer pois faz tempo que aprendi a ter prazer com o que tenho a mão e não com o que me ocupa a cabeça. Mas hoje foi um dia especial e não apenas pelo café, feito a partir do pó do delicioso café Floresta da Alta Mogiana e orgânico que eu recebi do Brasil. Além do café em si, eu bebi suco de laranja feito a partir de laranjas brasileiras de São José do Rio Preto que abastecem aquelas máquinas que produzem suco fresco produzido triturando laranjas inteiras. Essas máquinas de suco recebem laranjas brasileiras de São José e viraram figurinhas fáceis por aqui. Mas a estrela do meu café da manhã, que fez desta uma manhã especial, foi o mamão baiano (mamão formosa) que eu encontrei na minha habitual peregrinação pelos mercados de Trondheim.




Eu já comentei antes como é difícil achar um mamão qualquer por aqui. Mamão não é consumido por aqui pois é totalmente desconhecido do povo local e os mercados não ajudam em nada aqueles que procuram esta fruta já que os poucos mercados que oferecem mamão não sabem conserva-los, não sabem armazena-los e nem muito menos expo-los e os mamões além de custarem os olhos da cara estão sempre amassadérrimos, machucadérrimos e sem qualquer chance de amadurecer com dignidade. O mamão papaya é o tipo que mais sofre enquanto o formosa, descobri agora, resiste com muito mais talento os mal tratos a eles impostos.



Claro que as frutas sofrem muito os efeitos das longas viagens e pelo fato de serem colhidos muito verdes. O fato de serem colhidos verdes me parece pouco problemático pois mesmo no Brasil o mamão precisa viajar do Estado da Bahia, que concentra a produção brasileira de mamão, para os Estados do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro e também são colhidos muito verde mas amadurecem melhor em função da melhor manipulação da fruta. Eu acho que a excessiva refrigeração e a manipulação errada da fruta danifica o mamão de tal forma que ele estraga antes de amadurecer, principalmente quando é tão mal tratado...




O mesmo não acontece com os melões que amadurecem que é uma beleza e que resistem bem a manipulação viking pois estão protegidos por cascas duras e muito resistentes enquanto a casca do mamão não o protege contra nada. Mamão não é melão, nem melancia. Danificou a pele do mamão, vai danificar a fruta. Esta é uma fruta que requer amor e carinho no trato...



O sabor deste meu mamão formosa estava quase perfeito. Foi aberto antes da hora, infelizmente, se ele estivesse em condição de aguentar mais dois dias estaria perfeito. Mas eu não pude arriscar perde-lo para sempre. Já arrisquei outros mamões antes e sofri ao ve-los apodrecerem por inteiro de um dia para outro.



Este chuchuzinho da foto, razoavelmente grande, descansou apenas 24 horas antes de ser cortado. A pele perfumada ainda estava praticamente toda verde, mas por dentro ele já guardava aquela cor de mamão linda de morrer e comer. Esta é uma cor especial para mim, cor de mamão, uma variação do abóbora e do laranja... Se você observar a pele na área acima da etiqueta poderá reparar que há sinais do mal que queria se alastrar pela minha fruta se eu não tivesse agido rápido!!!



Para mim, café da manhã para ter sabor de pátria precisa ter mamão formosa. Meu café de hoje estava a altura: xícara de café da Alta Mogiana paulista, suco de laranjas paulistas e mamão Formosa baiano servido sobre toalha de mesa bordada por habilidosas mãos cearenses e devorado com paixão por uma carioca apaixonada por cada coisinha que a faz lembrar de casa. Só faltou o queijo mineiro e uma geléia de jaboticaba...

17 comentários:

Amehlia Digital ! ® disse...

Minha cumadi...
agradeço pela parte quí mi tóca...quêjo minêro :]
...li seu relato da mesma forma q deve ter degustado essa fruta tão preciosa...
Fiquei imaginando o pouco valor q dou a ela no mercado...'essa não vou levar pq tá assim...pq tá assado..'
olharei o mamão c mais ternura :}
O suquin é daqui...pertin, viu...esse cheirinho da laranja processada começa no fim da tarde...qdo mudei achava q a cidade cheirava bolo de laranja assando...depois passei a reclamar q o cheiro já está me enjoando...
Olharei para o laranjal c mais ternura :}
O cafezin e quêjin estão salvos de qqer lista de reclamações :]
Amei passar aqui hj e aprender q a vida vale mesmo a pena...nos pequenos detalhes, né cumadi?!
Um bejim e brigadinha por ensinar isso...

EU MULHER disse...

É.. as vezes eu ainda reclamo dos mamões que temos por aqui... muitos vem pedrados e estragam com muita facilidade. Acho que o calor ajuda a estragar as fruta mais rapidamente, não posso deixar muito tempo fora da geladeira senão vira tudo lixo, infelizmente.

Eu adorava o mamão formosa, mas depois que inventei de fazer uma dieta à base de mamão formosa não gosto mais de jeito nenhum, o que adoro mesmo é o papaia, ainda pelo menos.

A DONA DO MUNDO disse...

Eu associo meu café da manhã com mesa cheia, nunca tomei café sozinha... eta motivo de alegria né.
Depois que as crianças nasceram o café tem gosto de panquecas com mel e café caipira.
Mas não dispenso o mamão, onde morava tínhamos vários pés de mamão, e bananeiras de todas as espécies, era muito bom, ter tudo a mão, fresquinho, sem agrotóxicos.
Um beijo Cláudia, feliz por ler seu blog, me encanta.

Magia na Cozinha disse...

Aqui eu até que tenho dado sorte ultimamente. Os mamões estão bonitos e com bom preço. Em geral, vem da América Central.
No Brasil eu tb comia todos os dias, junto com melão. Eu adorava!
Bjs :)

Isabel disse...

Cláudia,
que delícia de café da manhã totalmente brasileiro. De certeza que te fez muito feliz :)
Mas também concordo com você, devemos mesmo tentar ser felizes com aquilo que temos à mão.
Bjs

Gina disse...

Lembro-me de seus comentários em outros posts sobre seu amor pelos mamões.
Imagino sua alegria em saborear um café assim, com sabor de Brasil.
Meu último post é um doce de mamão verde, que, certamente, você conhece.
Consumo mamões diariamente, não os deixo faltar, seja o formosa ou o papaia. Descobri no ES um semelhante a uma abóbora cabochá delicioso também.
Se aqui eles se danificam, chegar até aí sem muitas avarias é coisa rara.
Bom final de semana!

Bá Maglia disse...

Para mim, mamão é fruta de comer em hotéis, rs. Quando eu era pequena, não gostava muito de mamão, só comia quando viajávamos seduzida pela mesa de café da manhã dos hotéis. Até hoje, quando como mamão, sinto um gostinho de pé na estrada... Delícia!

Gina disse...

Estou voltando pra falar que a Ana, do desafio Alquimia de Ingredientes, não está exigindo os 2 ingredientes juntos. Se você não gosta de cravos, faça um post só com a canela. Ela ficará feliz se você participar.
Bjs.

Mangia disse...

Claudia, muitas pessoas não valorizam o que têm, não é verdade?
É uma delícia mesmo comer pancakes americanas com maple sirup de manhã, ou então hash browns, mas isso é de vez em quando, eu também jogo no seu time! Frutas frescas, brasileiras, de preferência, suco e um café nosso! Adorei! E a toalha é linda, bem como a xícara!
Beijocas e ótimo final de semana!

Alcina disse...

Esse café da manhã para mim só mesmo em hotel e adoro, porque em casa nem tenho apetite :-) essas frutas cá também chegam meio sem sabor, para quem já comeu na origem nota diferença, a mim aconteceu-me com a manga, nunca mais comprei desde que comi em Cuba.
Bjs

Lia Noronha disse...

Que delicioso café...deu água na boca...adorei o seu cantinho...Abarços mil!!!

Jalile e Ricardo disse...

Oi Claudia, preciso te contar minhas aventuras com os macarons... desde que vc me encorajou, estou na minha segunda tentativa, a primeira foi um fracasso, mesmo porque usei todas as medidas ao olhometro porque não tinha uma balança na cozinha, hoje estou tentando pela segunda vez... e, até que surgiram lindos disquinhos... nem todos desgrudaram totalmente do papel manteiga, eu ate untei com mais farinha, e acabaram se quebrando na hora de retirar.. mas ja foi um grande progresso! vou continar tentando pra aprimorar!
grande beijo

Carol Trostli disse...

Nossa o post de hoje foi de reflexão.. Como não valorizamos o que temos aqui..Agora mesmo pego o jornal do supermercado com as promoções de hortifruit, e o que eu vejo? Mamão formosa.. R$ 1,55 Kg.
Então vc me fez refletir. adorei o post e que deliciosa é essa fruta..Fiquei me imaginando sem tomar vitamina, q eu adoro e sempre tem que ter o mamão formosa, maça e banana nanica..

beijinhos

Simone Izumi disse...

C, vc escreve com a alma, com paixão e nos deixa emocionados qdo se refere ao Brasil com tanto orgulho .
A fartura de frutas deste pais, doces e suculentas realmente eh uma das maiores riquezas e sim, devemos valoriza-la assim como tudo que eh belo neste pais...
Oxicoco me soa melhor agora!!!!:D
hahaha...
aahn...2 anos depois: aquelas flores amarelas realmente são colza e um amigo italiano , dono de um restaurante em frankf, disse que come os talos refogados em azeite.
Um grande bjo,
si

Dani disse...

Mamão é uma fruta que marcou muito a minha infância, e manchou algumas das minhas camisetas, rs - a minha avó paterna, em Goiás, os tinha no sítio, e me lembro de que soltavam um pózinho amarelo, fatal!
Meu pai adora, eu não sou muito fã, o meu negócio mesmo são os papaias, que comia todos os dias ao café-da-manhã em SP... Aqui, como às vezes, mas como você disse, nem sempre estão em boa forma. Quando morava em Londres, tinha uma quitanda orgânica perto de casa, de uns indianos, onde os comprava. Lá também vendiam bananas nanicas, mamão formosa, carambola, etc. Era um privilégio morar naquele bairro, e poder ir comprar frutas cedinho, caso desse vontade.
Acordar com os sabores e aromas que nos são tão familiares é sempre algo aconchegante.
Beijos!

Luciana Håland disse...

Cláudia, que delícia!!! Adoro mamão também e meu café da manhä no Brasil tinha sempre mamão, aqui nunca arrisquei comprar, mas sempre vejo o papaia e o formosa no supermercado. Estava comprando em calda, mas o sabor não é o mesmo.
Peguei suas dicas, se encontrar de novo vou tentar arriscar.

Beijo

Alan disse...

O mamão formosa além de suportar melhor os impactos, também possui uma concentração bem menor de agrotóxicos em sua carne. O mamão apesar de muito gostoso no café da manhã deve ser ingerido com cautela pois é uma fruta que contém altíssima concentração de agrotóxicos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...