domingo, 13 de junho de 2010

Cantalupe potiguar...



Eles estão sempre tão lindos e saborosos que eu precisava abrir um espaço para mostrar e falar desta belezura potiguar ... Principalmnete nesta época do ano quando os cantalupes potiguares ficam mais raros e mais difíceis de achar. É nesta época do ano que a produção espanhola chega por aqui arrebentando e toma de assalto as bancas de frutas de toda a região...



Eu não compro melão espanhol por vários motivos, o principal deles pelo prazer que me dá imaginar os melões sendo plantados, colhidos e embarcados por mãos potiguares que os enviam de Mossoró para mim. Gosto da fantasia que acompanha a fruta que viaja longas distâncias para alimentar a minha alma faminta, aqui, neste norte frio e de biodiversidade tão limitada. Além disso, algumas espécies de melões espanhóis se tornaram um mero mostruário das sementes transgênicas da Syngenta.



Não que os melões do Brasil estejam totalmente livres das sementes transgênicas, não, infelizmente não. As sementes trangênicas de melão entraram no Brasil em 2006 mas permanecem restritas as lavouras voltadas para a exportação que administradas por empresas holandesas em pleno sertão potiguar.

A Noruega se esforça para manter todos os tipos de alimentos transgênicos, exceto os produtos industriais que devem ser rotulados, fora dos limites de seu território, mas a diretoria de segurança alimentar deste país dificilmente dá conta de averiguar todos os produtos agrícolas que entram no país. Lembro de um "recall" de um arroz canadense transgênico que foi recolhido não faz muito tempo e da multa alta dada à empresa que usou de má fé para introduzir o tal arroz. Enfim, enquanto eu posso, eu fujo da Syngenta, da Monsanto e de todas as outras empresas que estão transformando as fazendas em fábricas...

12 comentários:

Alcina disse...

Esse melão por cá chamamos de meloa :-), cá em casa o marido é que adora e compra, não sei a origem como de costume, mas eu tenho uma certa aversão ao cheiro desta fruta, ainda que depois de começar a comer até gosto se estiver no ponto. Os que temos por cá não são é tão rosadinhos, são mais brancos.

Luciana Håland disse...

Cláudia, fico toda fofa quando vejo esses melões potiguares por aqui, corro e mostro pro meu marido que vem da minha terra.

Adoro frutas.

Queria saber como descobrir os produtos que vem dessas Syngenta, Monsanto e outras, olho nos rótulos mas nunca achei nada.

Beijo

Pecados da mesa disse...

Olá querida;
Muito obrigada por todas as informações e conhecimentos que você me deu. Fantástico!
Adorei os melões e o seu blog.
Já estou te seguindo.
Eu te convido para me conhecer e cometer Pecdaos da Mesa.
Beijo!

Maria Paula

Verena disse...

Claudia, além de lindos e saborosos, o perfume desse melão me encanta! Um beijo!
PS: também procuro (apesar de ser uma difícil tarefa) comer coisas não trangênicas....

Gina disse...

Gosto do seu frequente alerta sobre produtos trangênicos.
Esses melões são deliciosos. Aliás, há atualmente uma variedade de melões nos mercados, coisa incomum há alguns anos.
Bjs.

Sandreane disse...

Cláudia, deixei um selinho pra você lá no Tigela :)
Bjos!

Isabel disse...

Cláudia, essa fruta está com um aspecto maravilhoso. Suculenta, colorida e dá até para imaginar o cheiro, huumm, uma delícia.
Apesar de nós produzirmos muitas variedades de melão e meloa, esses com essa cor alaranjada por dentro não produzimos. Já tenho visto por aqui, originário do Brasil, mas acho que nunca provei. Vou experimentar, assim que vir.
Bjs

ana disse...

claudia,
Adorei o post, e fiquei super, hiper, mega curiosa em saber a marca deste tal arroz canadense.

beijos
Ana

Claudia disse...

Alcina,

Sei que em Portugal chama de meloa, acho graça, melão no feminino. Mas sabe que esse melão veio da África para o Brasil nas caravelas portuguesas!

Lu,

Eu também amo frutas, dá para perceber e compro muitos melões pois eles amadurecem super bem.

Mas olha, deveria ser mais fácil saber o que é e o que não é transgênico na hora de comprar, mas infelizmente não é. Para saber que produtos são transgênicos aqui na Noruega a gente tem que acompanhar os jornais e as resoluções da Diretoria de Segurança Alimentar, GENOK veja http://www.genok.no/
que fica em Tromsø e cuida de disso por aqui.

Já no Brasil, as empresas Monsanto e Syngenta distribuem e testam sementes transgênicas antes mesmo do governo garantir que elas são seguras e libera-las para o consumo. O poder econômico tem falado primeiro no caso da soja e do milho transgênico foi assim.

Maria Paula,

Obrigada, assim que der vou te visitar. Ando super corrida.

Verena,

E que esforço que temos que fazer para achar e fugir desses alimentos franksteins...

Gina,

Fora alimentos Franksteins....

Sandreane,

Obrigada, vou passar para ver!!

Isabel,

Eu adoro os melões cantalupes, são tão perfumados e chegaram por aqui ainda no começo da colonização, vindos da África...

Ana,

O arroz foi importado pela TORO, uma empresa norueguesa que os importou, embalou e distribuiu mas houve a maior saia justa depois que provada que eram transgênicos e eles foram recolhidos do mercado e levaram uma multa. As culturas transgênicas são dominantes nos EUA e no Canadá onde pode-se dizer, por via de regra, que tudo o que não é orgânico é transgênico. Nesses dois países já não há mais agricultura convencional não transgênica.

Beijos a todas,

Cláudia

Fe disse...

Cláudia, descobri seu blog a pouco tempo e estou apaixonada pelos seus textos; despretenciosos, deliciosos e emocionantes. Sou apaixonada por culinária e p mim comida tbm é sentimento e vc passa isso de uma forma deliciosa de ler. Não pare de escrever nunca! Passo por aqui diariamente torcendo p vc ter postado algo! Parabéns

Fer

Fabiano Mayrink disse...

nunca comi deste melao deve ser uma delicia,

tambem gosto da fantasia das cartas e encomendas, as que sao cuidadosamente embaladas com carinho e que passam por tantos lugares ate chegar ao destino, isso torna magico o momento de abrir!

Eu Mulher disse...

Clau, fico feliz em saber que esse melão sai daqui de pertinho e chega até você super saboroso.

Gosto de comer esse melão de várias maneiras, mas a que me chama atenção é misturar com algo salgado.

Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...