terça-feira, 14 de abril de 2009

Covinhas de creme e morangos...



Com um quilo de massa folheada estocados na geladeira eu tinha uma vasta opção de pratos para fazer. Comecei com a tradicional (aqui em casa) torta de tomate durante o final de semana. Ontem eu fiz covinhas de creme e ficaram um sonho. Essas covas terminaram em tempo recorde. Nunca um doce acabou tão rápido aqui em casa.

Covinhas de creme é o nome que eu dei para uma quadrado de massa folheada assado onde eu cavo um grande buraco no meio, com uma faquinha, encho-o com creme de confeiteiro, cubro com frutas (em geral morangos) e banho com uma caldinha de açúcar e gelatina para dar brilho e conservar frutas frescas. Um doce de padaria, da família das tartelettes, mas como o formato é parecido com covas eu resolvi adaptar o nome. Fica parecendo o wienerbrød dinamarquês que se come muito por aqui, mas menos doce já que minha massa folheada é salgadinha e o azedinho da fruta compensa o doce excessivo do creme.




Covinhas de Creme e Morango


Para as covinhas:
250 gramas de massa folheada cortada em 6 ou 8 quadrados.

Asse os quadrados a 200C por 15 minutos, dentro de refratários ou forminhas de torta com as quadro pontas levemente dobradas para cima. Depois de assados deixe esfriar e recorte o miolo com uma faca formando uma cova.

Recheie a cova com creme de confeiteiro. Cubra o creme com morangos, uvas, maças ou qualquer fruta de sua preferência. Banhe as frutas com a caldinha de açúcar gelatinosa.

Para o creme de confeiteiro

meio litro de leite
4 gemas
40 gramas de amido de milho (maizena)
70 gramas de açúcar
raspas de meia fava de baunilha

Bata as gemas com o açúcar até esbranquiçar. Adicione o amido de milho peneirado e misture para incorporar totalmente. Enquanto isto leve o leite com as raspas de baunilha ao fogo médio e mexa sempre para não grudar no fundo. Quando ferver misture o leite a mistura de gemas, lentamente, mexendo sempre com um batedor para evitar que as gemas talhem. Quando o leite estiver totalmente incorporado as gemas transfira a mistura de volta a panela e leve mais uma vez ao fogo médio mexendo até engrossar. Quando tiver formado um creme grosso retire do fogo, transfira para um pote de vidro e deixe esfriar. Encha as covas com o creme levemente frio, mas não gelado. Cubra com as frutas imediatamente para evitar que o creme endureça demais.



Para a caldinha de gelatina
3 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de água
1/2 colher de chá de gelatina sem sabor em pó

Coloque uma colher de sopa de água num pires, salpique a gelatina em pó e deixe amolecer. Enquanto isso numa panelinha sobre fogo baixo misture as 5 colheres de sopa de água restantes com as 3 de açúcar até derreter o açúcar e começar a ferver. Retire do fogo, adicione a gelatina amolecida e mexa para dissolver a gelatina totalmente. Leve a panelinha de volta ao fogo baixo até ferver e deixe ferver por 1 ou 2 minutos. Retire do fogo, deixe esfriar um pouco, 2 ou 3 minutos e banhe as frutas das covinhas ou qualquer outro tipo de tortinha de frutas.



250 gramas de massa rende de 6 a 8 quadrados, dependendo do tamanho dos quadrados. No quadrado menor eu coloquei morangos em pés.

9 comentários:

Filipa disse...

Que linda sobremesa. Realmente não é de espantar que desapareçam num instante ... até eu comia já um bocadinho. É uma óptima sugestão para fazer nas festinhas cá por casa. Beijinhos

Magia na Cozinha disse...

Claudia as covinha ficaram maravilhosas! Uma combinação mais que perfeita!
Vou anotar sua receita de geléia de brilho. É sempre bom ter a mão.
Bjs:

tina disse...

Como não iam acabar logo,logo?!
Que coisa mais linda!!!
ADOREI!!!
BJS
Tina

Moira disse...

Cláudia, ficaram tão fofinhos e imagino a massa bem estaladiça, o que eu não dava hoje por ter uma covinha dessas no final do meu jantar.
Beijinhos
Moira

Alcina disse...

Ficaram lindos e devem sem uma delicia, quem ia adorar esses folhadinhos é o maridão que é fanático por esse tipo de bolos com folhado e creme :-)

Bergamo disse...

Cla-cla,
Quando li o título do texto lá nos meus links imaginei uma criança toda melecada de creme...sabe quando a gente se lambuza comendo um doce com as mãos?? rsrsrs
Imaginação fértil a minha...rsrs...chego aqui e vejo essa delicinha...
Bj,
Bergamo

Isabel disse...

Ah, que delícia! Será que eu sou capaz de fazer? Tenho que tentar.
Bjs

Glau disse...

tava doida pra saber o destino da massa...
bjos querida

gasparzinha disse...

A delicadeza do morango não podia casar melhor do que com a singeleza da massa folhada.
Um casamento perfeito! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...