quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Namoura de coco com manteiga de garrafa e calda de mel e limão...



Meu povo amado, as últimas semanas foram de muitas emoções, fortes emoções mesmo, momentos de alegria, de realização, de compartilhar com amigos e de muita ansiedade também. Eleições no Brasil, todo mundo sabe, fui votar e encontrei amigos especiais que me paparicaram no último. Mas antes da "viagem solo" para Oslo celebramos em casa o aniversário do meu amado, adorado e muito paparicado Per. Fiz de tudo, montes de delícias, na maior euforia mas com muita ansiedade por causa das eleições e da viagem para Oslo. Eu estava ansiosa pois via uma nuvem de conservadorismo e crueldade se formar no céu do meu país e que, por um momento bem rápido, me assustou terrivelmente. Mas passou. Felizmente era uma nuvem vazia, sem peso e já passou. O tempo se abriu novamente no céu da pátria e o futuro promete. Eu estou feliz com tudo o que o futuro nos promete.



E depois das eleições brasileiras, minha eleição, uma eleição para expatriados e eu estou concorrendo a uma vaga no Conselho de Representantes Brasileiros no Exterior. Eu estava um tanto confusa sobre como agir, mas de repente me vi com a obrigação de tentar ter pelo menos os votos dos amigos. Eu sei que não é uma tarefa fácil, moro numa cidade pequena, com poucos brasileiros e eu não fico por aí circulando nunca e não seria agora que eu iria sair para fazer campanha. Mas, enfim, se você é brasileira(o), mora na Europa e acha que eu sou suficientemente sã para ser representante da comunidade brasileira na Europa: vote em mim. Para votar basta ir ao site do Itamaraty e votar para o Conselho de Representantes Brasileiros no Exterior. Tudo o que você precisa para votar é de um endereço na Europa, um email válido e o número de um documento (passaporte ou cpf). Mas vamos ao que interessa: o blog da Moira faz aniversário e eu fiz um bolo para comemorar com ela.




Como é aniversário do Tertúlia de Sabores, um blog que adora viajar pelo mundo dos sabores eu escolhi uma receita característica do Oriente Médio, o bolo libanês Namoura. Esta é uma daquelas receitas que existe uma versão em cada país da região: além do Líbano, Síria, Israel, Egito, Turquia e Grécia e cada uma com um nome diferente. No Egito é Baboussa e em Israel é Tishpishti. Há diversas versões desse bolo de semolina que não leva ovos e é obrigatoriamente regado com uma calda de açúcar com água de flor de laranjeira ou de rosas.

Algumas versões do bolo podem pedir iogurte ao invés de leite e outras levam farinha de amêndoas ao invés de coco. Acho que a adição do coco é uma coisa de libaneses do Brasil, será? Enfim, este bolo é tradicionalmente cortado em quadrados e decorado com amêndoas inteiras, como em algumas fotos. Mas eu pessoalmente prefiro comer com uma chuvinha de pistaches picados. Decore como preferir. Como eu ganhei uma garrafa de manteiga de uma amiga que me trouxe de Caicó, no Rio Grande do Norte eu aproveitei para usar no bolo e acho que combinou bem. Usei a manteiga de garrafa pois vi que algumas receitas de Namoura pedem mesmo que se use manteiga clarificada ou gordura de leite pura (ghee).

O mais importante: espero que a Moira goste do bolo que eu escolhi para ela.

A partir de hoje as medidas nas minhas receitas aparecerão sempre em DL (decilitros) que é uma medida de volume mais interessante do que xícaras ou copos e é a principal forma de medidas nas receitas aqui na Noruega. Eu prefira receitas com medidas de peso, mas nem sempre disponho e eu nem sempre estou com disposição para converter "volume" em "peso". Recentemente eu tenho feito assim e alem de mais fácil, as medidas em decilitros deixam as medidas mais precisas, basta usar um vidro medidor.



Namoura de coco com manteiga de garrafa e calda de limão e mel

5 dl (2 xícaras) de semolina fina
2,5 dl (1 xícara) coco ralado seco sem açúcar
2 dl (3/4 xícara) de açúcar
3 dl de leite
1,2 dl de manteiga de garrafa ou manteiga derretida
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Calda

4 dl (1 1/2 xícara) de açúcar
4 dl água
4 a 5 colheres de sopa de mel
2 a 3 colheres de sopa de água de flor de laranjeira, mas como eu estava sem usei suco de limão verde

Como:

Aqueça o forno a 180C e unte com manteiga uma forma retangular ou um refratário médio e reserve. Numa tigela coloque a semolina, o coco ralado e o açúcar. Adicione o leite e mexa bem, adicione a manteiga derretida e bata até incorporar totalmente os ingredientes e formar uma mistura homogênea. Adicione o bicarbonato e mexa para incorporar. Coloque a massa na forma untada e leve para assar por 25 a 30 minutos ou até que fique douradinho. Retire do forno e deixe esfriar um pouquinho e corte os quadradinhos antes de banhar com a calda. Então derrame a calda morna sobre o bolo. O bolo vai absorver totalmente a calda. Se desejar coloque amêndoas torradas no bolo ou, se preferir, salpique pistaches picados.

Numa panela de fundo grosso coloque a água, o açúcar, o mel e deixe que ferver sobre fogo médio. Quando ferver reduza o calor para baixo e deixe que a calda reduza e engrosse levemente (cerca de 8 a 10 minutos). Quando a calda estiver com a consistência de calda, teste numa colher ou num pires a consistência da calda, retire do fogo e adicione o suco de limão. Mexa bem para incorporar e derrame a calda por cima do bolo ainda morno tendo o cuidado de banhar todos os quadradinhos. Deixe esfriar e sirva.

Rende cerca de 25 quadrados.

14 comentários:

Quitutes da Juju disse...

Olá!! Adorei o seu cantinho. Fiquei passseando um pouco por aqui e adorei! Ja estou te seguindo.
Ahh, não tem como não gostar desse bolo! Eu iria adorar para o meu aniversário! Bj

http://quitutesdajuju.blogspot.com

Claudia disse...

Juju,

Que bom que você gostou do blog, fico feliz pois é um blog muito pessoal mesmo. Volte sempre.

Bj,

Cláudia

milu disse...

Tenho aprendido mto contigo...Redescobertas!!!Mto Obrigada!Bjs.

Gina disse...

Cláudia,
Tenho uma receita desse doce, mas nunca fiz.
Com a sua sugestão, fico mais animada a fazê-lo. E a Moira merece esse agrado virtual, não é?
Acabei de chegar do Rio e também tive muitas emoções por lá...
Bjs.

Claudia disse...

Milu,

Obrigada, fico feliz de saber.


Gina,

A vida é mesmo uma montanha russa de emoções. Haja coração!

Beijos,

Cláudia

Cinha disse...

Que fotos tão "pecaminosas",a gente se tenta só de olhar;))
Simplesmente delicioso,vou levar a receita comigo!
Beijinhos grandes.

Moira disse...

Cláudia,
Muito obrigada pela sua participação, adorei o doce e de conhecer as suas raízes, como conheço muito pouco da doçaria árabe gostei muito da sugestão, logo mais já coloco no blog.
Beijinho e mais uma vez obrigada

A Autora do blog disse...

Parece-me ser delicioso.
Esse aspecto húmido e o sabor a côco tornam-no irresistível.

http://asvezescozinheira.blogspot.com

...Noêmia! disse...

Cláudia, eu sou apaixonada pela culinária árabe! Principalmente os doces!
Aqui em Portugal é praticamente impossível encontrar produtos árabes! Por isso, quando bate a saudade eu preparo em casa. Costumo fazer o namoura com amêndoas. Não conhecia essa versão com coco. Interessante!
E,mais uma vez, parabéns á Moira! Ela merece todo o carinho!
:o)

Alcina disse...

Primeiro quero lhe dar os parabens, acompanhei por aqui e pelo facebook o seu entusiasmo pela vitória da Dilma e lá conseguiram, espero que consiga ganhar também a sua eleição já que é essa a sua vontade.

Quanto a este bolinho tem optimo aspecto assim molhadinho, ainda que eu quando estive no egipto não apreciei muito os doces deles, mas assim caseirinho deve ser bem melhor.

A proposito da manteiga/margarinha que este também leva bastante :-) eu até algum tempo atraz usava sempre manteiga, agora o marido que é avesso a tudo que é gordura e principalmente animal começou a comprar uns cremes vegetais e outros de soja, para barrar o pão, este que eu uso estive agora a ver e não tem gordura trans, mas obrigado pelo alerta, porque nunca tinha pensado nisso, eu não como manteiga no pão, mas o meu pardalinho é fanático e não gosto de o entupir de porcaria!!!
bjs

Amparo disse...

Hola Claudia, he conocido tu blog por medio del blog de Moira. Me gusta tu blog y tus recetas.
Debe ser duro para una brasileña vivir en Noruega con el frío que hace ¿no?.
Un abrazo.

Claudia Lima disse...

Claudia boa sorte na eleição. Espero que dê tudo certo.
O meu sobrinho mais velho é político e participou ativamente das últimas eleições no Brasil.
Infelizmente o candidato para o qual ele trabalha, não se elegeu desta vez.
O povo prefere votar em jogadores de futebol, artistas analfabetos, etc, como vc deve saber muito bem.
Bem, doce é simples e diferente, muito ao seu estilo. Nunca provei, mas imagino que seja delicioso.
Bjs :)

Verena disse...

Claudia, essa montanha russa de emoções com relação às eleições por aqui também me pegaram...confesso que também fiquei com um frio na barriga, mas deu tudo certo, ainda bem!
Que interessante essa vaga no conselho, tomara que dê certo e você consiga! Boa sorte!
E quanto a esse doce...menina, que coisa mais linda! Deu uma super vontade de experimentar...Adorei o visual!
Beijos e daqui a pouco também apareço no Tertúlia!

thecookieshop disse...

Claudia, eu ouvi tanta besteira nessa campanha eleitoral que estava quase passando umas férias aí na
Noruega! :)
Eu amo esse doce - já fiz pro blog uma vez, mas o que eu mais gosto dele é a caldinha, que delícia! Por mim colocava em tudo, hahaha

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...