sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Pastel de forno de atum...



Atum é daqueles alimentos pela bola sete, sob risco de extinção de algumas de suas principais espécies, regularmente contaminado por mercúrio e outros metais perigosos (principalmente quando servido cru) e largamente consumido em sua versão enlatada. E quem resiste ao atum em lata? É bom demais, não é? Eu não compro produtos em lata em paz, com o fantasma daquela porcaria de BPA pairando sobre nossas crianças eu não relaxo de jeito nenhum. Mas atum e sardinhas em lata eu ainda compro pois, as crianças não gostam e, bem, não dá para viver em paz sem sardinhas ou atum, dá?

Mas que as latas são um perigo, elas são e você precisa ter certeza que a empresa que enlata os alimentos que você consome em lata não utilizam BPA para forrar e isolar a superfície de metal das latas. Como pessoa que aprende a sobreviver depois de uma doença autoimune da tiróide, eu recomendo que as pessoas evitem latas sempre que puderem. Nenhuma facilidade substitui a certeza que você não está aumentando o risco da sua família. Sempre que puder use as embalagens de caixinha, principalmente para derivados de tomate e outros produtos com alto índice de acidez...





Mas por hora vamos de atum em lata, certificado pelos suecos como pesca ética. Lembra o tal conceito de consumo ético? Pois é. Mas apesar do sabor não ser igual aquele que eu estava acostumada é uma atum honesto. Além disso o atum em lata sueco tem uma latinha linda, pequeninha, fácil de abrir e totalmente individual. Dá para levar para todo canto, abrir e passar no pão o atum puro. Eu adoro atum, refogadinho exatamente como o recheio deste pastelzinho de forno. A massa pode ser feita com ricota, cottage e qualquer tipo de queijo de baixa gordura e além de super saborosa a massa fica bem crocante mesmo assada no forno.


Pastel de forno de atum


Massa:

1 pote de 300g de queijo ricotta
Aproximadamente 250 gramas de farinha de trigo
Sal a gosto
1 gema para pincelar

Numa superficíe esfarinhada, ou numa tigela grande, coloque o queijo cottage e adicione o sal e a farinha, vá adicionando a farinha aos poucos e usando as mãos ou uma colhe de pau vá misturando até formar uma massa macia que descole das mãos. Importante amassar bem para desfazer as bolinhas do queijo. Quando a massa estiver bem macia divida em duas partes e forme duas bolas. Abra a massa até obter uma superfície com mais ou menos meio centimetro de espessura. Corte os pastéis usando a borda de um copo e atenção pois a largura do copo usado vai interferir no tamanho de cada pastel e na quantidade final de pastéis. Corte círculos de massa, recheie com uma colher de chá de recheio, feche pressionando o polegar e, se desejar, passe um garfo para pressionar e deixar aquelas marquinhas na passa. Passe gema diluída em um tantinho de leite e asse em forno pré-aquecido a 180C até que fique bem douradinho. Sirva quente.


Obs. 1 A borda de um copo de requeijão comum rende cerca de 50 pastéis.
Obs 2. Este pastel congela super bem depois de assado. Basta deixar esfriar, embalar em pote hermeticamente fechado que os pasteizinhos resitem no freezer por até 90 dias.




Recheio:

120 gramas de atum enlatado em água e sal (a água deve ser totalmente drenada)
cebola picada (a gosto)
alho picadinho (a gosto)
tomate picadinho (a gosto)
salsinha picadinha (a gosto)
azeitonas verdes ou pretas picadinhas (a gosto)
sal (a gosto)
pimenta do reino (a gosto)
páprica doce em pó (a gosto)
1 colher de chá de extrato de tomate (opcional)


Numa panela refogue a cebola, o alho. Adicione o tomate e cozinhe até amaciar. Adicione o atum, a salsinha, a azeitona picada, sal, pimenta e páprica. Deixe que cozinhe em fogo médio-alto até reduzir toda a água do refogado para não formar uma recheio aguado que escorra pela massa e fique pingando.

12 comentários:

Claudia Lima disse...

Eu tenho que fazer esta receita de pastel, pois adoramos pastéis.
E sendo assados a consciência fica menos pesada.
Eu tb evito ao máximo produtos em lata, ainda assim uso vários.
Bjs e bom findi :)

Claudia disse...

Clauzinha,

Eu também sou louca por uma pastel a massa deste além de ser assada é feito com ricota ou queijo cottage, farinha e um tantinho de sal, além de saborosa é super fácil.

Bj,

C.

Moira disse...

Olá Cláudia,
Adoro os teus pastéis e vou experimentar essa tua massa que me parece muito boa.
Não sou muito amiga de enlatados e como atum muito poucas vezes ao ano, já as sardinhas abuso um pouco mais, mas desconhecia completamente essa coisa do BPA. Creio que não há nenhuma forma de saber como as coisas são embaladas, não é?
Beijo grande
Manuela

Alcina disse...

Mais uma coisa que eu não sabia, pensava que esses BPA´s só existiam nas garrafas de água e outros plásticos!!!latas cá em casa uso poucas, mesmo os cogumelos compro em frasco, nem sei se será melhor!!mas atum adoro :-) e se não faço mais agora é mesmo por causa do pequeno, mas ele também gosta.
Esses pastéis estão com uma cara deliciosa e vou experimentar concerteza, o queijo é que não sei se haverá por aqui esse ricota! nunca vi, mas vou procurar.

Babette disse...

Estes pasteis estão irresistíveis!... vou ter mesmo de experimentar!...
Babette

gasparzinha disse...

Que pastéis lindos!
gostei muito da massa, vou levar a receita comigo para experimentar.
Eu sabia da presença de BPA em artigos de plástico, mas nas latas desconhecia...
Beijinhos

Delícias da Andréa disse...

ficaram com gostinho de quero mais, rs.

andreaquitutes.blogspot.com/

Andréa...

luc iana disse...

Encontrei seus textos hoje. Parabens pelo site, muito bom!

Rosi disse...

Cláudia,

Caí no seu site por acaso... estou coletando informações para iniciar na aventura de fazer macarons e tive a grata surpresa de encontrar suas experiências neste blog.
Comecei pelas receitas de macarons mas já naveguei pelas outras e estou adorando a forma experimental com que vc escreve. Já estava cheia de sites com receitas escritas de forma fria.
Além das receitas, li seu perfil e descobri aí uma brasileira inquieta e isso deu mais valor ainda ao seu blog pra mim.
Vou ficar por aqui "futucando" como se diz aqui na Bahia.
Prazer em conhecê-la!

Claudia disse...

Moira,

A coisa de revestirem as latas com filmes plásticos que contém BPA é antiga já que as latas enferrujam e por isso precisam de proteção. Mas não faz muito tempo que estão denunciando o problema da contaminação dos produtos pelo BPA nas latas. Alguns produtos ácidos (como tomates e qualquer coisa em molho de tomate) interagem com o plástico e liberam BPA fazendo com haja contaminação. Risco é sempre de doenças do sistema da tiróide que eu já tive mas quero poupar meus hedeiros...

Experimente a massa que fica ótima e além de leve é bem fácil de fazer.


Alcina,

Pois é, o BPA nas garrafas de água mineral e nas mamadeiras são os escândalos mais comuns, um perigo. E ainda há mães desinformadas que aquecem mamadeiras no microondas, que medo. Quando há produtos em vidros o melhor é usar esses pois são mais seguros. A gente que tem criança tem que cuidar.

Ricota é o nome italiano de um queijinho cremoso muito simples e leve e que comemos muito no Brasil e que é bem fácil de fazer em casa, já fiz e há mil receitas pela aí. Mas use cottage se for mais fácil para ti.


Babette,

Obrigada!


Gasparzinha,

Experimente que é uma receita simples e deliciosa. Assa no forno que é uma beleza e fica crocante. Use o recheio que preferir. O BPA nas latas está no forro plástico que isola o metal, um perigo.


Andréa,

Obrigada. Legal ver você por aqui.


Luciana,

Obrigada, volte sempre!


Rosi,

Super obrigada pelo comentário tão gentil. É isso mesmo, sou uma brasileira inquieta, você acertou na mosca, adorei. Volte sempre e se eu puder te ajudar em alguma coisa com os macarons me mande um email.

Beijos a todas,


Cláudia

Simone Izumi disse...

Oi C! Tudo bem?
Aqui no Brasil, várias coisinhas antes enlatadas (milho, ervilha, molho de tomate...) agora estao tomando forma de pacotinhos recicláveis, saquinhos...vamos ver se esta boa onda pega,né?
Hmmm...ricota na massa! Que loucura!
Babei no quindim, tenho um amor explicito a eles..
Pudim de quinoa? Meus olhos brilharam...como seria a sua consistencia? Tipo sagú? Tenho um pacotinho do branco em casa e não sabia o que fazer!
Um bjão...to com larica atiçada agora.
si

moranguita disse...

que pastel tao saboroso
essa massa com queijo entao deve ser uma delicia
beijinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...