segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Frutas assadas com farofinha de muesli e uma saia justa...



Eu sei que posso ser incrivelmente chata de vez em quando. Por exemplo, sou super chata com as empresas que me procuram oferecendo para colocar propaganda neste blog. Não gosto da idéia de pendurar propagandas no blog. Encho a barra dos meus blogs com banners de causas e assuntos que me interessam muito e não gosto de misturar as coisas. Além disso eu não colocaria um anúncio qualquer no meu blog. E publicidade errada é uma coisa que afeta diretamente o meu interesse na hora de abrir um blog e eu não quero cometer o mesmo pecado.

Por exemplo, hoje fui conhecer um blog que eu não conhecia e, ao chegar, de cara fui recebida por um anúncio de "mulheres filipinas procurando homens europeus" ilustrado com um gif animado que mostrava fotos humilhantes de jovens moças orientais vestidas com baby dolls e cheio de duplo sentido. O anúncio induzia claramente a idéia de prostituição, isso num site brasileiro de comida. O anúncio estava estampado bem no alto da página, logo abaixo do nome do blog. Mais abaixo, no meio da primeira postagem, um anúncio do Mcdonald's e na barra lateral o anúncio de um casino online. Isso num blog de comida brasileiro?




Sem querer ser moralista, nem entrar no mérito do porco chauvinismo do anúncio dos baby dolls, o que pega para mim é o mau gosto de tudo. Esse é um mundo que eu não quero compartilhar. Eu não coloria o link para o blog em questão aqui, até porque vocês não iriam ver os mesmos anúncios que eu, mas outros com o mesmo nível de mau gosto. Os anúncios que eu mencionei são fornecidos pelo Google norueguês para aquelas que acessam blogs daqui. E isso acontece direto em todos os blogs que abrem suas postagens para anúncios do Google já que esses anúncios são nacionalizados, adaptados para a realidade e a língua do país de onde origina o visitante. De vez em quando os anúncios mostram liquidação nos shopping centers de Trondheim.

Outro dia eu questionei uma empresa que queria colocar anúncios brasileiros no meu site. Perguntei se eu poderia vetar algum anúncio deles e a resposta foi não. Eu ficaria a mercê dos anunciantes interessados em me usar como veículo. Aí, na minha opinião, é que mora o perigo. Eu não estou aqui para ficar a mercê da publicidade de ninguém. Não é esse o meu projeto aqui e conheço muitos blogs como o meu. Mas percebo que cresce o número de blogs novos, blogs que não tem nem nome do autor mas já tem anúncio, mostrando claramente a intenção caça níquel por trás do modelo.

Publicidade, sim, nada contra publicidade. Tem tanta gente boa fazendo blogs ótimos por aí e elas poderiam estar fazendo blogs ainda melhores do que já fazem se pudessem faturar um pouquinho com seus blogs. Nada errado em explorar o nicho e se beneficiar com anúncios, mas isso, na minha opinião, requer alguns cuidados e um plano de ação elaborado para não cair em cilada vestida de baby doll. Eu adoraria conhecer a opinião de vocês sobre este assunto.





E fica aqui umas fotos e a receita da nossa sobremesa de hoje. Com o freezer cheio de framboesas e morangos do verão nada como umas frutinhas assadas com farofinha crocante servida quentinha. Eu totalmente recomendo.


Frutas assadas com farofinha de muesli


2 colheres de sopa de manteiga gelada e picada em cubos
4 colheres de sopa de açúcar mascavo
4 colheres de sopa de farinha de trigo
2 ou 3 colheres de sopa de muesli ou aveia pura
Morangos, framboesas ou outras frutas de sua preferência
suco de limão

Como:

Aqueça o forno a 180C. Coloque as frutas num pote de vidro e esprema um pouco de suco de limão sobre elas e salpique um tanto de açúcar sobre as frutas. Divida as frutas em quatro ou cinco potes refratários individuais e reserve. Com as mãos misture a manteiga picada em cubos com a farinha até formar uma farofa fina. Adicione o açúcar mascavo e continue misturando com as pontas dos dedos para incorporar todo o açúcar. Por fim adicione o muesli ou a aveia e misture com uma colher ou as mãos para dar uma leve incorporada. Divida a farofa sobre as frutas e leve ao forno por 20 a 25 minutos ou até que as frutas começarem a borbulhar e a farofa estiver levemente dourada.

Sirva quente com sorvete ou uma boa colherada de iogurte natural.



16 comentários:

Amehlia Digital ! ® disse...

...primeiro eu sonho com um freezer cheio de framboesinha...=}
penso q vou morá na noruega (e tb pq o povo deve respirar ômega3 e aqui tenho q pagar :(
Achei uma graça seus potinhos redondinhos...
Sobre a polêmica blog x cachê a qqer custo... confesso que estou um pouco cansada de ver essa situação. Antes os blogs (de comida) eram feitos para diversão, terapia...e hoje são criados e vendidos.
Tb não sou contra a propaganda, sobre ganhar... mas contra a banalização.
E as propagandas em flash são as mais perigosas, pois vc nunca sabe que cena vem depois...
Mas é a oferta mais rápida e com menos custo para as ditas empresas.
As que dão kits, produtos...essas eu concordo, mas nem todas estão dispostas a gastar tb...
Agora, ver a tia de camisolinha em blog culinário é um demais, né não?!
Gostei da sobremesa, as frutinhas estão lindas!
Um bejim procê amore!

Gina disse...

Uma sobremesa simples, mas muito agradável de saborear. Bem do jeitinho que gosto.
Já fui abordada por algumas empresas e até hoje só aceitei uma, por ser muito discreta.
Não quero poluir o blog com flash, imagens de mau gosto e excesso de propaganda. Acho que meu blog é bem clean e prefiro assim, mas cada um administra do seu jeito.
Ainda hoje entrei num site de culinária muito parecido com a descrição que você fez. Nada a ver com culinária...!
Bjs.

Isabel disse...

Cláudia,
também sou contra a publicidade nos blogs se o dono do blog não tiver controlo sobre o tipo de conteúdo dos anúncios. Em relação aos anúncios do Google, em que o blogger tem controlo sobre o que aparece, já ouvi várias pessoas queixarem-se de que quando estão quase a atingir o valor que iriam receber, o google envia um e-mail a informar que devido a suspeitas de ilegalidades(!!!) suspendem o pagamento. Isso para mim é burla. As pessoas têm que ter muito cuidado antes de colocar publicidade nos blogs. Não só porque podem ser enganadas,como também porque podem sem querer ser um veículo de mensagens duvidosas ou mesmo perigosas.
Obrigada pelas palavras amigas lá no meu blog.
Bj

Santa Gastronomia disse...

Cláudia:
tbém não goste de propagandas, e Deus me livre ter um treco desses que vc relatou!!!
Agora, eu imagino que vc já recebeu milhões de selinhos, e eu nunca tinha recebido um até então! Nem sei se isso é propaganda ou não (sou leiga nisso), e quem me mandou disse que eu deveria repassá-lo a 12 blogs.
Como o seu é um dos que mais acho legal, por ter fotos lindas e receitas fantásticas, principalmente tbém por tu estar tão longe da nossa pátria amada e mesmo assim nem parecer... resolvi que o seu blog seria um dos homenageados, por estar no rol dos meus preferidos!
Desculpe se for algum incômodo ou se for a tal da propaganda, mas o selinho tá lá na minha cozinha te esperando!
Bjinhus da leiga em selinhos!

Marina disse...

Claudia, já faz um tempinho que frequento seu blog. Nunca deixei comentário por pura preguiça mesmo, desculpe! Recentemente você deu uma guinada no seu blog, você mesma avisou, e sinceramente acho que ele ficou ainda mais interessante, mais original. Acho ótimo você fornecer informações sobre alimentação orgânica, qualidade das coisas que comemos, enfim, informações de utilidade pública. Tenho duas filhas pequenas e alimentação é o primeiro ponto da minha lista de preocupações. Fiquei chocada com o que você falou alguns post atgrás sobre a tendência de quem come orgânicos de fazer algumas transgressões. Não acredito nisso!!! Como o ser humano é incoerente, não?
Concordo plenamente com esse último post. Propaganda de mal gosto em um blog acaba com o blog. Comecei um blog de comida no meio do ano e estou gostando demais de experiência. Não tenho o menor interesse em colocar propaganda nele porque acho que vai tirar o charme, eheh! Se tiver curiosidade, dá uma passadinha lá: www.mamaetanacozinha.blogspot.com.
br.
Beijos e parabéns pela mudança sutil no seu blog.
Marina

Claudia Lima disse...

Esta sobremesa ficou muito boa. É bem o meu estilo, especialmente no outono.
Concordo plenamnete com o seu ponto de vista sobre as propagandas.
Eu prefiro não colocar propagandas da Google ou do tipo no meu blog. A gente não lucra nada e não tem controle do que vai aparecer.
Como o meu blog é sobre comida, acho que deve retratar assuntos relacionados a este tema ou que envolvam saúde.
Eu tenho, por exemplo, um anúncio da Ambiolife, que é uma empresa do meu marido, onde ele vende suplemnetos alimentares elaborados por ele. Frutos de muita pesquisa e trabalho.
Bjs :)

Helena disse...

Gostei da receita Claudia e também do que escreveste sobre a publicidade, partilho a tua opinião e até hoje recusei todas as propostas.Espero manter a lucidez para continuar a fazê-lo.
Um beijo

PS-Adoro visitar blogues sem publicidade ;)

Simone Izumi disse...

Oie...
C, lamentável se deparar com essa publicidade baby doll em um blog de comida, hein? Visão do inferno, Deus meu...
Eu também não curto fazer propaganda no meu blog. Tenho o quadro da amazon, que na verdade é um mero auxiliar para indicar os livros que gosto para as pessoas...mas aquilo não me rende necas de pitibiriba...hahahah.
Só de pensar em um banner com flash de propagandas aleatórias embaixo do meu head, já arrepia os pêlinhos de meu braço. Já me ofereceram parcerias deste tipo, mas simplesmente não tem nada a ver com o conceito de nosso blog.
Até hoje nunca recebi dinheiro para postar sobre algo ou algum lugar. Nunca fiz um merchan pago. Só posto o que quero e quando quero...tem coisa melhor?;D
Você deve estar pensando...mas e a minha sobremesa?
R: linda, perfeita...sinto até o cheiro da frutas assadas...imaginação fértil é o que há!
Um bjão,
Si

Claudia disse...

Vinni,

Os blogs de nicho viraram um negócio grande e por isso tem gente abrindo blogs, lançando montes de receitas sem menção alguma a autor e enchendo as páginas de anúncios e qualquer tipo de anúncio. Percebo que não há nenhuma voz por trás, é um blog vazio, comercial e só e por isso eu não gosto. Agora, não vejp problema algum nos blog legais que fazem promoções e publicidade, as pessoas que ralam tem para produzir conteúdo diário tem mais é que ganhar alguma coisa...


Gina,

Encher o blog de anúncios errados eu acho que prejudica o blog mesmo. Mas fazer promoção e parcerias com empresas do ramo e receber por isso eu acho bem saudável. Se as empresas de alimentos procuram e a pessoa acha legal tem mais é que fazer promoção e colocar anúncio da empresa parceira. Mas deixar o blog aberto para quem quiser colocar um banner horroroso, aí eu acho um erro.


Isabel,

Essa ainda é pior. As vezes a pessoa entra num acordo na boa fé e no fim não recebe nada em troca. Por isso o melhor é deixar passar e fazer acordos pontuais, com quem confia. Eu acho que propaganda tem que ser bem selecionada para não confundir. Sei lá, mas eu sou chata, como falei na postagem!


Santa,

Obrigada pelos elogios e pelo selinho! Não tenho nada contra selinhos, sempre pego, mecionou e eventualmente publico. Nada contra mesmo! Acho que os selinhos são uma gentileza de blogs amigos e eu adoro gentilezas. Gentileza alimenta que é uma beleza!

Marina,

Obrigada pelo comentário. Sim, vou visitar você em breve. Eu sempre vou conhecer os blogs novos. Eu também mudei muito depois que virei mãe e minha preocupação sempre foi com as crianças mesmo. Mas agora estou mais radical, tenho estado muito mal de saúde e preciso cuidar ainda mais de mim e das crianças. Não dá para ignorar os riscos que uma alimentação errada pode oferecer para a gente.

Clauzinha,

É isso mesmo, concordo com você. E fiquei boba de saber que o Google dá golpe em um monte de gente. Bem que eu desconfio. Acho que propaganda pode ser ótimo se tiver tudo a ver com o blog. Mas propaganda as escuras é triste.

Eu sei que este é teu tipo de sobremesa, você adora um "crisp" que eu sei! Eu também, mas adoro chamar crumble/crisp de farofa.


Helena,

Eu sou como você, adoro blog sem anúncio, mas eu encho o meu de penduricalhos ideológicos. Ainda que eu entenda as pessoas que fazem publicidades e parcerias pontuais com empresas alimentícias. Acho importante falar que é publicidade mas que está fazendo porque gosta ou precisa. Mas abrir o blog para o lixão publicitário do Google é feio.

Simone,

Mas é isso mesmo. Uma assombração pendurada debaixo do logo/nome do blog. Acontece ainda mais com os blogs estrangeiros. Abriu pro Google, ele abusa. Os anúncios do Google daqui são um horror, só rola casino, remédios para emagrecer e redes duvidosas de relacionamento. Mas o problema é que quando se abre para esse tipo de publicidade o dono do blog não tem como saber o que vão pendurar na barra.

Mas nada mal receber uma boladinha para colocar um "merchandisinginho" pago no blog por tempo limitado, com acordo direto entre você e a empresa, muito justo receber. Mas o lance é não perder o controle, né?

Beijos as todas,


Cláudia

P.S. A sobremesa é aquela de dia de semana, para matar a sede por açúcar e dar uma graça no dia-a-dia!

Petit Artiste, Beatriz Azevedo disse...

O blog é o nosso canal, se você não pode escolher a propaganda que vai passar em seu canal então você vai estar fatalmente sujeito a aberrações. É o que eu vejo por aí. Há dias constatei tristemente que mais de um dos blogs que eu frequento estão com estes anuncios do google que recebem ou melhor, assustam, os visitantes de determinado país. Estou lá no blog e aquela propagandona com um cara sem camisa e musculoso tomando quase toda a tela. Não dá.

moranguita disse...

hum que potinhos fabulosos
essa frutinha a derreter esta um mimo
beijinhos

Alcina disse...

Pois eu até entendo que haja quem precise do dinheiro e tente por todos os meios encontrá-lo, mas eu se entro em blogs com muita publicidade a sensação que me dá, é onde está o que interessa?!!a mim nunca me ofereceram dinheiro para por lá publicidade, não deve ter visitantes suficientes ou qualidade hehe mas também dispenso, se o blog é meu e tem lá as minhas coisas são elas que me interessam, não quero coisas por lá a aparecer antes das minhas, gosto de abrir a página e ver o meu menino escondido atraz da melancia, ou outra coisa que me dá na cabeça.
mas esta coisa dos blogs tem coisas engraçadas é isso e os comentários já tenho visto comemorações de aniversário de blog em que em vez de celebrar o que tem de bom, se mandam recados para quem comenta pouco ou muito, para quem copia sem indicar a origem e por aí,pessoal que corre atraz de uns comentários, visita todo mundo e deixa um nham nham, este mundo é o máximo :-)

Ah e o que interessa essas frutinhas assadas tem um aspecto divino, cá em casa só costumo assar maçãs, nem sabia que se podia assar fruta assim em tacinhas :-)

Suzana disse...

Cláudia,

Não posso estar mais de acordo consigo! Os blogues são um canal privilegiado e esse seu lugar tem gerado muito interesse comercial. Eu pessoalmente não estou interessada em fazer dinheiro com o meu blogue mas aceito participar em projectos conjuntos que sejam uma mais-valia. Apesar disso, recentemente tive uma má experiência com uma marca que uso desde sempre e que me leva a repensar tudo. Enfim.

Já esta frutinha não me coloca qualquer dúvida! Adoro este tipo de sobremesa com fruta e uma farofinha crocante... Não sobrou, verdade? ;)

Bj grande*

Odete disse...

Eba, adorei a sobremesa facil e deliciosa.
Agora voce tocou num assunto que intriga mesmo. Os 'blogs' que se multiplicam por ai sem nenhum conteudo, pipocando com zilhoes de propaganda, ganancia eh o nome. E o pior, muitos deles sao criados e depois alimentados com textos e fotos roubadas de blogs serios, limpos, feitos com cuidado e respeito aos que passam por eles. No meu blog permiti um pequeno banner gratis entre os posts, tipo uma retribuicao ao santo google pelo espaco gratuito. Mas eles sempre sao sobre produtos alimenticios. Mas liberar geral, sem controle, no way!

Eu Mulher disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu Mulher disse...

Esses dias uma revista me pediu para colocar propaganda no meu blog e em troca eles me passariam um ingresso para participar do evento pagando só a metade do preço. Achei um absurdo uma revista famosa me fazer tal proposta. Minha postagem como publieditorial sairia por 30 reais, que na verdade não serviria para mim pois o evento era em São Paulo.
A sobremesa feita com morangos e framboesas ficou bem do meu gosto.

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...