terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Penso e cozinho ou cozinho e penso? Com receitas...


(Financier de avelãs e chocolate)

São muitas coisas para eu fazer estes dias. Me sinto como o coelho da Alice correndo para lá e para cá. É tarde, é tarde, é tarde, é tarde. As vezes acho que não vou dar conta de tudo, mas até lá eu tento. Vim até aqui para relaxar. Preciso espairecer. Mas quando paro para espairecer eu cozinho e, enquanto eu cozinho, eu penso. Parece um círculo vicioso. Sem cozinhar parece que eu não tenho idéias. Talvez seja o contrário, se eu não ficar pensando tanto, tendo tantas idéias complicadas, eu acho que não consigo ter vontade, nem fome suficiente, para cozinhar. Mas aqui em casa as coisas não rolam ao redor de mim. As outras pessoas quem moram aqui em casa têm poder de voto e atuação garantida no processo todo. Se é que vocês me entendem. A maior parte do tempo eu estou aqui para servir.


(Meu bolinhos básico de chocolate)

A semana está sendo boa e muito feijão sobrou da feijoada de sexta-feira (sábado seria o dia mais tradicional). Comemos feijão por quatro dias, feijão preto maravilhoso (presente de uma amiga querida que trouxe especialmente de Natal, Rio Grande do Norte) servido com muita carne de porco salgada em casa e toucinho defumado. Para mim feijão com carne ter que estar sempre acompanhado de muita laranja (as brasileiras já chegaram por aqui no melhor da safra) e muita farofa com toucinho e banana. E ainda tivemos muito bolo de chocolate.

As fotos da feijoada eu deixei passar desta vez, mas tenho planos de fazer uma postagem da minha próxima feijoada pois elas ficam lindas com todas aquelas carnes, legumes, frutas e cores. Pura beleza um prato de feijoada. Mas para mudar a imagem do blog eu trouxe umas fotos dos bolinhos de chocolate com avelãs servidos no café e dos bolinhos que seguiram juntamente com a Estela para à escola na manhã de segunda e que ficaram muito bons, excepcionais eu diria. Uma receita minha, que estou aperfeiçoando e que (adendo) decidi publicar agora aqui.



Meu bolo de chocolate básico

(receita baseado em receita de bolo de chocolate da minha mãe, bolo brigadeiro da minha ex-sogra e outros bolos de menor significância)


3 ovos grandes em temperatura ambiente (se os ovos estiverem pequenos demais use 4)
2,5 dl de açúcar refinado
5 dl farinha de trigo
1,5 dl de cacau em pó, chocolate em pó ou nescau ou nesquik (dependendo do público a quem se destina eu uso cacau ou chocolate)
1 dl de óleo de girassol ou de manteiga derretida (dependendo do público eu uso um ou o outro)
2,5 dl de creme de leite fresco em temperatura ambiente (pode usar leite, mas eu acho que o creme muda totalmente a textura)
2,5 dl de água quente, antes de ferver
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
1 colher de chá de essência de baunilha

Como fazer:

Bata os ovos com o açúcar até adquirir uma consistência cremosa. Adicione o óleo se estiver usando óleo e bata bem para incorporar o óleo à mistura. Adicione então a farinha (peneirada) uma xícara de cada vez, sempre batendo até incorporar totalmente à mistura. Entre uma xícara de farinha e outra adicione meia xícara de creme de leite e bata para incorporar. Depois de adicionar a farinha e o creme de leite bata um pouco mais. Adicione então o cacau ou chocolate e a baunilha e mexa para incorporar. Quando o chocolate tiver sido incorporado totalmente à massa vai estar um pouco grossa. Neste momento adicione o fermento em pó e a manteiga derretida se estiver usando manteiga. e mexa mais um pouco para incorporar totalmente a manteiga. Por fim adicione a água quente, aos poucos, mexendo suavemente com uma colher de pau para incorporar todo o líquido à massa.

O resultado é uma massa mais líquida, mais fácil de usar e que pode ser transferida para uma jarra de suco ou leiteira para ajudar na hora de encher as forminhas do bolo. Pode ser assado em qualquer tipo de forma ou forminhas, desde que untadas ou forrada com forminhas de papel. Encher 1/3 das forminhas apenas pois o bolo vai crescer. Assar por 15 minutos a 180C em forno pré-aquecido. Rende 24 a 30 bolinhos

Obs. Eu só bato este bolo com a mão usando colher de pau. Eu não uso batedeira para fazer bolo exceto quando o bolo leva muitas claras em neve. Mas gosto de bater claras com as mãos também. É uma coisa instintiva minha, naturalmente pego e faço com a colher de pau. Tenho uma coleção de batedores, colheres de pau e espátulas. Adoro fazer tudo com as mãos. Exatamente do jeito que eu via minhas avós fazendo.

Cobertura

100 gramas de chocolate amargo com pelo menos 57% de cacau (usei um com 70% pois era o que tinha)
100 ml de creme de leite fresco

Rale ou pique o chocolate em pedaços bem pequenos e transfira para uma forma ou tabuleiro de vidro. Ferva o creme de leite em fogo médio, mexendo com cuidado para não queimar e depois que o creme ferver adicione ao chocolate picado e mexa com cuidado para incorporar totalmente o chocolate ao creme. A mistura deve ser mexida com cuidado até ficar bem incorporada, sem pedaços de chocolate.

Deixe a ganache esfriar um pouco e então coloque-a na geladeira por pelo menos 20 minutos para endurecer um pouco. A ganache precisa endurecer um pouco para poder ser usada para decorar os bolinhos. Se a ganache não tiver num ponto cremoso deixe gelar por mais um tempo antes de passar sobre os bolinhos. A cobertura de ganache vai endurecer um pouco, principalmente se você estive num clima mais frio. No Rio fica mais difícil endurecer e neste caso os bolinhos devem ser mantidos em geladeira.



Financier de avelã e chocolate

2,5 dl de farinha de avelãs moídas
2,5 dl de farinha de trigo
5 dl de de açúcar de confeiteiro
2 dl de chocolate ou cacau em pó
150 gramas de manteiga derretida dourada
6 claras batidas em neve

Derreta a manteiga em fogo baixo e deixe-a cozinhar em fogo baixo até que dê uma leve caramelizada, atingindo uma cor dourada, âmbar. A manteiga vai espumar bastante e, por isso, retire parte de espuma com uma colher enquanto a manteiga cozinha. No final peneire a manteiga e reserve.

Num pote grande peneire as farinhas, o chocolate e o açúcar e reserve. Em outro pote bata as claras em neve e adicione-as à mistura de açúcar e farinhas, aos poucos. Mexa com uma colher de pau até incorporar totalmente. Por fim adicione a manteiga derretida e misture suavemente, sem parar, com a colher de pau ou espátula até incorporar totalmente a manteiga a massa.

Transfira a massa para forminhas muito bem untadas e asse por 15 minutos a 180C em forno pré-aquecido. Encher as forminhas pela metade apenas. Rende 15 a 20 bolinhos em forma de muffin, tartelete ou de empada. Ficam lindos naquelas conchinhas de assar madalenas (madeleines). O sabor deste bolo é maravilhoso, tem perfume e sabor de gianduia.

Obs. Não deixar assar demais para não endurecer demais o bolinho já que este bolinho não leva fermento. O bolo deve ficar bem macio e por isso deve ficar no forno mais do que 15 minutos.

Obs 2. Você pode colocar frutas ou cerejas sobre o bolo. Em alguns eu coloquei morangos e framboesas congelados.

13 comentários:

Nana disse...

Claudia, 2009 começou agitado querida, eu sei o que é bem isso.
Olha se vc esta aperfeiçoando, imagino futuras fotos.
Mil beijos

Isabel disse...

Tão lindos, os bolinhos!! Estela e os colegas devem ter adorado!
Eu compreendo a tua situação, estar em casa a trabalhar não é tão fácil como muitos julgam. Quando tinha o meu relatório de estágio para fazer jurava que ía ficar o fim-de-semana em casa a trabalhar, mas às vezes tinha que sair só para espairecer, andar sem destino, para que as ideias voltassem. Cada um com sua forma de espairecer:)
Bjs

Mari Azevedo disse...

Oi Cláudia,
É a primeira vez q visito teu blog... cheguei aqui através da Nana (do Manga com Pimenta)... =D
Parabéns, seu blog é lindíssimo, e as fotos, maravilhosas, sem exceção. Esses bolinhos ficaram lindos demais da conta... vou torcer para você publicar a receita rapidinho... do jeito que sou chocólatra de plantão, tenho certeza de q vou amá-los..
Gde beijo, e feliz 2009 para vc e toda família,

Mari

Moira disse...

Cara Cláudia,
Esses bolinhos vou ter que experimentar, e os corações ficam um mimo. Numa época em que quase toda a gente usa robots de cozinha e máquinhas que cortam, batem e cozem eu também acho o máximo fazer bolo usando apenas a colher de pau ou um garfo para bater as claras. Para mim é uma espécie de regresso às origens, e é tão gratificante chegar ao resultado final da mesma forma que as nossas avós o conseguiam.
Bjs e uma boa semana!

Heloísa disse...

Cláudia,
Tudo muito apetitoso!
Você sabe que minha mãe sempre foi defensora de claras batidas à mão. Para ovos nevados (que ela fazia bastante), então, a diferença é muito grande. Com as claras batidas à mão, a leveza é muito maior.
Quanto ao dilema penso porque cozinho, ou cozinho porque penso, não vejo muita necessidade de solução, pois o importante é o resultado, que é maravilhoso, como podemos constatar pelas fotos.
Beijo

Luciana Macêdo disse...

Difícil saber qual o bolinho mais gostoso, aliás, os dois são ótimos, difícil e saber qual fazer primeiro.
Minha mãe também tem este hábito de bater as claras manualmente, eu sou mais comodista só faço assim quando não tem jeito. Mas que o resultado é diferente isto é mesmo.
Bjs!

Mari Azevedo disse...

Oi Cláudia, voltei para agradecer teu comentário no meu blog, e também por você ter disponibilizado a receita dos bolinhos!!! =D
Pretendo fazê-los em breve, pois fiquei realmente encantada. Vou linkar teu blog, para poder acompanhá-la sempre, ok?
Bjo grande,

Mari

Magia na Cozinha disse...

Os bolinhos ficaram ótimos. Amei os coraçõezinhos!
Achei interessante a colocação do creme de leite no bolinho de chocolate. Deve ficar muito bom mesmo.
Eu tb evito usar batedeira se é possível. Fica sendo uma coisa a menos para se levar.
Esta semana comprei umas laranjas de umbigo maravilhosas e com ótimo preço aqui.
Bjs :)

Alcina disse...

Olá Claudia que lindos esses bolinhos, ficam na minha lista para experimentar, porque gosto muito de chocolate.
Bater á mão é que não é comigo, penso até que nem conseguiria fazer nada sem a batedeira electrica hehe.
Bjinhos

Cláudia M. disse...

Estou indecisa entre os dois bolinhos! Qual deles será melhor? Deve ser difícil escolher...
Eu tb gosto de bater os bolos com colher de pau, já para as claras, eu costumo usar a batedeira, por ser bastante mais rápido. Lembro-me que qdo fiz os meus 1ºs bolos, ou ajudava a minha mãe, ficava com o braço dorido de tanto bater as claras... mas acho bonito vc gostar de fazer tudo de uma forma tradicional.
Bjs

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá Cláudia!!

Como eu compreendo essa sensação de não controlar o tempo.
Imagino que é ser o centro de toda a casa com tudo girando constantemente à sua volta, não deva ser nada fácil!

Mesmo assim ainda nos presenteou com 2 receitas de bolinhos de chocolate com um aspecto maravilhoso!!
Eu admito que as claras bato sempre com a máquina, embora também me lembre de ver a minha avó bater tudo à mão... mesmo assim, em 3 anos de escola de cozinha já tenho um músculo nos braços como nunca tive!!!eheheh!

Espero que o seu Natal tenha sido fantástico e desejo-lhe tudo de bom para este 2009!!

Beijinhos!

Bergamo disse...

Claudia,
Gostei do texto sobre o pensar, cozinhar, tentar parar de pensar, ou pensar para cozinhar, ou ainda cozinhar para pensar...rsrsrs
Somos parecidos nesse sentido.
E sobre o meu pé de jabuticababa - em dois anos consegui provar somente uma, e nem estava boa, amarrava tanto na boca!!...mas, lógico, só consegui uma pois os passarinhos ainda não haviam atacado...que ingenuidade a minha...pq será que ela havia sido deixada pra trás? Os pássaros pensam e nem se dão conta de que é tarde, tarde, tarde...
Um grande abraço,
Bergamo

Glau disse...

Querida, voltei das férias e passei por aqui pra ver o que vc anda aprontando..
Pra variar, somos duas.. sempre acho que não darei conta da situation e dai vou cozinhar (mesmo atolada de coisas para fazer).. volto mto mais leve e produzo mto mais..

como estou com um sacão de amêndoas aqui, pensei em mudar as avelãs por amêndoas, será que vai ficar bom? na verdade, será igualzinho aos financiers, ne.. ai que tonta! :)

um beijo grande e ótima semana, Glau

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...