quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Macarons de morango e creme de amburana



Estava pensando nas amburanas depois de saber que as garotas tinham recebido as sementinhas e foi então que eu fiz aquele creme de confeiteiro de amburanas para acompanhar as tortinhas de pera. Com as claras que sobraram do creme fui fazer uns macarons. Eu estava com vontade de fazer macarons pois eu tinha comprado uma caixa de açúcar de confeiteiro de morango, sim um açúcar de confeiteiro com sabor e cor e não resisti em experimenta-lo num macarons. O açúcar tem cor e sabor mas diz que é, hum hum, natural. Eu não acreditei muito mas comprei uma caixinha.



Puro mesmo o açúcar não é já que tem uma parte de amido de batata, da mesma forma que o açúcar "normal" de confeiteiro também não é puro açúcar. O fato de não ser açúcar puro nunca atrapalhou o resultado dos macarons já que eu nunca usei açúcar puro pois eu simplesmente não tenho como triturar açúcar comum e faze-lo ficar tão fino como o de confeiteiro, nem penso nisso. As receitas mais tradicionais de macarons recomendam uso de açúcar ultra fino e puro, mas eu não uso. Eu não sou do tipo consumista, muito pelo contrário, tenho a maior irritação com gente consumista e com a nóia do tem que comprar. Mas fiquei pensando no tal açúcar uns dias e quando voltei ao super acabei comprando. Mas não vou comprar mais pois não gostei do sabor que é meio forte.



As crianças adoraram os macarons de "morango" com creme de amburanas, principalmente o Tormod que é a formiga campeã da casa. Na verdade eles adoram tudo com amburanas e eu fico muito feliz com isso. Mas a maioria dos macarons acaba sendo comido sem recheio é que eu acho uma chatice ficar formando a quadrilha dos macarons (os parzinhos) para rechear e depois de recheados eu acho que eles amolecem muito rápido então eu recheio sempre uma parte primeiro e depois o resto, aos poucos, mas as vezes as sobras são devoradas puras mesmo...



Macarons de morango com creme de amburanas

Inspirado em receitas diversas do Pure Gourmandise que tem cerca de 79 receitas diferentes de macarons e todas aquelas cores para perturbar a vida da gente...


100 gramas de claras (cerca de 3 claras)
30 gramas de açúcar cristal
125 gramas de farinha de amendoas
200 gramas de açúcar de confeiteiro (usei 100 gramas de açúcar de confeiteiro de morango)

Como:

Primeiro separe as claras e deixe-as envelhecer, cobertas por pelo menos 24 horas em cima da bancada da cozinha. Você vai ver em várias receitas que as claras devem ficar descobertas para evaporar direitinho mas se até aqui tem mosquito. No dia seguinte prepare a farinha de amendoas com açúcar num processador, peneire, pese e reserve. Com a uma batedeira bata as claras e quando elas começarem a espumar comece a adicionar o açúcar, uma colher de cada vez e bata até formar um suspiro brilhante mas não muito duro, você não quer secar demais o suspiro. Adicione então a farinha ao suspiro, aos poucos, em duas ou tres vezes e com uma espátula mexa até incorporar totalmente a farinha as claras. Aqui é que, na minha opinião, mora o perigo já que você não deve nem mexer demais, nem de menos.

Quando as farinhas foram totalmente incorporadas em geral o macaron está no ponto. Para saber se está no ponto coloque uma colherada na forma e observe se a massa se espalha e fica totalmente lisa, se ficar lisa, chapada, está no ponto. Se formar um pico de suspiro ainda não está no ponto e você precisa misturar um pouco mais. Se estiver no ponto coloque a massa num saco de confeiteiro e faça bolinhas no tabuleiro deixando uns 1,5 a 2 cm de espaço entre elas. No domo dos macarons irá se formar uma camadinha dura em poucos minutos e quando o domo estiver endurecido, resistente ao toque os macarons estão prontos para assar. Aqui em casa eles secam muito rápido e eu coloco a primeira forma no forno em menos de 15 minutos.

Há muitas discussões sobre deixar, ou não, os macarons descansarem um longo nas formas antes de ir ao forno, já vi muita gente boa falar que é desnecessário e nunca deixei e nem tive problemas. Eu acho que mais grave é o tempo de forno e a temperatura.

Asse por 8 a 10 minutos a 150C em forno pré-aquecido. Deixe esfriar antes de rechear. Use o recheio que desejar.

Rende cerca de 30 macarons recheados (60 conchinhas)

Para a receita do creme de amburana.


19 comentários:

Lau Verrengia disse...

Olá Claudia

Tudo bem?
Achei lindo tudo por aqui, as fotos, as receitas, seu jeito de escrever.
Você mora no paraíso! Que lugar lindo, é encantador.
Quantas frutas maravilhosas, flores e árvores vocês tem por perto.
Deve ser indescritível acordar e colher mirtilos com a família (amo essa frutinha. Framboesa então). Na verdade colher qualquer fruta nesse paraíso deve ser demais. :)
Desculpe a emoção. rs
É que aqui no seu blog tem muitas coisas que eu ainda quero pra minha vida. Adoro praia, natureza, florestas, colher frutas, cozinhar, enfim... parece que entrei em outra sintonia, fui até ai e senti esse clima maravilhoso por alguns minutos. De verdade.
Eu moro em São Paulo e gosto bastante, mas procuro um lugar mais tranquilo para viver, principalmente quando eu tiver meus filhos.

Parabéns por tudo que defende, pelos doces maravilhosos que prepara e por compartilhar isso aqui no seu blog.
Seus filhos são lindos, quero que os meus tenham uma infância assim, cercada de coisas gostosas e lindas.

Beijos!

Lau Verrengia disse...

Que pecado eu não falar dos macarons.
Ficaram lindos e parecem deliciosos.
Eu tentei fazê-los algumas (várias) vezes e fiquei frustrada. Acertei só uma. rs
Vou seguir as dicas que vi em outro post e tentar de novo, eu tinha desanimado até então.
Açucar de confeiteiro de morango? Achei muito curioso. Nunca tinha ouvido falar.

Beijos

Gina disse...

Cláudia, mais uma novidade que descobri, açúcar de morango!
Andei sumida nessa última semana porque perdi meu pai e viajei às pressas. Amanhã publico umas linhas sobre isso.
Bjs.

Claudia disse...

Lau,

Obrigada. Mas o tempo de fartura por aqui é muito curto. O frio já está chegando e minha alegria dura pouco pois lido muito mal com o frio. Mas fico feliz por você ter gostado do blog. Bj.


Gina,

Que triste de saber do seu pai. Meu pai melhorou, está lançando um livro e eu não posso imaginar perde-lo, ainda mais estando longe. Imagino a sua dor nesse momento e espero que você fique bem. Bj.


C.

Dani disse...

Juro. Ontem à noite, estava a pensar em macarons e amburanas. Mas não conseguia fazer a conexão. Daí, vim aqui olhar as suas receitas com as sementes, pois queria fazer algo com chocolate... Enfim, que lindos que ficaram! Há uns meses, também fui a este mesmo site delirante pegar a receita, pois quero muito fazer o de pistache (o meu favorito) e o de bailey's - se conseguir, quero tentar o de maçã do amor também. Como ia fazer o de chocolate, acabei usando uma outra receita, de um blog, e não deu certo.
Pensando no perfume das amburanas, imagino que o de figo deve ficar uma delícia com esse recheio.
Hoje vou comprar um pote de vidro novo e açucar não refinado (o que tem a consistência do normal, mas não foi clareado, é bege, que prefiro usar em certas receitas) para aromatizá-lo.
Um beijo,

Dani disse...

PS. Também não dá para deixar as claras descobertas aqui não... Minha cozinha parece um cemitério de mariposas e mosquitinhos.

Camila Hareide disse...

Agora que recebi as amburanas, não tenho tido muita empolgação para a cozinha em geral, uma vez que trabalho sobre minhas patinhas por 7, 8 longas horas.... Quando chego em casa só quero deitar! Mas abri o pacotinho e coloquei umas sementinhas no açucareiro do Lars (eu não uso açúcar pra nada, a não ser fazer doces, então o açucareiro é dele!) e ele adorou o cheiro. O meu armário também foi tomado pelo aroma, estou adorando. Vi no blog da Isabel uma receita de sorvete. Mas esses macarons estão tentadores. Mas sem morango mesmo, desde criança sempre detestei doces cor-de-rosa, não me pergunte porque. Quer me ver pra morrer é me oferecer sorvete de morango. Talvez fazendo em casa eu mude de idéia... Sei lá. Mil coisas! Quem sabe gelado de amburanas com macarons sem recheio..

beijos perfumados de amburanas

Cláudia M. disse...

Que lindos, Cláudia.
Achei engraçada a sua desconfiança em relação ao natural. Tb fico espantado com alguns produtos (por exemplo sumos de frutas) que têm validade de muitos meses e depois diz que não tem corantes nem conservantes. Então como se conserva tanto tempo? Acho que escrevem aquilo só pq sabem que há mta gente que evita esses produtos.
Mais uma ideia para as amburanas... ainda não vi nem cheirei...:) as da m/ irmã, espero fazê-lo este fim-de-semana.

bjs

♥ mesa para 4 disse...

Ficaram maravilhosos e devem estar deliciosos...se ainda houver hihi :*

Noémia disse...

Huuum, ando cheiinha de vontade de experimentar fazer estes famosos macarons que nunca comi, pelo menos não me lembro.
A verdade é que de quando em vez eles aparecem na blogosfera para me atentar o juízo. Só não experimentei ainda porque não tenho farinha de amendoa e ainda não percebi muito bem qual é afinal o açucar melhor para usar uma vez que vejo diversas opiniões.
Os seus estão lindos de morrer e de morder, não admira que nem dê tempo de rechear. :)

Magia na Cozinha disse...

Açúcar de morango é uma novidade. Ainda não havia ouvido falar a respeito.
Só para constar, ainda não recebi as sementes. Talvez demore um pouco a chegar. Eles são meio chatos aqui com alimentos. Espero que não haja problemas.
Bjs :)

Beth/Lilás disse...

Oh, my God! Teu blog é uma tentação e eu não resisto a vir aqui bisbilhotar essas receitinhas maravilhosas.
bjs cariocas

Nina disse...

Querida,

Eu adoro suas criações culinárias, que devoro com os olhos (tenho andado longe da cozinha por motivos vários), mas me delicio sempre é mesmo com seu estilo delicioso de escrever.
Suas receitas de bem viver são ótimas!

Passo sempre por aqui, ainda que não comente!

beijos!

Flavia Pantoja disse...

Claudia, ficaram lindos os teus macarons!! Aqui no Brasil eu tenho muito dificulade com a qualidaed da amendoa e com nossa humidade...
Um bj,
Flavia

Donna Dani disse...

Acho isso tão difícil, já tentei fazer e foi um horror! Os seus estão lindos e perfeitos!
Bjs e um bom fim de semana

Claudia disse...

Dani,

Claras descobertas toericamente evaporam mais rápido e ficam mais reduzidas, mas eu já as deixei cobertas e descobertas e não vi qualquer diferença no resultado. Depois de tres dias as claras dão um bela engrossada pois perdem bastante água, principalmente num canto seco como Trondheim. As claras usadas nesses macarons ficaram 3 dias na bancada da cozinha. Bj.

Camila,

Imagino que você esteja retomando o ritmo do trabalho e não queira fazer nada, mas vi que tua irmã vai chegar e que vc estava a mil...
E macarons recheados de sorvete são tudo de bom. Um sorvetinho de amburana ia ficar perfeito. Bj.

Cláudia,

Os termos da indústria são muito confusos mas eu fiquei chapada com o tal açúcar pois tem gosto forte de morango mas é branco, quando mistura fica rosa. Eu sei lá como eles fazem aquilo... Bj.

Mesoca,

Ficaram ótimos mas são enjoativos e até que duram uns dois ou tres dias. BJ.

Noémia,

há muitas receitas de macarons mas eu sigo aquelas que usam o método francês de fazer, o suspiro a frio que é mais rápido e mais simples mas forma um suspiro menos resistente. O método francês é o método usado pelo Pierre Hermé nos livros dele e nesse caso usa-se o açúcar de confeiteiro puro (eu uso misturado) e umas poucas colheres de açúcar comum para bater com as claras.

Mas há outro métodos com claras quentes tipo suspiro italiano onde há uma mistura maior de açúcar com pelo menos dois tipos de açúcar. O macaron tem um passado italiano forte e por isso há dois tipos bem distintos de fazer o suspiro que resultam de locais diferentes. O produto final é sempre o mesmo. Um suspirinho amendoado que eventualmente é, no caso do suspiro quente, muito doce... bj.

Clauzinha,

Estou curiosa para saber se chegou. Espero que passe batido já que não há descriação alguma de que é alimento. Meu medo é pensarem ser comprimidos pois o formato parece, mas se passarem pelo raio X vão ver que não são pílulas. Bj.

Beth,

Obrigada. Volte mais vezes.

Nina,

Obrigada. Comentar não é uma obrigação, sinta-se a vontade para fazer isso apenas quando te der muita vontade.... Bj.


Flávia,

Eu sempre comprei amendoas ótimas no Rio e em SP e fazia minha farinha sem problemas pois tinha um processador bem melhor do que o que eu tenho agora mas acho que a umidade é o problema mais sério no Rio e nesse caso é melhor usar o suspiro italiano e deixar as claras uns quatro dias evaporando. Mas se você não confia nas amendoas use castanhas do pará, de cajú, pistache, avelãs ou o que estiver mais a mão. Até farinha de amendoim está valendo... Bj.

Donna,

Macarons eventualmente não justificam o esforço, na minha opininão são doces para aqueles que adoram suspiros mais densos. Mas se vc preferir outros tipos de doce... Eu cresci na base dos suspiros caseiros, vendo minha mãe e avó fazerem suspiros e por isso eu adoro brincar com claras, fazer suspiros e macarons é uma diversão para mim, mas sei que eles zicam facinho, facinho.... Bj.


Claudia

Luciana Håland disse...

Ai, nem sempre meus comentários entram, não entendo o que há de errado. Tentando de novo.
beijo e bom domingão

日月神教-任我行 disse...

走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人遊戲,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站,成人論壇,080聊天室,080苗栗人聊天室,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,聊天室

Miss jane disse...

成人論壇,080聊天室,080苗栗人,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人電影,成人遊戲,成人文學,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,正妹牆

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...