terça-feira, 11 de agosto de 2009

Fechando mais um verão: mousse de framboesa e geléia de framboesa e mirtilos



A fartura aqui por essas bandas dura pouco e o verão já dá sinais de esgotamento. As frutas de final de verão já estão colhidas e agora é esperar a vida nos deixar por mais um ano. O que falta para ser colhido é muito pouco, algumas maças e ameixas. A minha casa está lotada de framboesas e mirtilos. Aumentamos o número de pés no jardim e a colheita diária foi enorme, uma loucura. Já fiz de tudo com as framboesas, bolos e mais bolos, bolinhos, financiers, gelatina, geléia e agora uma mousse ótima. E o freezer está cheio indicando muitas receitas com framboesas no futuro próximo.



O clima de final de férias me deixou muito devagar, sem nenhuma inspiração para escrever, nem para fotografar. Apesar da produção intensa poucas fotos, a maioria de má qualidade o que impediu que eu fizesse postagens de tudo. Na moleza de fim de férias dei uma desaparecida da universidade e estou adiando tudo o que posso para curtir os últimos dias de férias com as crianças. Jogando vôlei no quintal, saindo para catar mirtilos na mata, tomando sorvete e arrumando os quartos para a volta as aulas na próxima semana. Durante a últimas semanas as sobremesas foram todas, to-das, de framboesas ou de mirtilos, ou de framboesas com mirtilos. Não costumo misturar, mas as duas frutas juntas ficam super deliciosas. Fiz finalmente uma geléia de framboesas e mirtilos que ficou uma maravilha, uma geléia que aqui é chamada de Dronning-syltetøy (geléia da rainha). E fiz uma mousse de framboesa que servi com mirtilos e iogurte de baunilha que ficou um sonho.



Mousse de framboesa com mirtilos

250ml de suco de framboesa peneirado (cerca de 400 gramas de framboesas)
250 ml de creme de leite fresco
4 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor
4 colheres de sopa de água fria
200 gramas de mirtilo para decorar
iogurte de baunilha para acompanhar

Como:

Bata o creme de leite até formar um chantilly bem cremoso e reserve. Salpique a gelatina na água fria e deixe amolecer enquanto ferve o suco. Coloque o suco e o açúcar numa panela pequena sore fogo médio e deixe cozinhar até ferver. Adicione a gelatina amolecida ao suco e mexa bem até dissolver totalmente. Deixe a mistura esfriar de gelatina esfriar e adicione ao chantilly. Mexa com cuidado para não perder volume. Divida a mistura em seis tacinhas individuais. Leve para gelar e sirva com os mirtilos.



A geléia de framboesa e mirtilos (Dronning-syltetøy) é muito comum por aqui mas eu nunca tinha feito. O resultado ficou uma beleza, aromas muito intensos e sabor melhor ainda. Foi um ótimo presente para uma amiga muito especial.




Geléia de Framboesa e Mirtilos

250 gramas de framboesas
250 gramas de mirtilos
250 gramas de açúcar cristal
1 colher de sopa de suco de limão

Como

Levar as frutas, o açúcar e o suco de limão ao fogo médio numa panela de fundo grosso. Mexa até a mistura ferver e então reduza o fogo. Deixar cozinhar por 10 minutos ou até que a mistura esteja levemente reduzida. Deixe esfriar e transfira para potes esterilizados.

Rende cerca de 500ml de geléia.


Frutas com açúcar...


em fogo baixo...


O resultado é uma geléia de cor intensa onde os sabores e os aromas das duas frutas permanecem bem distintos. Totalmente rainha...

8 comentários:

Magia na Cozinha disse...

Adorei tudo! Pena que aqui sejam frutas tão caras.
Esta mistura de framboesas e blueberries parece super interessante. Adoraria provar!
Nada como tê-las a disposição no próprio jardim. Um sonho!
O calor aqui continua super forte. A rescém vamos completar o segundo mês de verão.
Mal posso esperar pelo último dia e pela entrada do outono, minha estação favorita.
Bjs :)

Luciana Håland disse...

Nossa, que visual bonito essas receitas tem. Adorei. Ainda não comi nem uma framboesinha, nem um mirtilinho se quer esse ano, me esbaldei foi na melancia.
E o verão já está acabando, e foi fraco demais esse ano, espero que seja melhor ano que vem.
Beijo

Isabel disse...

Que pena que o verão nórdico é tão curtinho :( Por aqui estamos a ter uns dias muito quentes,37º de máxima para Lisboa hoje, para mim já é calor demais. Eu prefiro quando está nos 30/32 máximo. O nosso verão é muito longo, ainda vou ter uma semana de férias em Setembro e espero ainda poder aproveitar. Um ponto a favor do clima mediterrânico rsrs

Felizmente essas terras nórdicas compensam o pouco tempo de verão com essa abundância de baguinhas lindas, saborosas e super saudáveis.
A mousse ficou linda e apetitosa.
Bjs

Glau disse...

Toda vez que vejo framboesas eu fico impressionada.. é uma fruta tão delicada, tão docinha e linda.
Fiquei com vontade de comer tudo, Clau.

bjos, glau

Camila Hareide disse...

Coisa impressionante isso! Ontem eu vi um programaque dava uma receita de torta de framboesa com avelãs. Fiquei doente de vontade... Saí e comprei duas caixinhas de framboesa. Como não consegui fazer a torta, hoje acordei e a primeira coisa que fiz foi fazer uma geléia de framboesa. Quando elatava lá, fervendo na cozinha, vir abrir o computador, e daí ver o seu post! Que pena que não vi antes, pra fazê-la com mirtilos também...

Ficou dilícia, mas fiz tratamento térmico pra conservar por mais tempo, já que a geladeira está cheia de geléia de morango e multe...

Que coisa bia ter as frutas no jardim... Também quero!

beijo

Claudia disse...

Clauzinha,

Entendo bem o quanto pode ser quente aí na Florida. Mas aqui o calor é rápido demais. Sabe, são poucas as frutas disponíveis por aqui e se for comprar framboesas e mirtilos no mercado também são muito caras por isso eu planto. Bem, os mirtilos são selvagens, catados na mata. Bj.

Luciana,

Os verões aqui são uma tristeza mesmo. Mas eu curto o que posso. E como pode não ter saído de casa para ir até o mato catar uns mirtilos e umas framboesas?

Menina, mas como pode não ter comido nada ainda. A mata é cheia de framboesas também, da pequenininha selvagem, e mirtilos nem se fala. Agora você não acha mais framboesas mas as matas estão cheias de mirtilos ainda. Não perca mais tempo... Bj.

Isabel,

Se tem uma coisa que não existe aqui nesta região é abundância. Não vejo o fato das matas estarem cheias de mirtilos como abundância. A vida aqui é restrita, muito restrita. Eles vivem dentro de um outro padrão, uma vida espartana e congelam agora o que vai ser comido no inverno. Eles vivem uma vida de muita restrição, isso sim. Já que um mês de baguinhos não enche barriga de ninguém (risos!). Bj.

Glau,

Framboesas são balas em forma de bagos, uma loucura o perfume e o sabor dessas meninas. Sempre penso em frumelos. Eu sou apaixonada por elas, são delicadíssimas e eu não deixo uma cair no chão sem futuro... Bj.


Camila,

Comprou framboesas? Como assim? Eu colhi tantas, mas tantas, selvagens inclusive, que não imagino alguém comprar aqui neste país. A geléia de mirtilos e framboesa vende em todo canto e por isso que eu fiz pois já comi várias vezes.

E olha, eu uso pouco açúcar na geléia e por isso a geléia não dura muito mesmo. Quando quero guardar eu congelo já que não dá para guardar geléias com pouco açúcar por muito tempo. Bj.

Claudia

Talita disse...

Que combinação deliciosa, Cláudia! Com certeza muito leve e saborosa!

Verena disse...

Claudia, talvez pela dificuldade em achar esses frutos frescos e acessíveis ao nosso bolso fico babando nessas histórias de colheitas, geléias, tortas, mousses, enfim, tudo que as envolve!
As cores são apaixonantes e imagino que os sabores também!
Um beijo com gostinho de Brasil!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...