sexta-feira, 22 de junho de 2012

Misoshiro com Macarrão de Semente de Fagopyrum




Tá combinado que minha decisão de não usar "trigo sarraceno" pode causar sérios problemas na hora de dar títulos as postagens. Se eu estivesse interessada em lançar títulos amigáveis com as ferramentas de busca, aí o problema fica ainda pior. Como eu ignoro solemente as dicas de SEO do Google, preciso simplesmente assumir os títulos confusos com alguma dignidade. O título de hoje é meio cansativo, mas a sopa é uma delícia. É o que eu chamo de fast-food. Rápido como? Lá vai:





Chegou em casa cansada? Coloque água para ferver e cozinhe cerca de 200 gramas de macarrão de fagopyrum (trigo sarraceno) que você comprou há um tempão durante um passeio pela feirinha da Liberdade (se você mora em SP, claro!) e está esquecido no armário da cozinha.

Numa outra panela coloque para ferver cerca de 3 litros de água (sopa pouca é bobagem!), adicione cerca de 50 gramas de raspas de bonito seco e uma fatia fina de alga seca Kombu, umas 3 ou 4 colheres de sopa de mirim, vinagre doce japonês (ingredientes que você também comprou na Liberdade, mas que você acha fácil em lojas de produtos japoneses). Adicione umas tantas colheres de molho de soja Tamari, sem glúten. Quando ferver adicione umas 4 colheres de sopa de pasta de misô branca doce (praticamente sem sal) e, usando um fouet, mexa para ajudar a pasta a dissolver totalmente.

Enquanto o líquido ferver corte 300g de tofu em quadrados de 2x2cm, coloque numa tigela e reserve. Pique uns dois ou três talos cebolinhas bem fininhas, coloque num potinho e reserve.

Quando a sopa ferver, retire o pedaço de kombu e fatie bem fininho, do jeito que der pois alga vai estar molenga e reserve. Passe a sopa pela peneira e descarte as raspas de peixe. Coloque o kombu picadinho de volta na sopa e deixe a sopa cozinhar sobre fogo bem baixo. Quando o macarrão cozinhar, escorra a água e lave a massa em água fria para escorrer toda a gosma de macarrão. Coloque o macarrão numa tigela. Na hora de servir coloque num prato de sopa a quantidade de macarrão e cubinhos de tofu que deseja e sirva a sopa quente por cima da massa e do tofu. E po fim salpique a cebolinha picada.





Misoshiro com macarrão de trigo sarraceno (sementes de fagopyrum)


3 litros de água (+ para o macarrão)
200 g de espaguete de trigo sarraceno (sem glúten)
100g de pasta de misô branca doce orgânica
50 gramas de raspas de bonito seco
Meia folha de Kombu seco (alga japonesa)
3 colheres de sopa de mirim
3 a 4 colheres de sopa de molho de soja tamari orgânico(sem glúten)
300g de tofu orgânico
3 a 4 talos de cebolinha







2 comentários:

wair de paula disse...

Gosti muito da receita da sopa, mas mais ainda da explicação de que o trigo sarraceno não é trigo, do post anterior (o post do abacate eu pulei, não suporto abacate em receitas doces, só salgadas...), bastante didático. Abraços!

Claudia Hesse disse...

Adorei a nova fonte. A leitura é bem mais fácil do que a última, mais bonita, mas menos prática.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...