quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Refazendo a chocotorta argentina, presente espanhol e tortinhas folheadas...



Com a minha despensa ainda cheia de potes doce de leite feito em casa e depois de ver essa receita de chocotorta no site do chocolate espanhol Aula Chocovic lembrei-me com ternura da chocotorta, um doce típico argentino, caseiro, e resolvi fazer uma versão razoavelmente diferente. Esta torta também é popular em outros países de língua espanhola e eu acho muito interessante o trajeto que certas receitas fazem com a ajuda da língua. Enfim, eu sempre gostei de chocotorta que provei pela primeira vez num restaurante de beira de praia em Búzios de propriedade de um argentino, claro, há uns mil anos. E lembro-me com satisfação das versões que minha mãe e minha ex-sogra ( sim, tenho sogra e ex-sogra e adoro as duas!) faziam da chocotorta ambas usando uma receita que nos anos 90 aparecia na embalagem do chocolate em pó, ou do creme de leite, não me lembro.



A chocotorta tem diversas versões, todas muito simples e o sucesso deve-se ao fato de ser uma torta que não precisa ir ao forno. Basta reunir ingredientes, misturar e levar para gelar. Pode se feita com creme de leite ou com queijo cremoso, mas sempre com doce de leite e biscoitos de chocolate. Eventualmente usa-se tanto creme de leite como queijo cremoso misturados ao doce de leite batidos e arranjados num pote em camadas, exatamente como um pavê. Eu resolvi fazer uma massa de biscoito com cacau em pó e além de misturar o doce ao queijo eu adicionei, ovos e baunilha e levei ao forno por 20 minutos para assentar. Ficou tudo de bom. Uma versão a altura das receitas tradicionais.



Presente espanhol

As fotos acima exibem as delícias que eu recebi da Silvia, minha Amiga Invisível Gastronômica. O presente chegou na semana passada e, ao que tudo indica, a Silvia teve problemas com o correio e o meu presente chegou a ser devolvido para ela. Demorou mas chegou, isto é o que importa... Silvia me mandou chocolates, em barra orgânico e em pó para beber. Dois pacotes de chá que eu ainda não consegui adivinhar o sabor exato pois são misturas com aromas bem complexos mas adoráveis, tomates cereja secos também orgânico e um chorizo regional picante que parece maravilhoso. O bom de ter em casa ingredientes como este é que me permitem programar um jantar mais picante, bem ao gosto de alguns amigos especiais, e sei que vou encanta-los com o chorizo. Além disso Silvia perfumou a caixa com um pacote de pot pourri que eu já abri e coloquei num pote, dá par aver na foto da direita. Muchas gracias Silvia.



Minha chocotorta

Massa

200 gramas de biscoitos de chocolate ou baunilha caseiros (usei uns biscoitos de amêndoas e adicionei cacau)
2 colheres de sopa de cacau em pó puro
4 a 5 colheres de sopa de maneteiga derretida, vai depender do grau de gordura do biscoito
Açúcar (opcional, dependendo do grau de açúcar do biscoito usado adicione um pouco de açúcar)

Recheio

400 gramas de doce de leite
250 gramas de queijo cremoso com baixo teor de gordura em temperatura ambiente
2 ovos
1 colher de chá de extrato natural de baunilha

Como:

Unte uma forma de torta e forre com papel manteiga e reserve. Triture os biscoitos bem finos e num pote misture os biscoitos triturados com a manteiga derretida, o cacau em pó eo açúcar, se você estiver usando, até formar uma farofa. Pressione a farofa de massa na forma preparada até formar uma massa homogênea. Asse a massa por 10 minutos em forno pré-aquecido a 180C. Retire do forno e deixe esfriar levemente.

Bata o doce de leite com o queijo cremoso, a baunilha e adicione os ovos, um de cada vez, batendo para incorporar bem. Transfira a mistura para a forma com a massa pré-assada e asse por 20 a 25 minutos a 180C. Deixe esfriar totalmente e coloque na geladeira. Sirva gelada!!!!



De entrada para o jantar de ontem eu fiz umas tortinhas folheadas de tomate e bacon. Como eu tinha um naco de massa folheada no freezer e eu queria usa-la antes de viajar (vamos para Oslo amanhã) resolvi usar um pedaço com cerca de 250 gramas para fazer estas tortinhas. Se precisar de uma receita de massa folheada fácil use a minha. Estas tortinhas são uma delícia e o tamanho final delas depende do gosto do freguês. Fiz 12 tortinhas que cortei com as bordas de uma forma de tartelete.




Tortinhas folheadas com tomate e bacon

200 gramas de massa folheada caseira
200 gramas de queijo ralado (cerca de 150 de queijo gruyere + 50 gramas de parmesão)
1 tomate cortado em seis fatias finas cortadas ao meio, em meia lua.
2 ou 3 fatias de bacon grelhadas, e bem sequinhas, picadas
2 colheres de sopa de mostarda tipo Dijon

Como:

Aqueça o forno a 200C. Abra a massa folheada (use massa caseira pois faz toda a diferença) em uma supefície levemente esfarinhada e deixe a massa com cerca de 1/2 cm de espessura. Corte a massa com a ajuda de um molde. Eu usei a borda de uma forma de tartelette mas você pode usar um cortador de biscoitos ou outro prato qualquer. Espalhe um pouco de mostarda no centro da massa, deixando uma borda de pelo menos 1 cm limpa. Coloque o queijo gruyére sobre a mostarda no centro da massa, salpique os pedaços de bacon, coloque a meia lua de tomate e por fim salpique um pouco do queijo parmesão. Asse por 10 minutos a 200C e depois reduza para 180C e asse por mais 10 minutos ou até que as bordas da massa fiquem levemente douradas. Dependendo do tamanho das suas tortinhas você vai precisar de mais tempo para assar. Sirva quente com molho de iogurte e pepinos.

Rende 12 unidades



Molho de iogurte


250 ml de iogurte natural desnatado
1 ou 2 colheres de sopa de azeite extra virgem
sal e pimenta do reino
1 dente de alho ralado fino
1 pepino japonês
salsinha a gosto

Como:

Misture todos os ingredientes, exceto o pepino. Na hora de servir corte o pepino em cubos bem pequenos, se preferir rale pelo ralo grosso, e adicione a mistura, mas corte e adicione o pepino apenas na hora de servir.

12 comentários:

Gina disse...

Cláudia,
Enfim, você abriu uma bela exceção com essas tortinhas salgadas, cortadas de modo criativo e ainda com mostarda dijon e gruyère. Nem só de doces se vive!
Dessa vez opto pelo salgado...rs!
Bjs.

Claudia disse...

Gina,

se eu publicasse minhas receitas salgadas eu tenho certeza que meu blog seria mais interessante, mas eu não consigo ter interesse por pratos salgados, os faço, sempre, todos os dias, mas não me empolgam!

Qualquer pudinzinho ou tortinha doce me leva facinho. Já pratos salgados, nem comentar eu consigo! Só se for algo muito interessante ou especial...

Bj,

C.

cacahuete disse...

Que beleza que ficaram estas 3 receitas. Adorei todas e nem sei de qual gosto mais.

Beijinhos e boa viagem.

♥ mesa para 4 disse...

Só delícias, só delícias...a dobrar é melhor hehe

Dani disse...

Ai, meu deus! Adoro tortas assim, com este tipo de textura cremosa - de limão, de abóbora, de chocolate, ricotta, de tudo! Já te falei que tenho receio de fazer o doce de leite, minhas panelas não são ruins, mas não sei se aguentam o baque sem queimar o doce.
Naquele café italiano que mencionei no post mais recente, eles vendem doce de leite orgânico.
Como disse, não sou grande fã de cheesecake, mas o namorado curte e adora um fudge, então, acho que esta sobremesa agrada a gregos e troianos (leva queijo cremoso e doce de leite). Delírio puro.
Você está me convencendo a ter massa folhada sempre no freezer. É muito prático para fazer delicinhas assim.
Já vai de Oslo ao Brasil? Boa viagem!
Um beijão,

Tati Campêlo disse...

Estou divulgando meu novo blog
www.gastronomiaefotografia.blogspot.com
Se puder da uma passada lá!

Atenciosamente
Tati

moranguita disse...

estas tortinhas ficaram muito boas e mais uma saladinha e temos um belo jantar.
beijinhos e bom fim de semana

Sonia Novaes disse...

Claudia

Temos muitas coisas em comum..
Também sou adepta aos orgânicos,e também gosto de fazer comida em casa,principalmente pão,que é uma das minhas paixões.
Também sou saudosista,minha infância foi linda e fui criada com muita fartura,numa pequena cidadezinha do interior paulista.
Minha mãe adorava culinária,então acredito que a minha paixão por comida,tem muito a ver com ela...
Seu blog e lindo e delicioso...
Voltarei mais vzs...
Bjs

Magia na Cozinha disse...

A sua Chocotorta me lembrou o seus Mini Cheesecakes de Doce de Leite, que já fiz e gostei muito. Adoro Doce de Leite.
As tortinhas salgadas ficaram ótimas! Eu adoraria provar, especialmente com este molho de pepino e iogurte.
Que bom que seus presentes chegaram bem, apesar da demora.
Boa viagem!
Bjs :)

Verena disse...

Claudia, que delícia ganhar presentes gastronômicos tão especiais, não? Fico imaginando os olhos brilhando na hora em que estava abrindo o pacote!
E essa torta, então???? Meu Deus, amei, sou fã de torta assim, e com doce de leite...hummmmmmm!
As tortinhas de massa folhada ficaram tão lindinhas, adorei também!
Como tudo que você faz!
Ah, fiz um pão que lembrei de você, está lá no Mangia a receita.
Beijocas!

Moira disse...

Estou de regresso e adorei as sugestões que tens postado. Como eu sou mais de salgados adorei esses folhadinhos de queijo e tomate que vão directo para a minha lista.
O seu presente do AIG também tinha coisas gostosas, fiquei de olho nesse choriço hehehe
Bjs
Moira

La Bruja disse...

Fiquei encantada com seu blog e agora te sigo... amei a receita de chocotorta!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...