sábado, 19 de maio de 2012

Panna cotta de iogurte e rosas




Com as unhas das mãos ressecadas e levemente escurecidas de trabalhar a terra, do meu jardim, sento-me aqui para escrever sobre esta que foi a mais gostosa das panna cottas que eu já fiz. Ando meio que cansada de tanta baunilha (o que a facilidade da baunilha em pó não faz?) e decidi usar água de rosas para aromatizar esta panna cotta. Optei por esta receita pois estava com mais de meio litro de iogurte turco orgânico na geladeira, coisa rara por aqui, comprado durante uma viagem de final de semana até a Suécia. Enfim, comprei tanto iogurte orgânico, mas tanto, que sobrou. Eu adoro este iogurte, vendido em baldinhos de 1 litro, mas para evitar que estragos decidi fazer uma sobremesa com parte do estoque.



O sabor de rosas fica bem delicado, nada exagerado, e agradou até crianças com antipatia por aromas de flores na comida. Ponto para mim! Consegui demonstrar que nem todas as coisas que levam rosas tem gosto de flor. E por falar em flor, eu comi minha panna cotta com morangos picados, como os demais, e mel de flor de cereja japonês. Este mel eu ganhei de presente da minha amiga Noriko, é um mel delicioso e uso apenas para receitas especiais já que é bem difícil de achar, até mesmo em Tóquio. Mas se você não tem um mel de flores de cerejeira ou rosas, use qualquer mel com sabor pronunciado de flor, ou sirva com a calda de frutas, o que você preferir. Fica bem pouco doce pois o iogurte é natural e combina com uma calda docinha ou um fio de mel.



Estou bem cansada, domingo deveria ser dia de descanso, mas trabalho mais aos domingos do que nos dias de semana. Mas hoje estou cansada e feliz pois o tempo ajudou e finalmente pudemos trabalhar no jardim, limpamos as camas dos morangos que estavam cheias de praguinhas invasoras, limpamos outros canteiros e plantamos todas as sementes de legumes e ervas que havíamos planejado. Estou super feliz! E se tudo der certo em julho vamos estar colhendo beterraba, abobrinha, rúcula, tomate, salsa, cebolinha e espinafres, muitos espinafres... tudo orgânico. Per construiu as caixas de vegetais, encheu com a melhor terra negra orgânica e eu plantei as sementes... algumas foram transferidas para o jardim pois foram germinadas primeiro dentro do banheiro (tomate e abobrinha). Estava louca para produzir minhas rúculas e meus espinafres orgânicos. Espinafre é daquelas folhas que não como se não for orgânico e estou sentindo uma falta imensa pois espinafres orgânicos são bem difíceis de achar por estas bandas.





Panna cotta de iogurte com rosas


300 ml de creme de leite fresco e orgânico se possível
300 ml de iogurte turco ou grego natural orgânico
4 a 6 colheres de sopa de açúcar de cana orgânico (use mais se preferir)
2 colheres de sopa de água de rosas (opcional)
2 folhas de gelatina ou 2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor

Como:

Deixar as folhas de gelatina de molho em água fria. Coloque o creme de leite e o açúcar numa panelinha e sobre fogo médio-baixo deixe que ferva, mexendo para não grudar no fundo. Quando ferver retire do fogo, escorra as folhas de gelatina e adicione ao creme de leite. Mexa bem para derreter totalmente a gelatina. Reserve até esfriar quase que totalmente. Enquanto o creme de leite com gelatina esfria coloque o iogurte numa tigela, adicione a água de rosas e mexa com um fouet para incorporar e formar uma mistura macia. Quando o creme de leite esfriar até 35-37C adicione o iogurte e mexa bem com o fouet para incorporar creme e iogurte totalmente. Distribua a mistura em xícaras, copos ou taças e leve para gelar por duas horas pelo menos.

Sirva com mel de rosas ou mel de flor de cerejeira.




Dicas:

Obs. Como o iogurte turco é bem grosso você não vai precisar adicionar muita gelatina a mistura. Ao invés de 3 folhas de gelatina/colheres de chá de pó use apenas 2.

Obs 2. Se for usar iogurte natural comum, bem mais aguado do que o tipo turco/grego, coloque um pano de linho limpo sobre uma peneira grande e coloque ali o iogurte, para drenar uma parte da água do iogurte. Coloque a peneira com o iogurte sobre uma tigela grande, cubra com uma outro pano limpo, ou plástico, e coloque na geladeira durante a noite. Faça a panna cotta na manhã seguinte. Não descarte o soro do iogurte, você pode usar para fazer bolo ou pão.

Obs 3. Apesar de algumas receitas afirmarem que dá para misturaro iogurte ao creme quente eu não recomendo. Todas as vezes que fiz isso o iogurte talhou. Não fica ruim, mas a aparência não é a mesma. Melhor deixar esfriar o creme de leite antes de adicionar o iogurte.


2 comentários:

Katima disse...

Humm!!
Que blog mais lindo e saboroso, estou com fome.heheehe
Gostei muito desse cantinho que estou seguindo para voltar sempre e saborear.
Uma semana maravilhosa.
Kátima.
http://coisasdakatima.blogspot.com.br/

Claudia disse...

Katima,

obrigada pelo comentário. Olha, está rolando um sorteio na página do Sabor Saudade no Facebook! Passa lá!


Bj,

Claudia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...