sexta-feira, 8 de abril de 2011

O fetiche da mercadoria...



Loja em tempo integral, é isso que a minha vida se tornou no atual momento. Enquanto isso, espero que em pouco tempo esta se torne apenas um trabalho e deixe algum espaço para que outros assuntos voltem a me ocupar. E enquanto corremos contra o tempo, para terminar tudo o que é preciso para a abertura da loja continuamos nas mãos de alguns, esperando entregas e desenlaces. Geladeiras, sabe aquelas lindas geladeiras com portas de vidro transparente? Pois bem, ainda não conseguimos receber as nossas, que deveriam ter chegado no final de março mas ainda nada. Melhor relaxar e deixar de lado os pedidos de alimentos refrigerados. Será? Impossível relaxar e esquecer os queijos que ainda não temos...



Fiz algumas colagens com mais fotos da loja, de alguns produtos que me encantam, tudo muito pessoal. Mas as fotos ainda estão de baixa qualidade, a luz da nossa lojinha ainda não está toda pronta e não é nada fácil fazer boas fotos por lá sem a adição de luzes artificiais. Dá para sentir que a coisa está bem perto de ficar pronta. Se ainda faltam geladeiras e alguns produtos, nós já temos quase tudo o que precisamos. Ainda falta acertar os detalhes finais da decoração, por exemplo, a pintura do vidro da vitrine e concluir o projeto da decoração da vitrine em si. Nossa, e a decoração da vitrine para a abertura tem me deixado sem dormir. Criei algumas opções mas diante da imensa variedade de possibilidades foi difícil decidir qual seria a vitrine para a abertura. Mas depois que demorei para decidir a produção já começa um pouco atrasada, mas está saindo tudo a gosto, sabe como?



E diante de tantos produtos oriundos de tantas origens diferentes, diante de tantas embalagens lindas e atraentes, cercada pelo encanto provocado pelos produtos orgânicos, nada mais natural do que lembrar e desejar reler Marx, para relembrar idéias que são tão absolutamente atuais neste meu novo ambiente "natural". Para quem deseja entender do que estou falando, abaixo uma pequena reprodução do texto de Marx sobre o "fetiche da mercadoria". Espero que vocês se divirtam com as fotos e não esqueçam de clicar para vê-las em tamanho grande.



Commodity fetishism (O fetiche da mercadoria)

"A commodity is a mysterious thing, simply because in it the social character of men’s labor appears to them as an objective character stamped upon the product of that labor; because the relation of the producers to the sum total of their own labor is presented to them as a social relation, existing not between themselves, but between the products of their labor. This is the reason why the products of labor become commodities, social things whose qualities are at the same time perceptible and imperceptible by the senses. In the same way the light from an object is perceived by us not as the subjective excitation of our optic nerve, but as the objective form of something outside the eye itself. But, in the act of seeing, there is at all events, an actual passage of light from one thing to another, from the external object to the eye. There is a physical relation between physical things. But it is different with commodities. There, the existence of the things qua commodities, and the value relation between the products of labor which stamps them as commodities, have absolutely no connection with their physical properties and with the material relations arising therefrom. There it is a definite social relation between men, that assumes, in their eyes, the fantastic form of a relation between things. In order, therefore, to find an analogy, we must have recourse to the mist-enveloped regions of the religious world. In that world the productions of the human brain appear as independent beings endowed with life, and entering into relation both with one another and the human race. So it is in the world of commodities with the products of men’s hands. This I call the Fetishism which attaches itself to the products of labor, so soon as they are produced as commodities, and which is therefore inseparable from the production of commodities. This Fetishism of commodities has its origin, as the foregoing analysis has already shown, in the peculiar social character of the labor that produces them."

Karl Marx, O Capital Vol. 1, chapter 1 section 4




(As chaves da loja, num chaveiro muito lindo que eu ganhei da minha tia querida...)

14 comentários:

elle meireles sarandy raposo disse...

Parabens,Claudia
Tenho seguido seu blog a algum tempo
e sinto o amor com que se dedica ao que faz.Sucesso e muita Luz e Paz no seu coracao,
Bjs,Ellen

Claudia disse...

Elle,

Obrigada! Sem dúvida, paixão é fundamental para me mover, em tudo.

Beijos para você também!

Cláudia

heloisa de mesquita inoue disse...

Está tudo tão lindo e organizado! Muitas felicidades no seu negocio! Pena que é tão longe! Beijos!

Claudia disse...

Heloisa,

Obrigada. Em breve a loja online também estará aberta e aí vai dar para todos darem uma olhadinha no que temos ali... Se tudo der certo ela será em bilingue e quem sabe dá até comprar alguma coisinha.


Beijos,

Claudia

Camila Hareide disse...

Online ou em carne e osso, não me aguento de curiosodade! Loja djá! Se tiver previsão me avisa pra eu poder me programar pra ir pra inauguração! bj

Claudia disse...

Queridona Camilithca, a gente abre dia 27 de abril!!! Se joga para cá djá!

Besos!

Claudia

angela disse...

Que loja linda! Onde é? Parei aqui clicando os blogs de uma seguidora mútua e estou encantada! Já provou tudo?

Claudia disse...

Angela,

A loja fica um tantinho longe, fica em Trondheim, na Noruega. Mas quem sabe a gente não vai entregar algumas coisas no Brasil... está nos planos.

Em breve a gente inaugura!

Obrigada pela visita.

Claudia

Tangerina disse...

Claudia, Te desejo o maior sucesso com esse teu novo projecto.
Tem coisas fantásticas e se fosse mais perto eu ía ficar freguesa ;)

Um Abraço,
Carlota

Fabíola disse...

Claudia,

delícias para saborear com todos os sentidos. Parabéns pelo projeto e pelo cuidado, evidente nas imagens e nas suas palavras.

Sorrisos,
Fabíola.

Dani Maciel disse...

Claudia!

Uau! meu Deus que coisa mais linda, e o melhor, tudo deve ser delicioso!!!

Quem sabe um dia não eu possa ir até ai, o que alias me parece um verdadeiro sonho!

Parabéns! continuo aqui na torcida!

um beijo

Alcina disse...

A loja parece que está linda, tem razão quando diz produtos em embalagens bonitas, até na foto dá vontade de comprar um de cada para provar, por isso a loja será um sucesso concerteza e com a chave envolta em fitinhas do seu brasil e do senhor do bomfim para dar sorte será sucesso garantido :-)
bjs

Beth disse...

Olá, gosto muito do seu blog. È tudo de muito bom gosto e sua loja está linda! Parabéns e sucesso!

Um abraço

Beth

Jalile e Ricardo disse...

Claudia, querida, te desejo toda sorte, sucesso e disciplina do mundo, que este projeto te realize muito, te satisfaça em todas as esferas.

Agora... me diz uma coisa. E o bacalheu norueguês???

beijao

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...