sexta-feira, 9 de abril de 2010

Pizza do meu jeito: massa integral finíssima



As noites de sextas feiras tornaram-se noites para comer pizza aqui em casa. Foi acontecendo naturalmente, a medida que as crianças vão crescendo, já que são nas sextas que os amigos das crianças costumam vir dormir aqui em casa. Já que sexta é o dia oficial de visitas acabou virou dia oficial de pizzas. Além de pizza, sexta significa: piscina, filmes novos, patinação e outras coisinhas mais. Como era de se esperar, claro, eu faço as pizzas em casa, sempre. Nada de pedir na pizzaria da esquina (que, por sinal, aqui nem existe) nem de comprar pizza congelada ou pré-pronta. Eu desenvolvi uma receita ótima baseada em milhões de outras e recentemente adaptei minha receita para usar farinha integral na massa. Já fiz esta receitas tantas vezes, mas tantas, que hoje eu acho que sou capaz de fazer esta massa dormindo.

E como já fazia mais de um milhão de anos que eu não publicava uma receita bem ilustrada aqui blog resolvi fazer uma espécie de passo-a-passo da minha pizza de massa fina e integral. A receita rende o suficiente para três pizzas com massa fina, quase sem borda, retangulares grandes. Se você gosta de pizza grossa vai render duas pizzas apenas.



Para a massa o essencial são as farinhas, usei farinha de trigo comum e farinha de trigo integral ultra fina...



As farinhas eu coloco num pote grande metálico grande, junto com o sal. E numa jarrinha eu dissolvo o fermento em 500 ml de água morna e depois adiciono o açúcar e o azeite...



Depois eu adiciono o fermento às farinhas e, usando as mãos, eu misturo bem até formar uma massa homogênea que começa a descolar da mãos. Se você estiver em local úmido pode precisar de menos água, algo como 350ml de água morna para as 4 xícaras/copos de farinha ao invés dos 500ml que eu indico na receita. Mas como aqui tudo é muito seco, eu preciso sempre usar mais líquidos nas receitas....



Uma vez formada a massa comece a trabalhar/sovar a massa por uns cinco a sete minutos ou até que a massa fique bem macia, levemente elástica e totalmente soltando das mãos... Trabalhe/sove a massa numa superfície limpa e levemente esfarinhada, cuidado para não adicionar farinha demais à massa na hora de sovar...



Coloque então a massa de volta na tigela levemente esfarinhada. Salpique um pouco de farinha sobre a massa e cubra a tigela. Deixe a massa crescer por uma hora, no mínimo 40 minutos. Se preferir coloque dentro do forno desligado...



Depois que a massa crescer retire o ar e transfira para uma supefície esfarinhada para dar mais uma leve trabalhadinha



Dê uma trabalhada na massa e então forme uma bola grande e depois uma espécie de cilindro ou tubo...



Corte a massa em três partes iguais...



Forme então três bolas de massa, uma bola com cada pedaço da massa. Separe uma bola e guarde as outras duas cobertas. Se quiser pode deixar a massa na geladeira por até dois dias ou congelar...



Numa superfície levemente esfarinhada eu abro umas das bola de massa com as mãos até formar um pequeno retângulo, já que vou assar pizzas retangulares eu acho mais fácil fazer desta forma. Se você for usar uma forma redonda trabalhe o círculo com o rolo direto, a partir da bola de massa...



Depois que eu formei um retângulo com as mãos eu começo a trabalhar a massa com o rolo para formar uma massa bem fina. A massa é muito fácil de trabalhar e não gruda nem quebra, mas lembre que aqui é bem seco e talvez num ambiente úmido as coisas funcionem de outro jeito....



Ainda não está fina o suficiente para o meu gosto e, por isso, trabalho um pouco mais a massa para que ela fique....



Assim, como na foto acima. Se vocês repararem bem vão perceber que a massa agora está bem fina... Transfiro então a massa com cuidado para uma forma retangular forrada com papel manteiga... Como eu não gosto de bordas grossas eu corto os excessos para formar um retangulo exato com bordas quase inexistentes...




O molho de pizza você pode preparar enquanto a massa cresce e eu imagino que não é mistério para ninguém o segredo de um bom molho de tomate para pizza. Mas eu faço um molho de pizza diferente...

Eu sei que tomate é o vegetal (fruta) mais saudável que se tem notícias neste planeta, que uma colher de molho de tomate por dia faz verão, que a quantidade de licopenos, anticianinas e vitamina C contidas num único tomate fazem deste um alimento fundamental. Com um bom molho de tomate a pizza está pronta para o sucesso, certo? Certo! Então por que mexer no molho de tomate? Porque eu mexo em tudo!

E aqui em casa o molho de tomate é "mexido". Digamos, "adulterado". Aqui o molho de pizza é molho de tomate e cenouras. Eu cozinho tomates e cenouras com muito alho, cebola, majericão e um tantinho de água e depois processo tudo até formar um molho grosso e homogêneo. O resultado é um molho de cor intensa, denso e bem menos ácido do que os molhos de tomates normais já que nem todos os tomates tem o mesmo sabor e doçura. Além disso, se vocês provarem os tomates de estufa noruegueses que são vendidos por aqui durante uma grande parte do ano, vocês iriam entender minha decisão de usar cenouras no molho! Este molho foi feito com deliciosos tomates senegaleses, mas mesmo assim já viciei em adicionar cenouras...



Passe então uma camada fina de molho sobre a massa. Nada de inundar a massa com molho já que a massa é fina e aí fica difícil....



Espalhe bem o molho com a colher...



Cubra com pouco queijo ralado. Eu detesto pizzas com muito queijo, acho que ficam pesadas, gordurosas e enjoativas e por isso eu uso bem pouco quejo. Mas tudo é questão de gosto. Aqui eu usei um queijo bem leve, com 21% de gordura apenas... Além do queijo eu adiciono presuntinho picado e aí eu tenho a pizza favorita das criancas...



E aqui está senhoras e senhores: a pizza favorita das crianças: massa fina, integral com uma leve borda, molho de tomate e cenoura, queijo com 21% de gordura, presunto defumado sem gordura e orégano....



Já a minha pizza favorita entrou e saiu do forno diferente. Para mim pizza não precisa de muito além de queijo. Tudo o que eu preciso são algumas rodelas de tomate... Estes tomates senegaleses estavam perfeitos para servir de cobertura. Pena que eu já não tinha mais manjericão fresco pois usei as últimas folhas no molho...




E aqui está a pizza que eu e Per devoramos sozinhos... Queijo com tomate e orégano. Perfeita para uma sexta-feira de primavera e para assistir Lua Nova com as crianças e duas amigas no no DVD!



Pizza de massa fina e integral

2 copos de 250ml de farinha de trigo comum
2 copos de 250 ml de farinha de trigo integral
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de sal
500 ml de água morna (use menos água se estiver em local úmido, experimente usar 350ml ao invés de 500ml)
1 sachet de 10 ou 12 gramas de fermento para pão em pó seco

Como:

Num pote grande coloque as farinhas e o sal. Numa jarra coloque a água morninha e salpique o fermento e mexa. Adicione então o azeite e o açúcar e mexa para incorporar. Adicione a mistura do fermento às farinhas e usando as mãos mexa a massa bem para incorporar. Quando a mistura estiver totalmente incorporada trabalhe (sove) a massa por 5 a 7 minutos até que ela fique bem macia. Coloque novamente no pote, desta vez salpique farinha no pote e sobre a massa e deixe crescer coberta, em local não muito frio, por pelo menos 40 minutos. Eu costumo deixar crescer por uma hora. Depois que a massa tiver dobrado retire o ar, divida em três partes. Cada parte rende uma pizza retangular grande.

Abra a massa com as mãos até formar um retângulo e então use o rolo para formar uma massa bem fina. Transfira a massa para uma forma retangular grande forrada com papel manteiga. A massa fina não precisa ser pré-assada já que assa bem rápido, mas se você for assar uma massa mais grossa eu recomendo dar uma pré-assada por uns 5 minutos antes de colocar o molho e o queijo.

Coloque o molho de tomate e cenouras, o queijo ralado e salpique por fim presunto picado ou rodelas de tomate. Asse por 10 a 12 minutos a 220C em forno bem quente.



Molho de tomate e cenouras

5 tomates levemente picados
2 cenouras grandes descascadas e cortada em rodelas
1 cebola média cortada em rodelas
3 dentes de alho amassados
Folhas de manjericão fresco (opcional)
Orégano fresco (opcional)
100 ml de água
Sal e pimenta do reino a gosto
1 colher de sopa de azeite

Como:

Numa panela coloque o azeite e dê uma leve refogada nas cebolas e no alho. Adicione os demais ingredientes e deixe cozinhar até as cenouras ficarem macias. Se precisar adicione mais água, mas os tomates vão soltar bastante água. Depois de cozido, deixe o molho esfriar um pouco e processe com um processador manual, ou no liquidificador. Leve o molho de volta à panela e tempere com sal e pimenta do reino.

26 comentários:

Edilia disse...

Maravilha a sua receita, gostei da massa e da explicação.
Edilia

Magia na Cozinha disse...

Claudia as suas pizzas são exatamente como gostamos: Bem fininhas e com os recheios bem moderados, nada de excessos. Perfeito!
Eu gosto muito de usar farinha integral tb, mas até hoje não encontrei a massa perfeita.
Assim que der, vou testar a sua.
Gostei muito tb da sugestão da cenoura no molho. Muito mais nutritivo!
As pizzas ficaram lindas!
Bjs :)

Babette disse...

Adorei este post!...
O passo a passo está fantástico e o resultado final soberbo, pelo menos para mim que sou viciada em pizza super fina!
babette

Gina disse...

Confesso que gosto de pizza de todo jeito, seja fina ou grossa.
Não tenho feito com frequência ou com a vontade que gostaria, pois a balança me cerceia...rs!
Ultimamente, usei massa com farinha integral e também com vários cereais. Gostei bastante.
Esse molho com cenoura ficou interessante, certamente enriquecido.
Bjs.

moranguita disse...

bem se eu disse-se o quanto eu adoro +izza nao ia acreditar
adoro adoro adoro
e esta esta fantástica
beijocas

Helena disse...

Claudia
Depois deste post, só não faz pizza quem não quer mesmo....
Aqui em casa é ao sabado que comemos pizza, quando estamos os 4 juntos.
Vou guardar a receita do molho com cenoura, fiquei curiosa.
A pizza ficou bem apelativa e geometricamente perfeita ;)
Beijo

cacahuete disse...

Claudia,

Esta pizza deve ser uma verdadeira delicia, ainda por cima é super light. Eu também adoro a massa bem, bem fininha. Mas ainda não fiz com massa integral, mas é desta que vou fazer seguindo a sua receita.

Beijinhos

Alcina disse...

Eu gosto de pizza de todas as maneiras, mas também detesto bordas grossas e sem recheio, normalmente o marido faz o jeito e poupa-me dessa parte e come as minhas :-)
Eu também gosto de fazer a pizza em casa e ultimamente tenho feito na máquina de fazer pão, poupa-me essa parte de amassar e costuma ficar boa a massa, agora vou experimentar fazer assim com farinha integral, porque acho uma boa ideia também e ficaram com um aspecto excelente, eu gosto das duas, mas o meu menino joga no clube dos seus quanto mais simples melhor :-)
Bjs

Julia @Mélanger disse...

Just delicious looking!

Ale disse...

Que receita maravilhosa!!! Nunca pensei que fosse encontrar alguem que assim como eu não gosta de pizzas carregadas de queijo!!! Essa receita é simplesmente perfeita...Tenho certeza que suas visitas às sextas vão aumentar!!!
Parabénssssssss!!
Um grande beijo.
Ale Dias

:) Família Feliz :) disse...

Adorei ter conhecido seu blog, suas receitas são super simples e gostosas, você transmite muit tranquilidade através delas.
Parabéns!
Bjs
Cristine

Carol disse...

Clau, pizza é a salvação no final de semana! Eu adoro fazer aqui em casa também e sempre a mesma massa. Nunca usei farinha integral, deve ficar bem gostosa. Eu já gosto mais recheada de queijo e o molho com cenoura me encantou, por causa das crianças!! Beijão

Verena disse...

Claudia, eu também sou do time que faz as pizzas em casa...há tempos não compro mais as pré-assadas nem pedimos delivery...com a MPF então fica super tranquilo de fazer...eu sempre congelo alguns discos para outra ocasião! Ainda não testei pizza integral...já usei um pouco de centeio e também fubá grosso...mas essas estão lindas! E fininhas como gostamos! Também preferimos recheio na medida certa, senão fica uma coisa difícil de apreciar e meio pesada...
Estão lindas e super apetitosas! E esse molho com cenouras é tão diferente!!!
Beijos!

gasparzinha disse...

e é assim mesmo: pizza caseira é imbatível!! :)

Cláudia M. disse...

Ficaram com uma cor lindíssima, no ponto!
Mas eu prefiro a massa alta e fofa... e carrego no queijo... é por essas e por outras que a balança não desce nem um milímetro :))
Agora o molho, adorei mesmo, se tivesse a minha cozinha operacional, acho que o fazia hoje mesmo.
bjs

Fabiano Mayrink disse...

Pizza ate o momento é meu prato predileto, acho engraçado como as pizzas do Brasil sao mais "repolhudas" de recheio, gosto muito! que cara otima ficou a sua, e a massa nem se fala, a farinha integral deve dar uma textura e sabor sem igual!

Adriele disse...

Estava com farinha integral quase vencendo em casa e ao pesquisar receitas na internet cheguei aqui no teu blog. A minha ficou fininha, como a sua mas não ficou durinha...é normal isso?

Beijos e obrigada!

Mirlene Picin disse...

Acabei de fazer a receita. Ótima!
Fiz fininha, ficou crocante.
Recheio de queijo branco, tomates, cebola e oregano.

Márcinha disse...

Olá. Adorei receita de pizza!
Gostaria de perguntar qual queijo você usa?

Grata, Márcia

Claudia disse...

Marcinha,

Em geral eu uso um queijo norueguês que fica maravilhoso em pizza, chama-se Jarlsberg...

http://www.tine.no/produkter/ost/gulost/jarlsberg-vellagret-m-skorpe

Mas também uso muita muzzarella de búfala italiana orgânica que é muito fácil de achar aqui, e bem mais barata, mesmo sendo orgânica...

Abs,

Claudia

Claudia disse...

Esse é o queijo, já vende picado, pronto para pizza. É um queijo maravilhoso, perfeito para ser derretido.

http://www.tine.no/produkter/ost/revet-ost/jarlsberg-revet

Márcinha disse...

Muito Obrigada Claudia,
Vou preparar a receita!!!

Márcia

Anônimo disse...

Amei a receita.Estava procurando uma receita integral de mini-pizzas. Fiz meia desta tua e a massa rendeu dez unidades, o que dá pouco mais de 100 calorias cada. Ficaram muito gostosas e alivia a cabeça de quem está de dieta.
Fernanda

Vitor Maciel disse...

Ótima receita!!!!, pode congelar???? Fiz muita massa.

Leandro Korb disse...

Essa massa não é integral, pois usa farinha Branca, legal mas não pode falar isso. Se vocês querem algo light, fiquem longe da farinha branca, por favor.

Andréia disse...

Claudia,
fiz a receita semana passada. Ficou maravilhosa! Massa fininha e com sabor fantástico! O molho também é sensacional!
Muito obrigada por compartilhar esta delícia!