domingo, 8 de fevereiro de 2015

Meu tabule de quinoa com couve



Estou completamente viciada neste meu tabule de quinoa! O que quer dizer que: faço praticamente toda semana e como dele durante alguns dias direto, pois, ele rende bem e sobra. Além disso, não são todos os integrantes da família que comem deste prato. Antes de mais nada é importante frisar que esta é uma versão bem heterodoxa do tabule, um prato típico de diversos países do oriente médio feito com trigo (ou bulgur, trigo integral mais escuro) mas que eu faço com quinoa, estas sementinhas bolivianas, alimento tradicional dos povos andinos e couve. Quinoa é uma semente bem pequenina, mais ou menos do tamanho dos caquinhos de trigo usados para fazer tabule, que não contém glúten e pode ser consumida sem contraindicação por celíacos. Mas por ser semente, a quinoa contém ácido fítico, um compomente comum de sementes em geral, cuja presença serve para evitar que elas brotem, mas que pode ser levemente indigesto, deixando a semente mais difícil de digerir por alguns seres vivos. Por isso eu recomendo deixar as sementinhas de molho antes de cozinhar. O molho e o próprio cozimento, anulam a presença do ácido fítico.


Como vendo muita quinoa lá na loja, eu faço quinoa sempre que posso, geral da "branca" ou da vermelha e acho a quinoa é uma delícia, tanto o sabor como a textura. Mas reconheço que há controvérsias. Independente de ser um alimento com alto valor nutricional, versátil e sem glúten, a quinoa é um alimento caro e importado que não faz muita diferença na vida daqueles brasileiros que comem uma dieta tradicional bem balanceada. Por isso eu não recomendo como um alimento essencial. Não acho fundamental a pessoa comer quinoa. Mas, se a pessoa for como eu, curiosa e metida; se interessar por provar coisas diferentes, neste caso eu acho que vale a pena comer uma quinoa aqui ou ali, como um novo tipo de alimento. Principalmente para aquele alérgicos a glúten e trigo.




Essa receita resultou de uma quinoa misturada com uma sobra de couve refogada. Eu gostei tanto que passei a fazer couve especialmente para misturar com quinoa. Eu preparo, deixo esfriar e depois misturo tudo num pote grande. Quando a quinoa e a couve estão frias eu adiciono os demais ingredientes, misturo bem, tempero e sirvo. Comemos com tudo, mas combina especialmente bem com espetinhos grelhados. Mas sirvo com bolinhas de carne, peixe refogado, peixe cru, com outros vegetais, com ovo cozido, com muzzarela ou queijo de coalho picado. O céu é o limite para este tabule de quinoa.




Tabule de Quinoa com Couve

Uma xícara de quinoa
Um pé de couve cortado em tiras bem fininhas
Um pepino inteiro picado em cubinhos bem pequenininhos
Um pimentão vermelho picado em cubinhos bem pequenininhos
Meia cebola média picada em cubinhos mínimos
Salsinha a gosto bem picadinha
Um dente de alho bem picadinho
Azeite extra virgem a gosto
Vinagre de maça ou de arroz a gosto
Suco de um limão a gosto
Sal e pimenta do reino a gosto


Como:


Primeiro prepare a quinoa. Na noite anterior lave e deixe de molho. No dia seguinte descarte a água e lave as sementes um pouco mais. Ferva uma xícara e meia de água e coloque a quinoa lavada na água fervendo com um pouco de azeite e sal. Deixe a quinoa cozinhar, até ficar levemente al dente. A quinoa vai cozinhar rápido. Escorra a quinoa cozida numa peneira e deixe esfriar coberta.

Lave bem as folhas e pique a couve em tirinhas bem fininhas, como se fosse fazer couve a mineira. Refogue a couve picadinha com um pouco de azeite e um dente de alho picado bem pequenininho. Adicione um cheirinho de sal e cozinhe levemente, sem deixar perder a cor. A couve vai dar uma bela reduzida. Cuidado para não cozinha demais. Reserve.

Num pote grande coloque a quinoa, a couve, pepino, pimentão, cebola e mexa bem. Adicione os temperos (sal, pimenta, azeite, vinagre e limão e misture bem. Prove e ajuste o tempero. No fim adicione bastante salsinha picada e mistura mais uma vez.

Rende seis porções. Dura até três dias na geladeira.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...